Informativo Atitude - Credibilidade é o que conta

Pré-candidata do MDB à Presidência, a senadora Simone Tebet (MS) disse nesta segunda-feira ao GLOBO que o ex-governador João Doria é “problema” do PSDB e que ela está pronta para ser cabeça de chapa ou vice.

— (João Doria) é problema do PSDB. O PSDB aceitou fazer parte dessa pesquisa junto com Cidadania e MDB. Eu estou pronta para subir no palanque independentemente de cabeça de chapa ou vice.

Questionada sobre a carta na qual Doria diz não concordar com as pesquisas da terceira via ou ser vice Tebet ressaltou que respeita os critérios e concordará com resultado.

— Eu aceitei as regras do jogo e, posso falar por mim, vou aceitar o resultado na quarta-feira seja ele qual for — assegurou a pré-candidata do MDB.

A senadora ainda afirmou que, se escolhida nesta quarta-feira, será candidata à Presidência com ou sem PSDB e Cidadania, ou seja, sem depender do que acontecerá com Doria.

Nesta segunda, Tebet participou de um ciclo de debates promovido pelo Conselho Político e Social (Cops), da Associação Comercial de São Paulo. Depois, almoçou com empresários acompanhada do ex-presidente Michel Temer.

Com informações da Agência O Globo

Fonte: Portal Grande Ponto

Uma confusão foi registrada na manhã desta terça-feira (17) na UPA de Nova Esperança, em Parnamirim, na Grande Natal. Um homem, cuja identidade não foi divulgada, foi detido e levado para a delegacia após tentar agredir uma médica por causa da demora para receber atendimento.

O caso foi atendido pela Guarda Municipal de Parnamirim. Os agentes foram chamados ao local após serem notificados de uma confusão dentro da UPA. Quando chegaram, os guardas verificaram que o homem estava bastante alterado e ameaçando agredir uma médica e outros funcionários da unidade. A causa seria a demora no atendimento.

A UPA de Parnamirim está superlotada nesta terça-feira. Pacientes estão procurando atendimento na unidade principalmente com suspeita de arboviroses, como dengue, zika e chykungunya. Dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) apontam que, de janeiro a maio deste ano, o Estado registrou mais de 11 mil casos de dengue. No mesmo período do ano passado, foram apenas 806 casos.

Briga em UBS
Além da ocorrência da UPA, a Guarda Municipal de Parnamirim também foi chamada nesta terça-feira para controlar uma confusão em um posto de saúde do bairro de Rosa dos Ventos.

Segundo a Guarda Municipal, duas mulheres ficaram irritadas com a demora no atendimento e partiram para cima de uma médica, chegando a agredi-la. Outros funcionários da UBS também foram atingidos.

Todos os envolvidos nos dois casos foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim. Os agressores podem responder por ameaça, desacato e lesão corporal, com o agravante de ter sido contra servidores públicos no exercício de suas funções.

98 FM

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Pará investiga a morte de uma juíza do Rio Grande do Norte. Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, que atua na cidade de Martins, foi encontrada morta dentro de um veículo no estacionamento de um prédio em Belém, no Pará.

Mônica Andrade era juíza no RN e ia com frequência a Belém, segundo os familiares. Ela era casada com um magistrado do Pará. O corpo apresentava um ferimento por arma de fogo.

Mônica teria sido encontrada morta pelo companheiro, o juiz João Augusto Figueiredo de Oliveira Júnior. Ao se deparar com a situação, ele teria levado o carro e o corpo para a delegacia.

“Ainda sem acreditar. Minha comadre, prima e grande amiga se foi”, lamentou Ivonete, em uma rede social.

João Augusto Figueiredo disse, em sua versão preliminar dada à polícia, que a juíza Monica Andrade teria supostamente cometido suicídio dentro de um veículo pertencente ao juiz, na garagem do prédio onde ele reside, no edifício Rio Miño, em Nazaré. João mesmo dirigiu até a unidade policial. A versão dada pelo juíz ainda é investigada pela polícia.

O corpo da juíza foi deixado na manhã desta terça-feira (17) na Divisão de Homicídios da Polícia Civil de Belém, no bairro de São Brás. O companheiro dela, o também juiz João Augusto Figueiredo de Oliveira Júnior, foi quem a levou. O corpo da juíza tinha um ferimento por arma de fogo.

O juiz João Augusto Figueiredo de Oliveira Júnior presta depoimento na própria Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Pará neste momento.

98 FM

Por: Dejackson Alvares de Farias

UPA HUMANIZADA?

Estranha forma de humanização ocorre na Upa-Macaíba. Explicamos: Você leva uma criança com febre alta e vomito e o médico olha a garganta do mesmo e prescreve dipirona + lufital, sendo que, quer que seja oral, o problema é que a criança tem 4 anos e o efeito mais rápido é uma aplicação na veia.

UPA HUMANIZADA II

O mesmo médico não pede exame de sangue ou de urina, medica apenas de olho. Qual será o motivo de não solicitarem os exames? Falta material? Faltam profissionais?

UPA HUMANIZADA III

No domingo a tarde estive lá com meu filho e fiquei na porta observando, chega um taxi, desce uma senhora desacompanhada, a mesma é idosa, obesa e puxa por uma perna e a sua frente olhando tem um maqueiro que não a ajuda a descer do carro e tampouco lhe oferece uma cadeira de rodas para facilitar o deslocamento até a recepção e a mesma vai arrastando a perna sem ter um braço amigo que a ajude.

UPA HUMANIZADA  IV

Como uma Upa onde seus dirigentes propagam ser humanizada se comporta e atua do jeito que estão atuando? Para não dizer que fazemos apenas criticar, vamos dar umas sugestões simples e descomplicadas para “Os Meninos”:

  • Nos finais de semana e nos feriados coloquem sempre de plantão um dos 3 dirigentes que dispõe a UPA, pois a mesma neste período está abandonada pelos mesmos, são cargos comissionados e um rodizio faria bem a todos e o povo não ficaria ao léu.
  • Humanizem seus servidores e os que não quiserem atender bem a população coloquem-os para fora e nos seus lugares coloquem outros, afinal tem milhares de pessoas desempregadas e esperando uma chance.
  • Que os maqueiros e o pessoal de apoio deixem de conversar nos corredores e passem a olhar o paciente com mais amor, afinal ninguém vai para uma UPA para se divertir.
  • E que sempre tenha alguém para receber os pacientes como no caso da senhora que desceu do taxi e se arrastou até a recepção.
  • Se existem equipamentos e profissionais para se fazer os exames, obriguem aos médicos a solicitarem os mesmos, as vezes um simples exame de sangue pode evitar uma morte com a prescrição de uma medicação errada.

Se esta é a forma inovadora de “Os Meninos” governarem então o caos está próximo. O que custa serem humanos na verdadeira concepção da palavra? Serem humanos até melhoraria a imagem dos Meninos, e ser humano muitas vezes é ser honesto.

Lembrem-se que hoje uma mãe chora pela perda de sua filha que foi por três vezes a esta UPA e só lhe foi prescrita dipirona. Eu, no dia seguinte levei o meu filho no pronto socorro infantil da Unimed onde foi pedido exames, entre eles um de sangue onde o PCR estava mais de 100 e uma ultra que detectou uma infecção intestinal.

Com a palavra a nossa secretaria de Saúde Senhora Toda Posuda.

Foto: Divulgação/Caern

A partir desta segunda-feira (16), o cliente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) passa a ter mais uma opção para pagamento da fatura, o Pix. A Companhia instalou também novos totens de autoatendimento. Os novos serviços trazem mais praticidade e comodidade para o cliente da Companhia.

Nesta primeira fase, para utilizar o Pix, o cliente acessa o site caern.com.br e gera a segunda via para pagamento, neste documento tem a opção pagar com Pix. A modalidade também está disponível para pagamento da entrada de parcelamento.

Em breve, outras funcionalidades serão implantadas e o pix virá na conta impressa da Companhia. Este tipo de pagamento se soma aos outros já disponíveis para os clientes que são o pagamento em agências bancárias, correspondentes bancários, além do pagamento com cartão de crédito.

Totens

Também nesta segunda-feira (16), a Companhia coloca em funcionamento, em Centrais do Cidadão e escritórios, 10 totens de autoatendimento para pagamento da fatura. Neste equipamento o consumidor poderá pagar seus débitos com cartão de crédito ou débito. Confira os locais disponíveis:

NATAL
CENTRAL DO CIDADÃO – Rua Cel. José Bernardo, 1001 – Alecrim
CENTRAL DO CIDADÃO – Rua Governador José Varela, 2900, Capim Macio
CENTRAL DO CIDADÃO – Av. Dr. João Medeiros Filho, 2300, Shopping Estação.

ASSÚ
CENTRAL DO CIDADÃO – Av. Sen. João Câmara, S/N, Assú

CAICÓ
CENTRAL DO CIDADÃO – Rua Marina Neves Dantas, N°35 – bairro Maynard, Caicó

CURRAIS NOVOS
CENTRAL DO CIDADÃO – Rua Tomás do O, N° 60, Currais Novos

MACAÍBA
CENTRAL DO CIDADÃO – Avenida Jundiaí , s/n, Macaíba /RN

MOSSORÓ
ESCRITÓRIO CENTRAL – Av. Alberto Maranhão com a Campos Sales, bairro Bom Jardim

PARNAMIRIM
CENTRAL DO CIDADÃO – Av. Ten. Medeiros, Centro, Parnamirim

PAU DOS FERROS
CENTRAL DO CIDADÃO – Rua Carloto Távora, 877, São Benedito, Pau dos Ferros

Portal da Tropical

Foto: Cedida/O Câmera

Um vigilante, de 31 anos, foi preso em flagrante após matar a tiros um cachorro na cidade de Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (16), e o homem teria atentado contra a vida do cachorro após um susposto ataque do animal a esposa dele.

Segundo informações da Polícia Civil, o vigilante teria comunicado aos agentes que o cachorro, da raça American Bully, teria invadido a residência e derrubado a esposa dele, que está grávida. Em seguida, o animal teria entrado em um quarto da casa e revirado diversos objetos.

Vizinhos que acompanhavam a situação acionaram o Corpo de Bombeiros para conter o cachorro. Devido ao susto, a mulher foi socorrida por amigos.

No momento do ataque do animal, o vigilante não estava em casa, todavia, ao retornar e tomar conhecimento da situação, teria sacado uma arma de fogo e disparado diversas vezes contra o cachorro imobilizado.

Após o ato, o homem foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Plantão de Mossoró.

Portal da Tropical

Parece que o clima na prefeitura atingiu uma temperatura insuportável ao ponto da mãe do vice-prefeito Netinho França ser exonerada do cargo. Há meses o nosso site vem anunciando que a secretária estaria sendo boicotada por todos os lados. A Mãe de Netinho não teria poder de decisão dentro da secretaria, além disso, existia uma disputa de poder entre ela e Cabeleira (Silva Júnior), que era o subsecretário mas se comportaria como se mandasse na secretaria, ou seja, como o secretário.

Com a saída de Maria José, Cabeleira pode vir a ser o novo secretário de Educação. Mais detalhes dessa história maquiavélica você vai  ver no nosso site.

Na ação, o MPRN destaca que nem a Lei das Eleições nem a Lei de Responsabilidade Fiscal impedem a nomeação dos candidatos no segundo semestre. Recomposição do efetivo é necessária para a continuidade do serviço público e conta com previsão no orçamento estadual

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ajuizou uma ação civil pública com pedido de tutela antecipada para determinar que o Estado nomeie todos os candidatos aprovados nas cinco etapas no concurso público para o provimento de vagas dos quadros de delegado, agente e escrivão de Polícia Civil substituto. Essa nomeação deve ser feita no prazo de 30 dias, contado da divulgação do resultado definitivo do curso de formação profissional, previsto para acabar em 31 de agosto deste ano.

De acordo com levantamento da própria Polícia Civil, o déficit de policiais civis no Rio Grande do Norte chega a 75,09% atualmente. Além disso, há 145 policiais civis aptos à aposentadoria voluntária na atualidade, dos quais 29 estão próximos à idade limite de 75 anos, além de outros 155 policiais civis com expectativa de completarem os requisitos para aposentadoria até 2025.

Para o MPRN, a situação já é de quase colapso, na medida em que muitos serviços, notadamente na área plantonista, são disponibilizados apenas mediante a escalação de policiais civis que se voluntariam, em período de folga, para o serviço, em troca do recebimento de diária operacional.

Ainda no documento, o MPRN destaca que o resultado da escassez de efetivo é que a Polícia Civil não cumpre a contento o papel que lhe é constitucionalmente confiado na área de segurança pública, restringindo suas atividades, no mais das vezes, à lavratura de boletins de ocorrência e à formalização de autos de prisão em flagrante, sem, contudo, realizar atividades investigativas e operações de combate à criminalidade no nível exigido pelo atual cenário.

Para ilustrar esse cenário, o MPRN requisitou que a delegada geral de Polícia Civil informasse quantos inquéritos policiais estão em tramitação, aguardando intimações, oitivas, relatório final, diligências complementares ou quaisquer outras providências, independentemente da sua data de instauração ou de estarem dentro ou fora do prazo de conclusão, em cada uma das unidades policiais civis do Estado do Rio Grande do Norte, no momento da respectiva informação. Ao todo, 34 unidades operacionais responderam a requisição, informando a existência de 11.802 inquéritos policiais em aberto, dos quais pelo menos 4.356 dizem respeito a crimes violentos letais intencionais.

O MPRN frisa que a recomposição do efetivo policial civil, longe de ser uma decisão administrativa discricionária, configura medida urgente e imperativa com vistas não apenas de evitar o colapso e viabilizar uma melhor prestação do serviço público, mas também de expandir esse serviço à nova realidade normativa.

Ainda na ação, o MPRN lembra que a Lei das Eleições proíbe que os agentes públicos nomeiem servidores públicos, na circunscrição do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade, e que Lei de Responsabilidade Fiscal estabelece que é nulo de pleno direito “o ato de que resulte aumento da despesa com pessoal nos 180 dias anteriores ao final do mandato do titular de Poder”. Mesmo assim, o MPRN entende que as essas normas não afastam a obrigação de o Estado nomear os candidatos aprovados no concurso público urgentemente.

A Polícia Civil teve o último concurso para o preenchimento dos seus cargos há mais de dez anos, funciona com menos de um quarto do efetivo previsto em lei e convive com a expectativa de sofrer mais desfalques em breve. Para o MPRN, o defasado quadro de policiais civis contribui significativamente para a atual situação de impunidade e insegurança vivenciada pela população potiguar, o que representa grave ofensa ao direito fundamental à segurança pública.

Clique aqui para lera íntegra da ação civil pública

MPRN

Foto: Anastácia Vaz/UFRN

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulgou nesta segunda-feira (16) o edital para ocupação de 297 vagas residuais para o período letivo 2022.2.

As inscrições começam na próxima segunda-feira (23) no site da Comperve, a partir das 8h,e vai até o dia 12 de junho. A taxa de inscrição é de R$ 30.

As vagas residuais são geradas por cancelamentos de curso, segundo regulamento da UFRN.

Para se inscrever, o candidato deve acessar a página da Comperve, na qual estarão disponíveis o Edital e o Formulário de Inscrição. Em seguida, deve preencher integralmente o Formulário de Inscrição de acordo com as instruções.

O próximo passo é imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU) para poder efetuar o pagamento da taxa de inscrição.

As vagas ofertadas são para os cursos nas áreas de Ciências da Vida e da Saúde – Campus Natal, Santa Cruz e Multicampi (Caicó, Currais Novos e Santa Cruz), e de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e de Ciências Exatas e Tecnológicas – para o Campus Natal.

A previsão é que o resultado final seja divulgado no dia 24 de setembro, na página da Comperve.

Quem pode fazer?

O processo seletivo é para candidatos que têm ou tiveram vínculo com curso de graduação em Instituição de Ensino Superior, reconhecido ou autorizado pelo Ministério da Educação (MEC).

Podem participar do processo seletivo para reocupação de vagas residuais os candidatos com vínculo ativo em curso de graduação:

  • na UFRN – em curso distinto daquele que tenha vínculo ativo (atual)
  • em outra Instituição de Ensino Superior – para o mesmo curso daquele que o candidato tem vínculo ativo (vínculo atual)
  • candidatos portadores de diploma de curso de graduação – desde que a inscrição seja para curso distinto do que o candidato tenha concluído

estudantes de graduação da UFRN que tiveram seu curso cancelado – por abandono de curso, por decurso de prazo máximo ou por insuficiência de desempenho acadêmico – nos períodos de 2017.1 a 2021.2.

Seleção

A seleção dos candidatos será realizada em duas etapas:

  • avaliação do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de caráter eliminatório e classificatório, sendo os candidatos classificados de acordo com as notas obtidas no Exame;
  • avaliação institucional e acadêmica, de caráter classificatório, sendo atribuída aos candidatos pontuação, de acordo com uma tabela de pontuação prevista no edital.

G1 RN

O que deveria ser um dia feliz para Anderson Sena Abath foi de despedida e morte, o homem que comemorava 29 anos jamais poderia imaginar que existia uma trama para matá-lo. Por volta das 20h, desta segunda-feira (16), Anderson bebia com amigos na frente de casa, na comunidade Cidade de Deus, em São Gonçalo do Amarante, quando foi surpreendido por quatro atiradores que afetuaram cerca de 20 tiros em direção ao aniversariante.

Os criminosos pouparam as pessoas que estavam com a vítima, o que leva a crer que de fato Anderson era o alvo. Várias cápsulas de pistola calibre 380 foram encontradas em via pública.

De acordo com a Polícia Civil a vítima era usuária de drogas, mas ainda é cedo para apontar uma única linha de investigação. O caso será apurado pela DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa) de São Gonçalo do Amarante.

Portao BO