Arquivos

Dando continuidade ao calendário de pagamento do funcionalismo estadual, o Governo do Rio Grande do Norte concluiu o pagamento do salário de fevereiro neste sábado (29). Mais de R$ 114 milhões foram depositados nas contas dos servidores estaduais.

O valor corresponde ao salário integral para as pastas com recursos próprios e os 70% restantes dos servidores que recebem acima de R$ 4 mil. Quem recebe menos que isso, além da categoria da Segurança Pública, teve seu salário adiantado na metade do mês.

Também foi pago no último dia 15 deste mês o passivo de novembro de 2018, quando foi quitada a parcela restante dos salários dos servidores que recebem acima de R$ 5 mil. Com isso, o Governo quitou o segundo dos quatro salários em atraso deixados pela última gestão, tendo pago também o 13° de 2017.

O Governo segue no trabalho contínuo pela busca do equilíbrio fiscal e de receitas extras para pagar os salários de dezembro e o 13º de 2018, que totalizam um montante de mais de R$ 700 milhões.

Assecom/RN

O cantor Toni Garrido foi assediado durante o último show do Carnaval em Natal, no polo Petrópolis, na noite dessa terça-feira (25). O episódio aconteceu após o músico descer do palco para pedir que os foliões parassem com um tumulto que estava acontecendo e, ao fazer o trajeto de volta para o palco, uma foliã apertou o glúteo de Toni. Incomodado com o ato de assédio, ele falou “aprendemos com as mulheres que ‘não é não’ e serve para todo mundo, para as mulheres também”.

Ele continuou “você acabou de tocar em uma parte íntima minha sem nenhuma liberdade, totalmente abusiva”, disse enquanto afastava a assediadora que tentava se desculpar.

No discurso, o cantor carioca ainda lembrou a importância de respeitar as pessoas e o corpo delas durante o carnaval, independente de ser homem ou mulher. Toda a confusão foi gravada pela jornalista Suzy Noronha que flagrou o momento exato do assédio.

O agricultor Raimundo Nonato de Souza, foi ferido a bala na tarde desta sexta feira 28 de fevereiro de 2020 no Projeto de Assentamento Cordão de Sombras II na zona rural de Mossoró região Oeste Potiguar.

O agricultor foi socorrido inicialmente em um carro particular da comunidade e posteriormente transferido para uma Ambulância de Suporte Avançado do Sumu, onde seguiu para o Hospital Tarcísio Maia.

Raimundo Nonato foi entregue a equipe médica de plantão do Hospital Tarcísio Maia apresentando um ferimento de arma de fogo na região torácica Uma mulher que acompanhou a vítima até Mossoró disse no hospital que o tiro teria sido acidental. O agricultor estava limpando a arma de fogo, quando a mesma disparou.

Foi  na noite desta quinta-feira , mas vale a pena registrar e mostrar a realidade do atual sistema de transporte público de Natal.

Aconteceu na Ribeira. Um ônibus da linha 17/78 – Gramoré Petrópolis ao fazer a curva para entrar na Av. Duque de Caxias ficou sem a roda. Ela desprendeu do veículo.

Agora imagina o perigo. Se essa roda se solta na descida da ladeira de Petrópolis, a conhecida ladeira do padre ou de Marpas.

Vale ainda lembrar que esse veículo é uma das sucatas aposentadas que vieram de Recife da empresa Metropolitana, mesma dona da Guanabara aqui em Natal e que todo ano envia aqui para cidade dezenas de ônibus velhos para atender os moradores da Zona Norte que são os que mais sofrem com o péssimo sistema de transporte da cidade.

Gustavo Negreiros

Foto: Bruno Vital/G1

Subiu para seis o número de casos suspeitos do novo coronavírus no Rio Grande do Norte, segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Em boletim divulgado no início da tarde desta sexta-feira, 28, a quantidade de registros divulgados na coletiva que ocorreu pela manhã, foi alterada de três para seis.

Os casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação de um primeiro exame. Os números de casos suspeitos no RN divergem entre a Secretaria Estadual de Saúde e o Ministério da Saúde, pois os os horários de apresentação dos boletins são diferentes.

Durante a manhã, a Sesap havia informado que eram cinco os casos suspeitos, e que dois haviam sido descartados, deixando a quantidade de registros em três. Contudo, segundo a assessoria, no início da tarde mais três pacientes que estavam em análise foram considerados suspeitos de portarem o vírus da Covid-19. Desta maneira, somam-se seis casos.

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, um paciente é considerado suspeito quando apresenta os sintomas da doença e teve contato com alguém que esteve em algum dos 16 países listados pela OMS, onde já existem casos confirmados do Covid-19

O RN ainda não confirmou nenhum caso. Os pacientes suspeitos aguardam em isolamento domiciliar o resultado que deve sair nos próximos dias.

Sesap e G1 RN

Subiu para 182 o número de casos de suspeita do novo coronavírus no país, aponta balanço do Ministério da Saúde. Na quinta, eram 132 suspeitas em investigação.

O Brasil ainda tem apenas um caso confirmado da doença, de um um homem de 61 anos de São Paulo. Ele esteve na Itália, um dos países com mais casos.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) elevou nesta sexta-feira (28) para “muito alta” a avaliação de risco para o novo coronavírus a nível global. A mudança ocorre após aumento de casos confirmados fora da China.

Até o momento, foram registrados cerca de 83 mil casos do covid-19 no mundo, com 2.800 mortes. A maioria dos casos ocorreu na China.

Em outros países, há cerca de 4.000 casos em 49 países e 67 mortes, segundo a OMS. Os registros estão distribuídos em 49 países.

“Ontem foi o primeiro dia que tivemos mais casos na Coreia do Sul do que na China. Vemos ampliação significativa da dispersão do número de casos”, diz o secretário de vigilância em saúde do ministério, Wanderson Oliveira.

Para ele, o fato de ter casos confirmados nos cinco continentes já permitiria classificar o cenário como uma pandemia. A OMS, no entanto, tem avaliado que a transmissão em outros países ainda está ligada em geral a casos já confirmados, sem que haja transmissão dentro de uma comunidade, por exemplo.

Já o Brasil tem avaliação diferente. “Entendemos que seria muito mais racional, para a economia mundial e todo o processo, considerar que isso seria uma pandemia e não é possível conter esse vírus, transmitido de modo assintomático, para focar em evitar casos graves. Essa é a nossa sugestão, mas não cabe a nós definir”, diz Oliveira.

A taxa de letalidade até o momento é de 3,5%. Idosos e pessoas com doenças associadas são tidas como mais vulneráveis.

Segundo o ministério, o aumento progressivo no número de casos suspeitos no Brasil se deve à mudança nos critérios usados para análise de possíveis casos na rede de saúde nos últimos dias.

Para definir os casos de suspeita de infecção no Brasil, o Ministério da Saúde adota como critério o registro de febre e outros sintomas respiratórios somado ao histórico de viagens, em até 14 dias antes, a países que registram mais de cinco transmissões locais.

Folhapress

De acordo com a Economatica, a Petrobras perdeu 69,5 bilhões de reais em valor de mercado, desde que a epidemia do coronavírus contaminou as Bolsas do mundo inteiro.

A Vale foi a segunda companhia brasileira mais depreciada: vale menos 43,6 bilhões de reais.

Tudo isso em apenas 9 dias. Para se ter uma ideia, o lucro da Petrobras em 2019 foi de 40 bilhões de reais.

Antagonista

De acordo com informações que chegam ao nosso site, um jovem conhecido como Júnior Sales, tirou sua própria vida na noite desta quinta-feira dia 27.

Segundo alguns relatos, a notícia pegou amigos e parentes de surpresa, já que o jovem era visto como uma pessoa alegre e sempre de bem com a vida.

Ainda não se sabe o que levou o jovem cometer algo tão extremo contra sua própria vida. O jovem teria sido encontrado em sua casa enforcado em uma faixa do seu próprio Kimono.

A chegada do novo coronavírus tende a ser administrável pela rede de saúde caso o Brasil repita o cenário registrado em parte da China, em que houve aumento seguido de estabilização dos casos, afirma o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em entrevista à Folha.

“Se se comportar dessa maneira, vamos supor, 50 mil casos em uma cidade como São Paulo, do tamanho de Wuhan, é perfeitamente administrável. A Coreia do Sul, que está do lado, tem mil casos. Se ficarmos em um cenário como esse, vamos ter pontos de concentração de casos, mas, a meu ver, perfeitamente atendíveis e controláveis”, disse ele, que cita a baixa letalidade.

Para o ministro, no entanto, é preciso ver como o vírus irá se comportar no verão e em um país tropical.
“No nosso país, meu maior receio é o Rio Grande do Sul, porque quando teve o H1N1 foi o lugar com maior número de casos e mortes. Mas será que esse coronavírus vai repetir a performance do H1N1 no Brasil?

Se gostar mais de aglomeração do que de frio, o Rio de Janeiro passa a ser a minha maior preocupação.”
Mandetta disse avaliar que é apenas questão de tempo para que a OMS (Organização Mundial da Saúde) reconheça a situação atual como uma pandemia. Para ele, porém, não há motivo para pânico. “A humanidade convive com vírus desde sempre.”

Para continuar lendo é só clicar aqui: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/02/se-repetir-cenario-da-china-coronavirus-e-administravel-no-brasil-diz-ministro-da-saude.shtml

FOLHAPRESS

Por volta das 02hs da madrugada desta sexta-feira, (28) moradores da cidade de Campo Grande no Rio Grande do Norte acordaram com barulhos de vários tiros no centro da cidade.

Segundo informações, bandidos teriam invadido a cidade e explodiram o banco do Brasil do município, um veiculo de um PM que estava em frente à companhia de policia foi metralhado pelos bandidos, um outro veículo foi queimado na ponte sentido a cidade de Janduis, até um gato foi morto, não se sabe ainda se foi bala ou atropelado.