abril, 2022 - Informativo Atitude

Arquivos

As imagens são chocantes e já ganhou repercussão nacional. Um homem aparece encapuzado em uma loja no Centro de Parnamirim, no meio da tarde. Ele pergunta algo para uma vendedora, depois segue na direção de Bruna Rodrigues, 22 anos, que estava trabalhando. Ela parece o reconhecer, depois baixa a cabeça, aí ele puxa uma arma que estava na região de sua barriga, com a tranquilidade de quem tem certeza da impunidade.

A câmera de segurança do local registrou tudo, inclusive o exato momento em que ela foi morta a queima-roupa.

Bruna Rodrigues é mãe de Jonas Miguel, moça bonita e de cabelos longos, brutalmente assassinada. Ela tinha 22 anos, era natural de São Tomé, mas morava em Parnamirim, e gostava de exibir imagens de seu filho durante o dia-a-dia. Miguel morava com a irmã gêmea dela, no interior, pra ela poder trabalhar e trazer o sustento da família. As duas perderam a mãe há 3 meses, de câncer. A notícia é destaque no blog da jornalista Juliana Celli.

Em sua última postagem no Instagram, ela mostra o menino de 3 anos com uma música ao fundo que dizia “herança da vida, amor infinito”.

Nas redes sociais, um pedido por justiça de amigos e familiares, #JusticaporBruna, diz as mensagens pedindo que a polícia encontre o autor do crime e o prenda.

As suspeitas são de feminicídio.

Fonte: Blog da Juliana Celli

O diretório nacional do PSOL oficializou, em conferência hoje, o apoio à pré-candidatura do ex-presidiário  Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Planalto. A reunião também definiu o programa político que será defendido pela sigla nas eleições.

“A união da esquerda em torno da candidatura de Lula é sem dúvida a melhor tática para derrotar Bolsonaro. Estamos felizes e esperançosos com essa decisão. Na semana que vem já iniciaremos as conversas para participar do conselho político da campanha e da coordenação do programa de governo”, afirma, em nota, Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL.

Fontes, confirmam que o Presidente Bolsonaro deve comparecer à Manifestação que será realizada neste 1° de maio em Brasília.

No 7 de setembro de 2021, Bolsonaro discursou pela manhã em Brasília e à tarde em São Paulo.

Há grande expectativa de público e a Esplanada dos Ministérios deve receber uma verdadeira multidão.

Em pauta, a legítima manifestação do povo brasileiro em defesa da liberdade.

Transmissão ao vivo pelo Canal Os Bastidores de Brasília, parceiro do Jornal da Cidade Online, a partir das 10h.

Foto: reprodução

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse neste sábado (30) que Jair Bolsonaro (PL) deveria indultar “quem merece”, não o deputado Daniel Silveira (PTB-RJ). Mencionou jovens presos sem advogado.

Silveira foi condenado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) a 8 anos e 9 meses de prisão por ofensas e insinuações de violência contra ministros da Corte. Bolsonaro, porém, concedeu indulto e anulou a pena.

“Está cheio de meninos de 17, 18, 19, 20 anos que foram presos, nem se sabe o crime que cometeram, não têm advogado porque não podem pagar, e esse presidente ao invés de visitar uma cadeia e dar indulto para quem merece indulto, resolveu dar indulto para um amigo seu que tinha cometido a barbaridade de ofender a Suprema Corte”, declarou Lula.

As falas do ex-presidente da República foram em evento com mulheres da Brasilândia, região pobre da cidade de São Paulo.

Poder 360

Foto: EFE/Edinsson Figueroa

Entre olhares desconfiados e cansados, crianças brincando e malas que se amontoam, filas se formam nas tendas da Operação Acolhida, com centenas de venezuelanos que ainda buscam no Brasil um local para recomeçar a vida. Na fronteira entre Santa Elena de Uairén e Pacaraima, cerca de 750 pessoas por dia, em média, atravessam para o lado brasileiro, carregando o que coube em malas e trazendo também expectativas: de encontrar parentes e amigos que já estão no país, de conseguir emprego e de uma nova vida.

Nas tendas da Operação Acolhida, criada em 2018, os atendimentos não param. Há guichês para pedidos de residência e refúgio, para emissão de documentos, como CPF e cartão SUS, para cadastro no sistema de emprego. Uma força-tarefa atua nesse primeiro contato do migrante com o Brasil para facilitar a entrada e interiorização dos venezuelanos.

O país é o quinto destino mais procurado por esses migrantes para viver. De janeiro de 2017 a março de 2022, o Brasil recebeu 325.763 venezuelanos que permaneceram aqui. Em primeiro lugar está a Colômbia, com 1.842.390 refugiados venezuelanos; seguida pelo Peru, com 1.286.464. Equador (513.903) e Chile (448.138) ocupam a terceira e quarta posição, respectivamente. Os dados são da plataforma R4V, que reúne informações do sistema das Nações Unidas e do governo brasileiro.

Em uma das filas, Yurisbel Lopes aguardava atendimento acompanhada pelos dois filhos pequenos. Havia chegado naquele dia de San Félix, no norte da Venezuela, depois de 12 horas em um ônibus, percorrendo cerca de 600 quilômetros (km) até ali. Mas ela sabe que a fronteira é apenas uma das etapas até conseguir chegar no local em que o marido a espera, em Santa Catarina, a mais de 5,2 mil km dali. Deixou para trás os outros familiares e trouxe em três malas o que restou da vida no país natal.

Agência Brasil

Foto: divulgação/inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) lançou dois alertas de chuvas fortes em 45 cidades do Rio Grande do Norte deste sábado (30) até 10h do domingo (1º).

Um dos alertas atinge 43 cidades, sendo de chuva de perigo potencial, o primeiro numa escala de três do órgão.

De acordo com o Inmet, nesse tipo de alerta as chuvas são entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, com ventos intensos entre 40 e 60 km/h.

Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Já o segundo alerta tem o grau de severidade de perigo, o segundo na escala de três, e atinge cinco cidades, sendo três que também já constam no outro alerta (Mossoró, Baraúna e Areia Branca), além de Grossos e Tibau.

As chuvas neste tipo de alerta podem atingir de 50 a 100 milímetros por dia, com ventos entre 60 e 100 km/h.

O órgão instrui, nesses casos, que, em casos de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Veja cidades atingidas

Assú
Afonso Bezerra
Alto do Rodrigues
Angicos
Apodi
Areia Branca (alerta de perigo)
Baraúna (alerta de perigo)
Caiçara do Norte
Caraúbas
Carnaubais
Doutor Severiano
Encanto
Felipe Guerra
Francisco Dantas
Galinhos
Governador Dix-Sept Rosado
Guamaré
Ipanguaçu
Itaú
Jandaíra
João Câmara
Lajes
Macau
Mossoró (alerta de perigo)
Parazinho
Pau dos Ferros
Pedra Grande
Pedra Preta
Pedro Avelino
Pendências
Porto do Mangue
Pureza
Riacho da Cruz
Rio do Fogo
Rodolfo Fernandes
São bento do Norte
São Francisco do Oeste
São Miguel do Gostoso
Serra do Mel
Severiano Melo
Taboleiro Grande
Touros
Upanema
Tibau (alerta de perigo)
Grossos (alerta de perigo)

G1 RN

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) está com inscrições abertas até domingo (1º) para preenchimento de 101 vagas remanescentes em cursos superiores de graduação (veja cursos mais abaixo).

As vagas são de licenciatura e tecnologia e estão ofertadas nos campi de Apodi, Ipanguaçu, Natal-Zona Norte, Nova Cruz, Santa Cruz, e São Paulo do Potengi.

As oportunidades são para o primeiro semestre letivo de 2022.

Para este processo seletivo, serão avaliadas as notas das edições 2019, 2020 e 2021 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O resultado final será divulgado na terça-feira (3) no Portal do Candidato.

Vagas abertas para inscrições no IFRN — Foto: Divulgação

Inscrições

A inscrição é feita exclusivamente no Portal do Candidato até 17h do domingo (1º). Para se cadastrar, é necessário possuir conta de e-mail ativa. No Portal, o candidato terá apenas um único cadastro para gerenciar suas inscrições em editais no IFRN.

Interessados podem verificar os procedimentos para cadastro e inscrição no tutorial disponível. No ato da inscrição, deve-se realizar as seguintes operações:

  • Escolher, no menu superior do SGC, a opção “Entrar”;
  • Preencher corretamente o CPF e senha e confirmar, clicando em “Submeter”;
  • Na caixa “Inscrições”, selecionar o concurso ao qual deseja concorrer, clicando em “Acesse”;
  • Escolher uma das ofertas de cursos listados na caixa “Ofertas”;
  • Uma vez escolhido o curso/Campus/turno, iniciar a inscrição escolhendo a opção “Realizar inscrição”; e
  • Preencher corretamente os dados solicitados e enviar o questionário, clicando em “Enviar”.

G1 RN

Foto: Divulgação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) falou pela primeira vez, publicamente, que o deputado federal Walter Alves será candidato a vice-governador na chapa que terá a governadora Fátima Bezerra (PT) com candidata à reeleição.  Em um vídeo divulgado por integrantes do PT, o ex-presidente diz que a governadora cumpriu a tarefa politica de convidar o deputado para compor uma aliança no Rio Grande do Norte.

“Hoje é um dia especialmente feliz. Estou vendo aqui a concretização de uma tarefa política pela companheira governadora Fátima, uma mulher extraordinária que conheço há muito tempo, que virou governadora deste Estado, estou com o companheiro Walter, deputado federal pelo MDB, filho do ex-ministro Garibaldi que está sendo convidado para ser vice na chapa de Fátima”, afirmou Lula no vídeo.

Ele disse que a aliança é importante para a composição que está sendo costurada pelo PT. “O povo precisa viver em paz, em um clima de harmonia e não de ódio, por isso, eu queria pedir a compreensão do povo do Rio Grande do Norte e dos companheiros do PT”, acrescentou.

Fonte: Portal Grande Ponto

Uma mulher identificada como Ana Bruna foi morta a tiros na tarde desta sexta-feira (29) dentro da loja na qual trabalhava na Avenida Senador João Câmara, no centro de Parnamirim, na Grande Natal. O autor do assassinato fugiu após o crime.

Câmeras de segurança mostram o momento em que o homem entra na loja como se fosse um cliente, pergunta pela jovem e, ao encontrá-la, pratica o crime. O bandido usava boné e uma balaclava, para esconder o rosto. Nas imagens, ele chega à loja, procura a vítima, saca uma arma e efetua os disparos em seguida. Antes de morrer, a jovem se curva, como se já soubesse que fosse ser morta.

A jovem foi morta com cinco ou seis disparos à queima roupa. A PM chegou rapidamente, mas o criminoso também fugiu rápido. A Polícia Civil e o ITEP foram acionados ao local.

Fonte: Portal Grande Ponto

Foto: Anderson Riedel/PR – 27/04/2022

A Advocacia Geral da União (AGU) defendeu o indulto concedido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) e afirmou que este não pode ser revisto por outros Poderes. A manifestação ocorreu nesta sexta-feira, 29, no âmbito de uma ação popular apresentada à Justiça Federal do Rio de Janeiro.

No documento, a AGU afirmou que  o indulto é “um ato soberano de perdão”. “Assim, uma vez concedido o indulto, não há outra alternativa exceto a extinção da punibilidade do réu”, declarou.

O órgão ressaltou que o indulto é constitucional e não pode ser “objeto de releitura” de outro Poder. “Resta evidente, portanto, que o indulto, coletivo ou individual, é instituto que tem natureza histórica, constitucional e democrática e funciona como um instrumento de modulação nas relações entre os Poderes estatais”, diz o documento.

A AGU afirmou ainda que o perdão presidencial é “uma ferramenta pacificadora” em um momento em que a sociedade se encontra “em legítima comoção em vista da condenação do parlamentar, que somente fez uso de sua liberdade de expressão.”

Daniel Silveira foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a oito anos e nove meses de prisão por ataques a ministros da Corte. A pena, no entanto, foi anulada pelo indulto concedido por Bolsonaro. Entretanto, o STF também determinou que o deputado fique inelegível nas próximas eleições, decisão que o indulto não deve alcançar.

Nesta semana, o ministro Alexandre de Moraes deu 48 horas para que a defesa do parlamentar explicasse por que ele deixou de usar a tornozeleira eletrônica. Silveira descumpriu o prazo e não se manifestou até esta sexta-feira.

Jovem Pan