setembro, 2021 - Informativo Atitude

Arquivos

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) receberá, neste final de semana, mais uma remessa de doses de vacinas contra a Covid-19 enviadas pelo Ministério da Saúde. Ao todo serão 97.330 doses. Na tarde desta sexta-feira (01) serão recebidas 39.900 doses da Astrazeneca, produzida pela Fiocruz. E na manhã do sábado mais 57.330 doses da Pfizer chegarão ao RN.

Os imunizantes serão distribuídos aos municípios na segunda-feira, para que prossigam com a aplicação da D3 em idosos e imunossuprimidos, D2 em adultos e ampliação para os adolescentes de 12 a 17 anos.

A plataforma RN+ Vacina registrava, até o início desta tarde, 3.817.289 doses aplicadas no estado, o que significa que 1.434.785 pessoas estão totalmente imunizadas, e 2.382.504 receberam pelo menos a primeira dose. Até o momento 7.311 receberam o reforço da 3ª dose.

Foto: Divulgação

A governadora Fátima Bezerra assinou nesta quarta-feira (29) a autorização para a realização do novo concurso público para professores e técnicos administrativos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern). Este é o primeiro ato do Governo do Estado com a nova diretoria da Instituição.

A governadora Fátima Bezerra, ao lado da nova reitora Cicília Maia e do vice-reitor Francisco Dantas, com toda a equipe administrativa da Universidade, determinou que a instituição juntamente com a Secretaria de Planejamento e Finanças (Seplan) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE) iniciem as providências para a realização do concurso. “Este é um ato muito sonhado, detalhado e esperado”, frisou Fátima Bezerra.

Durante solenidade realizada na noite desta terça-feira (28), que marcou a posse da nova reitoria, Assembleia Universitária e o aniversário de 53 anos da Uern, a governadora sancionou a Lei que extingue a lista tríplice nas eleições da instituição, quando também anunciou o projeto de autonomia financeira da Uern que será enviado para a Assembleia Legislativa.

Na assinatura de hoje no pátio da universidade, Fátima Bezerra afirmou que a Uern não é uma instituição qualquer. “É muito primorosa para o desenvolvimento de nosso Estado”, destacou ao assinalar que a universidade está presente de forma direta em 17 municípios potiguares, tem sete campi, 11 núcleos, 32 cursos de graduação, cerca de 12 mil alunos, mais de mil estudantes na pós-graduação, dois cursos de residência médica e quatro de doutorado.

Mais de 50 mil jovens já receberam o grau de nível superior pela Uern. “É o mais belo exemplo de interiorização de ensino superior do Estado e zelar por esta instituição é a maior contribuição que estaremos dando ao RN do ponto de vista da defesa de um projeto de desenvolvimento com inclusão social”, acrescentou a governadora.

Segundo a reitora Cicília Maia, a assinatura da autorização para o concurso é mais uma pauta concreta da agenda da governadora nas instalações da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. “Governadora, tenha certeza que este é mais um ato histórico”, disse, dirigindo-se à chefe do Executivo estadual e nominando o momento como histórico.

A nova reitora enfatizou que há toda expectativa da comunidade universitária e da sociedade também sobre esse concurso público com vagas nas diversas áreas de conhecimento e também nos diversos cargos.

Foto: © Reuters/Rodrigo Antunes/Direitos Reservados

Deixar o Afeganistão foi doloroso, disse Sarah, de 15 anos, mas agora que está segura em Portugal ela pretende perseguir o sonho de jogar futebol profissionalmente – e talvez conhecer seu ídolo, o atacante Cristiano Ronaldo.

Sarah foi uma das várias jogadoras da seleção feminina juvenil afegã que fugiram do país assustadas depois que o movimento islâmico radical Talibã tomou o poder em agosto.

Portugal concedeu asilo às jovens esportistas.

“Estou livre”, disse ela, sorrindo de orelha a orelha ao visitar a famosa Torre de Belém, junto ao Rio Tejo, com a mãe e as colegas de equipe. “Meu sonho é ser uma boa jogadora, como Ronaldo. E quero ser uma grande empresária aqui em Portugal”.

Ela espera voltar um dia ao Afeganistão, mas só se puder viver livremente.

Sua mãe, que pediu que a Reuters não usasse seu sobrenome, vivenciou em primeira mão a era anterior do governo do Talibã, entre 1996 e 2001, e está menos otimista com a possibilidade de uma volta para casa.

Líderes do Talibã prometem respeitar os direitos das mulheres, mas em seu primeiro governo elas não podiam trabalhar, e as meninas foram barradas nas escolas.

Uma autoridade de alto escalão do grupo disse depois da tomada de poder de 15 de agosto que as mulheres provavelmente não poderão praticar esportes por “não ser necessário” e porque seus corpos podem ser expostos.

“A razão de assumirmos esta missão [de retirar o time] foi permitir que elas possam aspirar e praticar o esporte que amam”, disse Farkhunda Muhtaj, técnica da seleção feminina afegã, que voou a Lisboa na quarta-feira (29) para surpreender o time juvenil.

Agência Brasil, com Reuters

Foto: Divulgação

O Rio Grande do Norte registrou, na quarta-feira (29), a menor taxa de ocupação de leitos críticos desde o início da pandemia da Covid-19, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

A taxa de ocupação dos leitos críticos foi de 21,75% e a média móvel no estado marcou 24,41%, a menor média já registrada na série histórica, de acordo com o levantamento da pasta com dados do sistema Regula RN – usado na administração dos leitos.

A Região Metropolitana também registrou a menor taxa de ocupação dos leitos críticos da série histórica (24,13%). A Região Oeste marcou 18,51%, e a Região do Seridó registrou ocupação de 11,76%.

Segundo a Sesap, a maior taxa de ocupação de leitos críticos no RN aconteceu em 31 de maio deste ano, com 99,01%. Naquele período, o estado enfrentava filas de pessoas à espera de um leito no sistema público de saúde

Na manhã desta quinta-feira (30), por volta das 10h, a taxa de ocupação no RN era de 22,7%; na Região Metropolitana 24,8%; Região Oeste 20,4% e Região Seridó 11,8%.

Segundo o governo, atualmente o estado tem 387 leitos destinados aos pacientes acometidos pelo coronavírus, sendo 225 leitos críticos e 162 leitos clínicos.

O estado atribuiu a baixa pressão do sistema de saúde à vacinação da população.

De acordo com o último boletim epidemiológico emitido pela Sesap, o RN tem 368.500 casos confirmados do coronavírus; 176.172 suspeitos; 734.408 descartados; 259.490 descartados; e, 7.336 óbitos, sendo um óbito confirmado nas últimas 24 horas.

A Sesap informou que iniciou o processo de reversão de leitos Covid em leitos de UTI geral. Até agora, pelo menos 100 leitos de UTI foram transformados em leito para atendimentos de pacientes com outras doenças.

G1 RN

Após semanas de pressão e novos estudos, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, descartou nesta quinta-feira (30) a retomada do horário de verão, extinto em 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro.

“O horário de verão não se faz necessário no que diz respeito à economia de energia”, disse o ministro em entrevista após inauguração de térmica em São João da Barra (RJ), a 320 quilômetros do Rio de Janeiro.

O deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) informou, na sessão ordinária desta quinta-feira (30), que preparou um Projeto de Lei, junto com alguns auditores fiscais e advogados, que prevê a alteração das alíquotas internas previstas no art. 27 da Lei estadual nº 6.968/1996, para os produtos que especifica.

“Hoje, a alíquota da gasolina e do álcool é de 27% e pretendemos baixar para 18%. A Lei atual cobra do gás de cozinha e do diesel 18% e nosso projeto pretende baixar para 13%”, explicou.

Segundo o parlamentar, no site da Secretaria Estadual de Tributação existe o boletim de atividades econômicas do RN que informa que, em agosto de 2020, arrecadou-se só de combustíveis R$ 86 milhões e em agosto de 2021 a arrecadação foi de R$ 142 milhões de ICMS de combustíveis.

“Segundo o site, que também deu base ao Projeto de Lei, o combustível é quem lidera a maior arrecadação do estado e o recolhimento setorial de ICMS constata um crescimento das receitas em quase totalidade das áreas da economia potiguar. Foi um aumento de 61,1% de arrecadação de agosto de 2020 para agosto de 2021 em cima de combustíveis. Este Projeto, se aprovado, com certeza será importante e atingirá toda a sociedade do RN”, justificou.

Fonte: Portal Grande Ponto

Durante o patrulhamento tático, policiais rodoviários federais perseguiram um veículo após constatarem que havia registro de ter sido roubado pela manhã do mesmo dia. O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (29) em Ceará-Mirim, na Região Metropolitana de Natal. Houve troca de tiros e os bandidos fugiram. O carro foi recuperado pela polícia.

O veículo trata-se de um Ônix da cor cinza. Ao perceberem que o mesmo era roubado, os policiais tiveram que realizar uma perseguição até a Zona Rural do município, onde o condutor e o passageiro trocaram tiros com os agentes.

Os policiais recuperaram o veículo deixado pelos criminosos no Km 152 da BR 406. A equipe fez buscas pelo local, mas os homens não foram encontrados.

Após as diligências, o veículo foi encaminhado para a Delegacia Especializada Em Defesa da Propriedade de Veiculos e Cargas (Deprov) em Natal/RN.

Ninguém sabe quem João Maia apoia, ela vai aos eventos de Fátima Bezerra e Jair Bolsonaro, é irmão da senadora Zenaide Maia e teoricamente é liderado de Jaime Calado. Também é impossível saber o que faz João Maia em Brasília. Improdutivo, sem posição, não sabe nem falar, o deputado é o melhor exemplo do parasitismo na política. Aparece de quatro em quatro anos e consegue renovar seu mandato.

É o melhor exemplo de ser dono de currais eleitorais com domínio da população. Enquanto persistir o tipo de política feita por João Maia o RN está condenado ao atraso.

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros

O Pleno do Tribunal de Justiça do RN (TJRN) decidiu na última sexta-feira (24), por unanimidade, acatar pedido de estabelecimento de multa por descumprimento do governo estadual da decisão de fornecer informações de política pública para comprovar o efetivo combate ao novo coronavírus no estado.

A ação foi ajuizada pelos advogados André Santana, Dina Perez e Fernando Pinto. A decisão ainda prevê multa diária por descumprimento.

A primeira decisão não foi cumprida e não havia nenhuma reprimenda prevista. Após os embargos de declaração foi determinada a multa que força o governo a detalhar as ações.

Com informações do Terra Brasil Notícias