Informativo Atitude - Credibilidade é o que conta

Foto: Palácio do Planato/Divulgação

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) classificou de “insanidade” o PL Antiaborto por Estupro, que restringe o aborto legal em casos de estupro. O petista se disse pessoalmente contra o aborto, mas afirmou que, como a prática é uma realidade, precisa ser tratada como questão de saúde pública.

Em seu último compromisso na Europa, antes de voltar ao Brasil, neste sábado (15), ele concedeu entrevista a jornalistas na Puglia, no sul da Itália, onde participou da reunião de cúpula do G7.

“Acho uma insanidade alguém querer punir uma mulher com uma pena maior do que a do criminoso que fez o estupro”, disse o presidente. “À distância, não acompanhei os debates intensos no Brasil, mas, quando eu voltar, vou tomar ciência disso. Tenho certeza de que o que tem na lei já garante que a gente haja de forma civilizada para tratar com rigor o estuprador e com respeito a vítima.”

Folha de S. Paulo

A desaprovação ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) registrou o índice de 47% em pesquisa CNN/Atlas divulgada neste sábado, 15. A marca iguala o pior resultado desde o início da gestão do petista, registrado em novembro de 2023. Por outro lado, 51% dos entrevistados dizem aprovar o governo Lula e 2% não souberam responder.

O instituto Atlas Intel ouviu 3.601 pessoas entre os dias 7 e 11 de junho. A margem de erro é de um ponto porcentual e o índice de confiança é de 95%.

O índice de entrevistados que avaliam o governo Lula como “ótimo ou bom” é de 42,6%. A marca está em empate técnico com o número de pesquisados que avaliam a gestão do presidente como “ruim ou péssima”: 42,8%.

São 14,3% os que avaliam o desempenho de Lula como “regular” e 0,3% não soube responder.

Aprovação por opção de voto em 2022

A pesquisa do Atlas Intel também indica que a aprovação ou rejeição ao governo Lula está associada à escolha do entrevistado no segundo turno da eleição presidencial, em 2022.

Entre os que votaram em Lula naquela ocasião, a aprovação vai a 95,4%. Já entre os eleitores do então presidente Jair Bolsonaro (PL), há 96,4% de rejeição ao petista.

Quanto aos que não votaram nem em Lula, nem em Bolsonaro, a aprovação ao presidente supera as menções negativas. É o caso dos entrevistados que votaram nulo ou branco (51,4% a 43,7%) ou não foram votar no segundo turno (53% a 32,3%).

Estadão Conteúdo

Responsabilidade fiscal e controle de gastos, segurança pública e moradia e urbanização de favelas: estas são as três áreas mais mal avaliadas do governo Lula (PT).

Os dados fazem parte de pesquisa do instituto AtlasIntel produzida em parceria com a CNN Brasil e divulgada neste sábado (15).

Somando a porcentagem de brasileiros que apontam áreas de atuação do governo como “ruim” ou péssima”, as três alcançam o mesmo índice: 54%.

Quando separadas em ruim ou péssimo, controle de gastos é mais desaprovada, com 48% de avaliação “péssima”. Segurança pública tem 46% de avaliação péssima, e moradia, 42%.

Áreas do governo, por avaliação:

  • Relações internacionais: ótimo/bom (53%); ruim/péssimo (44%); regular (3%);
  • Investimentos, infraestrutura e obras: ótimo/bom (45%); ruim/péssimo (49%); regular (7%);
  • Redução de pobreza e políticas sociais: ótimo/bom (45%); ruim/péssimo (49%); regular (5%);
  • Turismo, cultura e eventos: ótimo/bom (45%); ruim/péssimo (44%); regular (12%);
  • Direitos humanos e igualdade racial: ótimo/bom (44%); ruim/péssimo (42%); regular (14%);
  • Agricultura: ótimo/bom (44%); ruim/péssimo (48%); regular (8%);
  • Educação: ótimo/bom (42%); ruim/péssimo (49%); regular (10%);
  • Meio ambiente: ótimo/bom (42%); ruim/péssimo (48%); regular (10%);
  • Política industrial e energética: ótimo/bom (41%); ruim/péssimo (45%); regular (14%);
  • Responsabilidade fiscal e controle de gastos: ótimo/bom (39%); ruim/péssimo (54%); regular (8%);
  • Facilidades para negócios/carga tributária: ótimo/bom (38%); ruim/péssimo (50%); regular (13%);
  • Justiça e combate à corrupção: ótimo/bom (37%); ruim/péssimo (52%); regular (12%);
  • Saúde: ótimo/bom (34%); ruim/péssimo (46%); regular (20%);
  • Moradia e urbanização de favelas: ótimo/bom (32%); ruim/péssimo (54%); regular (15%);
  • Transportes, estradas e aeroportos: ótimo/bom (29%); ruim/péssimo (46%); regular (26%);
  • Segurança pública: ótimo/bom (27%); ruim/péssimo (54%); regular (20%).

Na outra ponta, a área de relações internacionais é a mais bem avaliada do governo: somando avaliações como “ótima” ou “boa”, chega-se a um indicador de 53%.

Nenhuma outra área alcança uma porcentagem de 51% ou mais de avaliações como “ótima” ou “boa”;

Já no outro lado da balança, a soma de avaliações negativas também alcança ou supera os 51% na área de justiça e combate à corrupção (52%).

A AtlasIntel ouviu 3.601 brasileiros entre os dias 7 e 11 de junho. A pesquisa tem margem de erro de um ponto percentual para mais ou para menos e nível de confiança de 95%.

*A soma de algumas porcentagens pode dar um valor diferente de 100% – 99% ou 101% – devido ao arredondamento dos números, sem comprometer a qualidade dos dados.

CNN Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, não está enfraquecido, apesar da devolução pelo Congresso de parte da Medida Provisória que criava restrições para o uso de créditos do PIS e do Cofins e da resistência de vários setores aos seus esforços de manter a disciplina fiscal do governo.

“O Haddad, ele jamais ficará enfraquecido enquanto eu for presidente da República. Porque ele é o meu ministro da Fazenda, escolhido por mim e mantido por mim”, disse o presidente numa entrevista na região de Puglia, no sul da Itália.

Lula, que foi à Europa para participar de conversas após a cúpula do G7, respondia a uma pergunta da CNN sobre a percepção de que o ministro da Fazenda estava ficando isolado na briga por manter a meta de déficit fiscal zero e sobre a possibilidade de o governo fazer cortes em suas despesas para atingir esse objetivo.

O presidente afirmou que “tudo aquilo que a gente (o governo) detectar que é gasto desnecessário, você não tem que fazer. Você não tem que fazer”, garantiu.

Apresentada na semana passada pelo Ministério da Fazenda, a Medida Provisória do PIS/Cofins visa compensar a desoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia e de municípios.

A medida provisória propõe que créditos tributários e de contribuição da seguridade social sejam utilizados para tanto, reduzindo seu uso, por parte de setores econômicos, para pagamentos que não o do PIS e do Cofins.

A medida provocou reações de setores econômicos, que acusaram o governo de falta de diálogo, despreocupação com redução de despesas e aumento da insegurança jurídica.

A devolução de parte da MP pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, foi considerada uma derrota de Haddad na sua busca pela estabilidade fiscal.

 CNN Brasil

 

 

Um dono de loja de celulares reagiu a um assalto, disparando cinco tiros contra o criminoso, que estava armado e foi internado em estado grave. O incidente ocorreu na tarde de quinta-feira (13), às 14h35, em Ponta Grossa, Paraná.

As câmeras de segurança registraram o momento em que o suspeito entra na loja, no bairro Uvaranas, usando um capacete e anunciando o assalto, enquanto saca uma arma. Ele se aproxima da esposa do empresário, que trabalha no local. O empresário, atrás do balcão, também saca uma arma e atira contra o suspeito.

O delegado Lucas Andraus informou que o irmão do empresário chamou a PM e o Siate logo após o ocorrido. O suspeito, de 23 anos, foi levado em estado grave ao Hospital Universitário da UEPG. Na sexta-feira (14), ele estava estável, sob escolta policial, e será encaminhado à Cadeia Pública de Ponta Grossa após a alta.

Fonte: Portal Grande Ponto

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em uma manobra para abrir espaço no orçamento de 2024, o governo alterou dados da Previdência Social para reduzir em R$ 12,5 bilhões as despesas com benefícios este ano, dias antes da divulgação do segundo relatório bimestral de avaliação de despesas.

O número está em notas técnicas obtidas pela Folha de S.Paulo, as quais a CNN também teve acesso.

No dia 15 de maio, a coordenação de Orçamento e Finanças do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) emitiu uma nota técnica dizendo que a despesa com benefícios vai atingir R$ 912,3 bilhões em 2024.

O valor considera um crescimento vegetativo mensal de 0,64% e a execução dos gastos até abril deste ano.

CNN Brasil

A Polícia Civil prenderam um homem de 32 anos, suspeito de ter praticado o homicídio de Irimar Batista da Silva, conhecido como “Galeguinho”, de 36 anos. O crime aconteceu em abril deste ano. A prisão foi destaque de forma jornalística no programa Rádio Patrulha – assista no link acima.

A prisão ocorreu hoje (13), na cidade de Campina Grande, no Estado da Paraíba. De acordo com a investigação, o detido e a vítima eram amigos e passaram a madrugada do dia 03/04/2024 bebendo juntos em uma conveniência localizada às margens da BR-406, em Ceará-Mirim.

Em um determinado momento da noite, ambos se desentenderam e começaram a discutir. O suposto autor foi para casa, pegou uma arma de fogo e retornou à conveniência, de carro, onde estava bebendo com Irimar, momento em que disparou quatro vezes contra a vítima, a qual, atingida no coração, faleceu no local.

Além do mandado de prisão preventiva expedido pela 3ª Vara da Comarca de Ceará-Mirim pelo crime, o detido possuía contra si, desde o ano de 2021, um mandado de prisão definitiva, expedido pela Vara de Execução Penal de Campina Grande/PB. Na ocasião, o foragido também foi preso em flagrante, pois foi encontrado em sua residência uma pistola Taurus 380, calibre semelhante ao que foi utilizado para matar Irimar, e substância entorpecente (maconha).

O veículo utilizado para o crime que vitimou Irimar (Hyundai IX 35) também foi apreendido em Campina Grande/PB. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Foto: Mauro Pimentel/AFP

O governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está avaliando o risco de se posicionar contrariamente ao projeto de lei antiaborto que tramita na Câmara dos Deputados, considerando que sua aprovação é tida como quase certa.

A preocupação é que a posição contrária e uma consequente nova derrota em um tema considerado sensível acabe desgastando a imagem do governo perante a opinião pública e no próprio Congresso Nacional, afetando o apoio para os temas prioritários do Palácio do Planalto —notadamente a pauta econômica.

Nas últimas semanas, o governo sofreu uma série de reveses em votações no Congresso, desde a sessão que analisou vetos presidenciais do petista até a devolução da medida provisória que restringia o uso de créditos tributários por parte de empresas.

Folha de S. Paulo

Um total de 6.375 pessoas se inscreveu no concurso para a Guarda Civil Municipal (GCM) de Macaíba, conforme a lista de inscrições homologadas, informada pela Idecan, banca responsável pela organização. Estão sendo ofertadas 50 vagas para preenchimento imediato após a conclusão de todas as fases do certame e mais 150 vagas para cadastro de reserva, totalizando 200 vagas. As inscrições tiveram início em 23 de fevereiro, com prazo de término para 8 de abril, porém foram prorrogadas até o dia 15 de abril.

A prova objetiva está prevista para ocorrer no próximo dia 26 de maio, das 14h às 18h, conforme horário de Brasília. As informações referentes aos locais para aplicação das provas deverão ser acompanhadas pelo candidato por meio de um anexo a ser divulgado em tempo oportuno no site da empresa Idecan. O caderno dessa prova deverá conter questões de conhecimentos gerais (português, matemática e informática) e conhecimentos específicos (direito penal, direito processual e legislação de trânsito).

As demais fases correspondem à aplicação de teste de aptidão física, à avaliação psicológica, à avaliação de saúde, à investigação social e ao curso de formação. É de inteira responsabilidade dos candidatos o acompanhamento das publicações acerca das informações sobre o decorrer do concurso. A remuneração para o exercício do cargo de GCM em Macaíba será de R$ 1.500, acrescida de gratificações específicas aplicadas a essa categoria profissional.

A Guarda Municipal de Macaíba foi criada pelo prefeito Emídio Jr. por meio da Lei Complementar nº 008/2022, e quando for implantada funcionará ininterruptamente e desempenhará a função de vigilância e fiscalização ostensiva de caráter preventiva, zelando pelo respeito à Constituição, às leis e à proteção do patrimônio público em âmbito municipal.

Ter uma guarda municipal era uma constante reivindicação da população de Macaíba. Uma solicitação que a atual gestão da Prefeitura buscou concretizar, somando-se aos esforços para também construir uma das mais modernas centrais de videomonitoramento do Estado, o COISP – Centro de Operações Integradas da Segurança Pública, que está em fase de conclusão.

SOLIDARIEDADE

Antes de iniciarmos, quero aqui me solidarizar ao meu amigo Mário, que sofreu ameaças em um assalto e teve seu carro roubado, mas que graças a Deus logo apareceu. Também ao vice-prefeito, que apesar de não ter sofrido diretamente, ficou abalado, até pelo trauma de ter passado por essa mesma situação a um tempo atrás. Qualquer espécie de violência é abominável e deve ser condenada.

ESPECULAÇÕES

Algumas pessoas tentaram ainda especular ou tirar proveito político de um assunto tão sério. Muitas especulações surgiram, mas quando perceberam que o negócio estava ficando feio, deram uma debreada grande.

O VOO DA GARÇA

No domingo eu estava fazendo algumas atividades no centro da cidade quando me deparo com a mãe de Manoelzinho dizendo que tinha visto Dejackson passando correndo sem camisa e mancando, outra pessoa disse que viu apenas um vulto branco passando indo de encontro a uma viatura da PM. Eu corri para casa do Deja, pois pensei que havia acontecido alguma coisa com a família dele, foi quando sua esposa me falou do ocorrido na casa de Netinho. O feito heróico do Blogueiro da Macaíba em Foco foi batizado pelo nosso site como o Voo da Garça.

DEU ÁGUA NO CHOPP, JOTA

O evento promovido pelo empresário J. Júnior deu água e acendeu o alerta de muitos observadores, que passaram a questionar o futuro político do empresário, pois o lançamento das pré-candidaturas mostra não só o poder de mobilização do pré-candidato, como também mostra a sua força na corrida eleitoral em busca de uma vaga no legislativo municipal.

FORA DA LISTA

Após a reunião, Jota ficou fora de várias listas de apostas, pois as reuniões são como termômetro, que medem a força de cada pré-candidato a vereador, quanto mais gente o pré-candidato mobiliza, mais cresce o seu nome na bolsa de apostas dos eleitos e dos não eleitos.

EM TODAS AS LISTAS

Enquanto alguns caem na cotação, outros surpreendem, como é o caso de Edi do Posto da Maré. O danado hoje está em todas as listas de apostas como eleito. O Pequeno Grande Homem conseguiu um feito que somente Érika Emídio, Taffarel, Aroldo da Saúde e o Iluminado conseguiram – estar como eleito em todas as bolsas de apostas que circulam na cidade.

NÃO BRINCA EM SERVIÇO

Essa semana fiz uma ligação para Buda, tivemos uma conversa rápida, pois o danado estava saindo de Eldorado dos Carajás e correndo para uma outra reunião no interior, a noite ainda Buda estava fechando com uma outra liderança no centro da cidade. Sem falar que no dia anterior ele e sua esposa visitaram várias localidades no interior da cidade. Buda está mostrando que não brinca em serviço e que a eleição de sua esposa é uma prioridade.

SÓ COMEÇO A CONTAR DEPOIS DE 2

Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira dia 12, tomando meu café em Belchior, fui questionado por um cidadão em tom de ironia sobre quantos mil votos eu esperava ter no pleito deste ano, eu sorrir e disse: só vou contar depois dos dois, ele olhou para mim rindo e disse: dois mil?, eu respondi: não, dos dois primeiros votos que é o meu e o de Dr. João, depois daí o que vier é lucro. Eu saí rindo e deixei ele com a cara mexendo.

FORÇA E PRESTÍGIO

Igor Targino trouxe o Senador Rogério Marinho,  o Deputado Kléber Rodrigues, além do Prefeito Emídio Jr e Raquel Rodrigues que acompanharam à cavalo toda a cavalgada da paz 2024. Para alguns observadores, o Vereador é muito habilidoso e goza de credibilidade perante a todos, não é a toa que Igor entrou na política há pouco tempo e já conquistou 2 mandatos de vereador, nesse período foi presidente da CCJ, Líder de Bancada, atualmente é Diretor da Escola do Legislativo e Líder do Prefeito Bob Filho  (Emídio Júnior) na Câmara, sem contar que surpreendeu a todos nas eleições de 2022, quando foi indicado Suplente de Senador na chapa do então Ministro Rogério Marinho, hoje Senador da República, tendo o Jovem Macaibense Suplente. Quem esteve na Cavalgada viu o carinho do povo presente com Igor, além da sua calorosa recepção em sua residência.