HONESTIDADE É ALGO QUE NÃO TEM PREÇO: Vendedor de cachorro quente pede para ex-alunos do Salesiano suspenderem doações

Há personagens reais que ganham um tom meio folclórico e, de tão peculiares, se tornam famosos e inesquecíveis. Barruada e seu carrinho de cachorros-quentes fazem parte da paisagem da Rua Dom Bosco, no Centro do Recife, e alimentam há mais de 45 anos os alunos e ex-alunos do Colégio Salesiano. Difícil achar quem tenha estudado na instituição e não o conheça. Foi esse mundo de gente que ajudou Barruada a “enfrentar uma batalha”. Em um vídeo, ele agradece as doações e diz que já recebeu dinheiro suficiente. A história viralizou.
Foi no boca-a-boca entre os muitos ex-alunos do Salesiano que Barruada foi recebendo ajuda. Depósito e mais depósitos, muito mais dinheiro do que ele esperava. A última contagem, segundo amigos, chegou a tal valor que ele achou suficiente. Agradeceu e pediu para parassem com as doações.