Arquivos

Rambo – Até o Fim, de Adrian Grunberg, estreia nesta quinta em todo o Brasil. No quinto filme da franquia iniciada em 1982, com Programado para Matar/First Blood, de Ted Kotcheff, Rambo cria cavalos na fronteira mexicana. Tem uma família, é um homem de paz. Uma tempestade abate-se sobre a região e ele, como voluntário, tenta salvar vidas. Salva uma, perde duas. Volta para casa abatido, derrotado, e não adianta a mulher que acolheu em sua casa dizer que não foi culpa dele. E o importante é que tentou. Lá no fundo, Rambo é atormentado por lembranças. Companheiros que perdeu em combate, amigos, os mortos dessa enchente.

Felizmente, existe a garota. É filha da serviçal. Trata Rambo como tio. Rapidamente, esboça-se o conflito. A garota tem um pai omisso. Descobre o paradeiro dele – no México. Contra as advertências do tio, da avó, vai ao encontro dele. O pai, bem dizia Rambo, não presta. Diz coisas que deixam a garota sem norte e ela acompanha a amiga, que presta menos ainda, na balada. É drogada e vendida como escrava sexual. Os irmãos Morales são os exploradores de mulheres.

Ao saber do que ocorre, Rambo atravessa a fronteira e vai atrás dela. Nosso homem tem experiência suficiente para saber que a humanidade não presta. Um dos Morales cospe na cara dele a verdade – mulheres não significam nada para machos como o irmão e ele. São menos que mercadorias, mas, por aquele gringo ter ousado interpelá-lo, ele vai dedicar atenção especial à jovem. Isso significa violência, muita violência.

Recapitulando – lá atrás, ao surgir em livro, Rambo (o nome era uma homenagem do autor ao poeta Rimbaud), o herói já tinha esse perfil. O ex-prisioneiro que conheceu o inferno na guerra. No cinema, o primeiro inimigo, quando Rambo chegava à América desmobilizado, era o autoritário xerife de uma pequena cidade do interior dos EUA. Rambo e o xerife representavam as duas faces da mesma moeda, e o diretor Kotcheff, que já havia feito um filme excepcional (Pelos Caminhos do Inferno, sobre a matança de cangurus na Austrália), estava seguindo a trilha de Arthur Penn, ao mostrar que os norte-americanos só conseguem resolver seus conflitos por meio da violência.

A resposta do público foi imediata e o astro Sylvester Stallone percebeu o potencial do personagem. Fez dele um emblema da era Ronald Reagan. Em Rambo 2 – A Missão, o herói vencia na ficção a guerra (do Vietnã) que os EUA haviam perdido na realidade. Em Rambo 3, enfrentava e, naturalmente vencia, os conselheiros militares soviéticos no Afeganistão. Rambo virou um eficiente soldado da Guerra Fria. Passaram-se 20 anos e, em 2008, no 4, o inimigo era outro, o exército de Myanmar. E, agora no 5, o narcotráfico mexicano, que o presidente Donald Trump não cessa de citar como inimigo da América (e por isso quer construir um certo muro).

Qualquer espectador que tenha visto os filmes precedentes sabe que os irmãos Morales e seus sicários não terão a mínima chance contra Rambo. Ele vai promover uma verdadeira carnificina – você vai perder a conta dos mortos quando ele atrai os traficantes para a rede de subterrâneos que construiu em sua fazenda. Mas isso é só parte do filme. O título já adverte – Até o Fim. Rambo, cada vez mais solitário, perde sua última família. Recolhe-se à cadeira de balanço, como o mais patético dos personagens do mestre John Ford, Hank Worden, em Rastros de Ódio. É um filme sobre perdas. As coisas mortas que permanecem vivas na lembrança e as vivas que começam a desaparecer. Não é um filme catártico. Tudo se perdeu, no mundo atual, e Rambo sabe disso. Ao contrário de Rocky, seu outro personagem emblemático, Stallone não vê um sucessor para Rambo. É um filme de despedida.

Uma idosa de 84 anos morreu carbonizada enquanto dormia, nesta quinta-feira (19), na cidade de São Miguel, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Familiares, agentes da polícia e peritos acreditam que as chamas tenham sido causadas por uma vela.

Maria Gonçalves de Carvalho mantinha um altar ao lado da cama, onde fazia suas preces e rezava todas as noites antes de dormir. Ela costumava acender uma vela antes de ir para cama, o que pode ter causado o incêndio no quarto da idosa.

A mulher morava com familiares, que perceberam as chamas durante a madrugada desta quinta (19), quando ela já havia sido carbonizada. O fogo foi controlado pela própria família de Maria Gonçalves.

De acordo com a Polícia Civil de São Miguel, a suspeita é de que a vela tenha caído no lençol e dado início ao incêndio que queimou o colchão da idosa. Os agentes do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) estiveram no local para remover o corpo e iniciar as investigações. As polícias Civil e Militar também foram acionadas.

 

OP9

Um agricultor e ex-presidiário foi torturado até a morte no município de Santa Cruz, distante 122 quilômetros de Natal. Uma foto de Carlos André Rocha da Silva, 37 anos, foi divulgada nas redes sociais antes dele ter sido encontrado morto no bairro Paraíso na noite de quarta-feira (18). De acordo com informações repassadas para a polícia, ele teria sofrido torturas.

Carlos André foi morto com golpes de facão e teve uma das mãos cortadas. A polícia investiga as circunstâncias e autoria do crime, que ainda são mistério. A polícia informou que há dois anos, o agricultor foi preso durante 12 meses por agredir uma mulher. Ele era conhecido como “cachorrinho”.

OP9

Nossos estudantes e atletas da Vila Olímpica estão em Fortaleza representando Macaíba e o Rio Grande do Norte no Campeonato Brasileiro de Atletismo Sub-16.

Werverson Kenedy Figueiredo dos Santos disputa as provas dos 1000 e 250 metros rasos. Williany Vitória Nascimento de Lima disputa a prova do Pentatlo e Laura Karoliny Gomes de Freitas a competição dos 75 e 250 metros rasos.

A competição começa nesta sexta (20) e vai até o dia 22 de setembro. Na foto eles estão ao lado do professor Mucio Sergio Ramos da Silva. Boa sorte!

Prefeitura de Macaíba (Via Instagram)

Deputado José Dias visitando as festividades de São João de Macaíba em junho deste ano de 2019

Apenas uma semana após liberar uma emenda de cerca de 150 mil reais, que serão aplicados na rede básica de saúde de Macaíba, o deputado estadual José Dias (PSDB) continua mostrando que é exemplo a ser seguido pelos demais representantes da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte no que diz respeito à liberação de recursos para potencializar o desenvolvimento de nossa cidade.

Agora, José Dias confirmou ao prefeito Dr. Fernando Cunha (PSD) que o município receberá uma nova emenda de 100 mil reais. Embora não tenha tido uma votação expressiva em Macaíba no pleito de 2018, quando totalizou 170 votos e sem o apoio da gestão municipal, o deputado tem se mostrado bastante atuante em relação às demandas e necessidades locais.

Enquanto isso, muitos críticos perambulam de esquina a esquina, de bairro a bairro, se dizem preocupados com a cidade e que apoiaram deputados estaduais e federais muito bem votados não lutam ou não conseguem transformar suas críticas em cobranças e resultados que venham fazer com que seus parlamentares prediletos liberem emendas para beneficiar a população macaibense.

Assessores de Girão no Palácio Auta de Souza (sede da Prefeitura) no momento da confirmação da destinação da emenda

General Girão

Outro excelente exemplo a ser seguido é o deputado federal, General Girão (PSL), que destinou uma emenda parlamentar de mais de meio milhão de reais para serem usados em benefício da saúde da população de Macaíba.

Mais especificamente, esta emenda está sendo direcionada ao custeio dos serviços de Atenção Básica de sua rede, de modo a adquirir novos equipamentos e aprimorar o atendimento aos usuários.

Com a promulgação da Medida Provisória (MP) nº 889/2019, o Governo Federal liberou o saque imediato de valores até R$ 500 por conta inativa relativa ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A expectativa é que a economia nacional receba uma injeção de R$ 40 bilhões até março de 2020.

Segundo a Caixa Econômica Federal, desde a liberação dos saques — iniciada em 13 de setembro —, já foram realizadas cerca de 12 milhões de transações do tipo, o que incentivou o banco a emitir comunicado com uma série de dicas de segurança para proteger o cidadão de possíveis golpes que façam referência aos novos saques.

  • Evite fornecer a senha ou número do Cartão Cidadão, pois golpistas procuram entrar em contato com os clientes se passando por empregados das centrais de cartões ou do banco, para obter informações e, assim, aplicar golpes.
  • Não acesse links em nome da Caixa, pois o banco não envia links por e-mail, SMS ou WhatsApp.
  • Não faça pré-cadastro para saque do FGTS. Golpistas têm se passado pela Caixa no WhatsApp. Não responda. Em caso de dúvida, procure os canais oficiais do banco.
  • A área de segurança da Caixa mantém ainda, uma página atualizada com dicas e informações sobre os principais golpes praticados pelos fraudadores.
  • O banco alerta que não envia mensagens sobre saques das contas vinculada ao FGTS; além disso, a instituição não solicita senhas, dados ou informações pessoais do trabalhador; não pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp.
  • O banco orienta que os trabalhadores busquem informações sobre FGTS disponíveis nos canais oficiais da Caixa, na internet, no endereço fgts.caixa.gov.br, no app FGTS ou no telefone 0800-726-0207, ou direto em suas agências.

Pelos parâmetros da MP, todos os trabalhadores, que possuam contas ativas ou inativas do FGTS, podem sacar até R$500 de cada uma delas, limitado ao valor do saldo. Em outras palavras. O site da Caixa Econômica Federal conta com diversos links de consulta para informações, verificação de saldo disponível e agendamento de crédito direto em contas poupança (que sejam da Caixa e tenham sido abertas até julho de 2019).

Também é possível consultar tudo sobre o benefício por meio do aplicativo oficial, disponível para download na Play Store e iOS Store.

YAHOO

Uma mulher de 30 anos morreu na noite desta quinta-feira (19), enquanto realizava a limpeza de um computador na casa da tia no bairro Bom Jardim, em Mossoró. 

Segundo a Polícia Militar, a vítima identificada como Bruna Rayane Souza Rebouças, sofreu uma forte descarga quando realizava a limpeza do equipamento ligado na tomada. De acordo com familiares, a vítima morava no Alto de São Manoel, e tinha costume de manusear o computador quando visitava a tia.
 
Uma ambulância do Samu ainda chegou a ser acionada, mas a vítima não resistiu e veio a óbito no local.  O Instituto Técnico e Científico de Perícia (Itep), foi acionado e realizou a remoção do corpo para sede do órgão onde será necropsiado.
MOSSORÓ NOTICIAS

Uma mulher de 40 anos que estava com um quilo de cocaína em um ônibus foi presa numa fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-101, na unidade operacional do município de São José de Mipibu. A prisão aconteceu na tarde desta quinta-feira (19).

Segundo a PRF, o ônibus saiu da capital potiguar em direção a São Luís, no Maranhão. Os policiais fizeram uma abordagem padrão aos passageiros e encontraram a droga na bolsa da mulher. Era um tablete com 1 quilo de cocaína.

A mulher confessou à PRF que faria o transporte da droga e que receberia R$ 500 pelo serviço. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, ela já tem passagens pela polícia pelo crime de tráfico de drogas.

Ela foi encaminhada para a Central de Flagrantes de Natal, para onde também seguiu o quilo de cocaína. De acordo com a PRF, mais de meia tonelada de drogas já foram apreendidas no Rio Grande do Norte neste ano.

G1

Uma mulher de 58 anos foi presa nesta quinta-feira (19) no bairro Cidade Nova, na Zona Oeste de Natal, por cometer agressões dentro de casa contra a própria mãe, que tem 76 anos (veja o vídeo).

Os policiais civis da Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso (Depi) receberam uma denúncia anônima que mostrava um vídeo em que a idosa sofria diversas agressões da filha. Após a análise do material, foi realizado um pedido de prisão preventiva da mulher.

Segundo a Polícia Civil, a filha pode ser denunciada no inquérito em crimes como lesão corporal, com o agravante de ser familiar, maus tratos e cárcere privado.

A investigação aponta que a idosa dormia em más condições na varanda da residência em que morava com a filha, em Cidade Nova, além de ser obrigada a realizar atividades domésticas. Quando os policiais chegaram, ela estava lavando as panelas.

Na delegacia, a senhora de 76 anos estava bastante debilitada e tinha vários hematomas no corpo. A filha teve a prisão preventiva cumprida nesta quinta-feira (17) e a idosa vai ser encaminhada para uma casa de acolhimento.

É de causar espanto!

Em São Luís no Maranhão, o litro de gasolina custa R$ 4,00. Já em Natal no Rio Grande do Norte, Estado que é o maior produtor de Petróleo em terra do Brasil o litro  da gasolina custa R$ 4,49. Como se explica? É somente uma pergunta.