policia Arquivo

Foto: Claudio Andrade/Câmara dos Deputados

Foi lançada ontem na Câmara dos Deputados a Frente Parlamentar Mista de Enfrentamento à Violência nas Escolas. O novo grupo, que será coordenado pela deputada Rejane Dias (PT-PI), assume a missão de debater e acelerar projetos que possam combater a violência no ambiente escolar.

“Está entre nós os desafios mais importantes a serem atacados. Desde criança se aprende que violência se responde com mais violência. E assim a justiça ganha tons de vingança. É preciso atacar pela raiz o ciclo de ódio que leva à agressão”, afirmou Rejane Dias, acrescentando que a frente parlamentar assume a missão de ser um canal de diálogo entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Presente na solenidade, o governador do Piauí Wellington Dias (PT) destacou a necessidade de integrar a escola, a família e a comunidade no combate à violência nas escolas. “Precisamos ampliar essa integração com a família, esse elo da escola com a rede de proteção à criança e ao adolescente.”

Representante do Conselho Federal de Psicologia, Marilene Proença Rebello, defendeu a aprovação do projeto de lei que prevê que todas as escolas tenham psicólogos e assistentes sociais (PL 3688/00). A proposta, que já foi aprovada pelo Senado, está pronta para ser votada pelo Plenário da Câmara. “Há mais de cinco anos esse projeto está pronto para ser votado no Plenário, por isso pedimos a essa frente que ajude a acelerar a apreciação dessa proposta”, sugeriu.

Agência Câmara Notícias

Foto: Divulgação/PC-RN

Policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) deram cumprimento, na manhã desta quarta-feira (15), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Brena Katuana da Silva, 32 anos. Ela é apontada como autora intelectual do crime que vitimou o ex-companheiro Marcos Antônio Braga Ponte, 60 anos, funcionário da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). A prisão aconteceu no bairro da Ribeira, Zona Leste de Natal.

Segundo as investigações da DHPP o assassinato do empresário foi planejado pela ex-companheira dele, Brena Katuana, com apoio de Ivan Vicente Ferreira Junior, 32 anos, conhecido como “Junior Cabeça”. Ela mantinha um relacionamento amoroso secreto com Ivan Vicente e decidiram matar a vítima com o propósito de se apropriar do patrimônio de Marcos Antônio.

O crime ocorreu no dia 21 de setembro de 2018, quando Marcos Antônio Braga foi sequestrado na saída de um bar localizado à Avenida Alexandrino de Alencar, bairro do Alecrim, Natal. Minutos depois, a vítima foi executada com diversos disparos de arma de fogo, na Rua São José, uma estrada de terra, na zona rural do distrito de Mangabeira, em Macaíba.

Marcos Antônio foi executado por Ivan Vicente, que é suspeito de ser traficante de drogas, com atuação na comunidade do Japão, Zona Oeste de Natal. A execução da vítima teria contado com a colaboração de outros coautores, moradores do bairro das Quintas, região onde Ivan Junior atua diretamente na atividade de tráfico de drogas.

Até o momento, foram presos na Operação “Aleivosia”, sinônimo de traição e deslealdade, Ivan Vicente Ferreira Junior, 32 anos, vulgo “Junior Cabeça”, Tomás Jorge da Silva Emiliano, José Weverton dos Santos Bento, conhecido como “Tonca” e Brena Katuana.

PC/ASSECOM

Foto: Divulgação/PRF

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam hoje (8) nove fuzis automáticos que seriam entregues na favela da Rocinha, na zona sul do Rio. O armamento estava escondido em um fundo falso de um carro particular. A prisão ocorreu na Rodovia Rio-Santos (BR-101), em Paraty, na Costa Verde fluminense.

Ao ser abordado, o motorista disse que era “fã” do trabalho da polícia e que poderiam revistar o veículo sem problema, mas, durante a fiscalização, começou a ficar nervoso e entrou em contradição em suas declarações. O suspeito levava no veículo materiais de uma empresa de telefonia, onde disse trabalhar. Ao perceber que os policiais fariam uma revista mais detalhada, começou a dizer que perderia o dia de trabalho e precisava seguir viagem.

Na lataria do carro, os agentes da PRF localizaram um fundo falso. Os policiais conseguiram abrir o compartimento com o auxílio de ferramentas. Diversas peças das armas estavam embaladas em material plástico. O armamento estava desmontado para facilitar a ocultação.

Havia nove fuzis AK-47, além dos carregadores. O motorista, para disfarçar na hora abordagem, chegou a fazer selfies com os policiais rodoviários federais.

O homem foi levado à Superintendência da Polícia Federal, na Praça Mauá, no Rio, onde foi autuado por tráfico de armas. De lá, foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça Federal, aguardando julgamento.

Agência Brasil

O diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Adriano Furtado, apresentou balanço da primeira fase da Operação Lábaro. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Em apenas um mês e meio, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve 2.924 pessoas e fiscalizou mais de 666 mil veículos no âmbito da Operação Lábaro. Deflagrada em 14 de março, a ação é um esforço concentrado para tentar reduzir a criminalidade transfronteiriça e a violência no trânsito.

Quinhentos agentes da PRF atuam, simultaneamente, conforme escala de trabalho, nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal.

De acordo com balanço atualizado hoje (2), foram apreendidas armas, munições, 18 toneladas de maconha, duas toneladas de cocaína e 10,7 milhões maços de cigarro contrabandeado. Além disso, 611 veículos furtados foram recuperados durante blitz nas estradas.

Segundo o diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, a iniciativa permite a mobilização de 500 agentes para atuar prioritariamente nas ações definidas com o auxílio de órgãos de inteligência para enfrentar o crime, incluindo o transfronteiriço, e ampliar a segurança viária.

Prevista para ser encerrada no dia 31 de dezembro, a operação pode ser estendida após avaliação dos resultados.

“Após a convocação desses 500 servidores, nós trabalhamos com o nivelamento de todos, [para prepará-los] para a atuação [conjunta] que será realizada. Isto traz um ganho de capacitação dos policiais rodoviários federais, que passam a atuar em uma ação previamente planejada entre as áreas de operações e de inteligência, respeitando as peculiaridades de cada região do país”, acrescentou Furtado, informando que, este ano, 703 agentes rodoviários já receberam treinamento específico.

Agência Brasil

Foto: Divulgação/PC-RN

Policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP) localizaram e prenderam, nesta segunda-feira (29), Francisco Pinheiro da Silva, conhecido como “Bisteca”, de 42 anos. Francisco foi preso em Guarapes II, município de Macaíba, em cumprimento a um mandado de prisão pelo crime de homicídio, expedido pela 17ª Vara Criminal da Comarca de Natal. O homem, que se encontrava foragido, foi encaminhado à DECAP e ficará à disposição da Justiça.

 A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

PC/ASSECOM

Foto: Reprodução

Uma adolescente de 14 anos foi presa na quinta-feira (25) após vídeo flagrar ela oferecendo um cigarro de maconha para um bebê de apenas um ano. O caso ocorreu em São Paulo.

As imagens foram feitas pela estudante Maydlla Façanha e chegaram à polícia via redes sociais. Nelas, é possível ver a adolescente detida fumando o cigarro e, em seguida, oferecendo para o bebê, chamado Miguel e de apenas 1 ano.

“Oh, fuma aqui… Miguel, você está babando no ‘beck’ todo, Miguel… Mais, mais, mais:, diz a menina enquanto oferece para a criança, que terminou engolindo a fumaça em duas oportunidades.

O vídeo foi gravado na casa da mãe da criança, Luana Cardoso da Silva, de 22 anos. Ela é mãe, além de Miguel, de Vitória, de 4 anos, que também aparece no vídeo, mas se recusou a fumar.

Ao chegar na residência, na zona leste de São Paulo, a polícia ainda encontrou cinquenta pacotes de maconha dentro de um dos armários. Presa por tráfico de drogas, Luana se negou a responder as questões dos agentes sobre a droga.

Luana, no entanto, confirmou que estava presente no dia da filmagem, mas negou que tenha dado qualquer incentivo à jovem de 14 anos.

Yahoo Notícias

Foto: Divulgação PC/RN

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, na manhã desta terça-feira (23), Paulo César André da Silva, 49 anos. A prisão se deu em cumprimento a um mandado expedido pela 3ª Vara da Comarca de Assú, em razão de sentença penal condenatória pelo crime de roubo, praticado no município de Assú. Paulo César foi encaminhado ao sistema prisional e ficará à disposição do Poder Judiciário para o cumprimento da sua pena.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Informações da PC/ASSECOM

Foto: Divulgação PC/RN

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam Darlan Jeivison Felix Guedes, 21 anos, nesta segunda-feira (22). Ele foi detido em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 2ª Vara da Comarca de Macaíba, em razão de sentença penal condenatória pelo crime de tráfico de drogas. Contra Darlan Jeivison, também existem outros procedimentos investigativos da Polícia Civil em andamento.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Informações da PC/ASSECOM

Foto: Divulgação/Polícia Civil/RN

Policiais civis da delegacia de Ceará-Mirim cumpriram, na tarde desta sexta-feira (16), um mandado de prisão em desfavor de Elisandro Martins de Lima “Bila”, de 32 anos, suspeito de praticar crime de estupro. Ele será encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

PC/ASSECOM

Um carro foi roubado a pouco instantes (nesta terça-feira, 16) próximo ao posto de saúde de Mangabeira, zona rural de Macaíba.

Segundo informações repassadas ao site, o proprietário vinha de Natal e parou perto da unidade, quando foi surpreendido por três meliantes armados, que anunciaram o assalto e levaram o carro modelo HB20 de cor branca e placas: QGV-1699.

Senadinho Macaíba

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Ministério da Justiça e Segurança Pública publicou no Diário Oficial da União, na sexta-feira (12), uma portaria que institui um grupo de trabalho para estudar a viabilidade de usar uma tecnologia de rastreamento para detecção de motoristas dirigindo sob efeito de substâncias psicoativas.

Essa tecnologia é bem parecida ao bafômetro, que detecta o teor de álcool no organismo. O aparelho terá a capacidade de identificar, em cinco minutos, a presença de substâncias como a maconha, a cocaína e anfetaminas a partir de amostras de saliva de motoristas.

A portaria prevê que os seus integrantes terão um prazo de um ano para conclusão das atividades e, em seguida, terão que apresentar um relatório ao secretário Nacional de Políticas sobre Drogas.

Agência do Rádio Brasileiro

Foto: Divulgação

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, na manhã desta quinta-feira (11), Walmir Leite Chagas, na zona rural de Macaíba. Ele estava foragido do Sistema Penitenciário do Estado do Rio de Janeiro desde 2010, onde cumpria pena pelo crime de homicídio.

 Segundo as investigações, Walmir estava morando no povoado de Cajazeiras, em Macaíba. Diante da captura, a Polícia Civil do Rio Grande do Norte informará o Estado do RJ sobre a prisão. Walmir permanecerá preso, à disposição da Justiça.

 A Polícia Civil pede o apoio da população para que repassem informações de forma anônima através do Disque Denúncia, número 181.

PC/ASSECOM

Os dados estatísticos divulgados pela Secretaria do Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), nesta quinta-feira (11), apontam uma redução no número de homicídios nos primeiros 100 dias de 2019, em relação ao mesmo período em 2018.

Com base em números fornecidos pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (Coine), foram registradas 420 Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLIs), nos primeiros 100 dias deste ano, o que representa 203 vidas humanas poupadas em relação ao mesmo período no ano anterior, quando foram registrados 623, o que resultou uma diminuição em 33%.

De acordo com o Secretário da Sesed, Coronel Francisco Araújo, a diminuição dos números é reflexo do trabalho em conjunto entre as forças de Segurança. “A redução das CVLIs deve-se ao maior controle no sistema prisional, ao planejamento de ações policiais de forma integrada, a abnegação dos agentes de segurança pública e o incontestável apoio do Governo do Estado”, afirmou.

Informações da SESED/ASSECOM

Foto: Divulgação

Pai e filho presos em Parnamirim por integrar grupo que fraudava documentos no Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

Segundo a polícia, pai e filho são suspeitos de integrar um esquema criminoso especializado em falsificação de documentos e fraudes com o uso das identidades e CPFs adulterados foram presos durante uma operação deflagrada pela Polícia Federal de Pernambuco na cidade de Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal.

Manoel Antônio da Costa Neto, de 47 anos, e Breno Marcílio Gonçalves da Costa, de 27, os dois foram encontrados em um condomínio de luxo do município. Além de documentos que provam as fraudes cometidas por eles, a equipe envolvida na ação também apreendeu dois veículos, um deles importado.

Na Ficha da Polícia RN

Por volta das 20 horas desta terça-feira (09/04), uma motocicleta foi tomada de assalto na rotatória do Vilar, em Macaíba.

De acordo com informações do site Connecttv, a dupla criminosa estava armada e, em uma outra moto, quando surpreendeu a vítima.

Ainda de acordo com informações que circulam nas redes sociais da cidade, a placa do veículo é OWA-7234.

Foto: Reprodução/TV Globo

Ao menos 10 assaltantes armados foram mortos em troca de tiros com a polícia, na madrugada desta quinta-feira (4), após explodirem caixas eletrônicos de duas agências bancárias em Guararema, na Grande São Paulo.

A PM (Poícia Militar) estima que cerca de 25 assaltantes participaram da ação, que classificou como “ação de guerra”. Na fuga, uma família – um casal e uma criança – residente em um sítio foi feita refém. O suspeito foi baleado quando tentava deixar a casa. Nenhum refém ficou ferido.

Parte da quadrilha que conseguiu escapar ainda é procurada por militares da Rota (Ronda Ostensivas Tobias Aguiar) nas matas que cercam a cidade de 28 mil habitantes, localizada a 80 km de São Paulo.

Os criminosos usaram cinco carros para a fuga após assaltarem agências do Banco do Brasil, que fica ao lado da delegacia da cidade, e do Santander. De acordo com a polícia, os veículos utilizados pelos assaltantes eram blindados.

Yahoo Notícias

Policiais da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) conseguiram recuperar um veículo tomado de assalto durante a vaquejada de Macaíba, realizada no final de semana. Os ocupantes do automóvel modelo Chevrolet Spin se depararam com a blitz da Lei Seca momentos após efetuar o roubo.

De acordo com informações repassadas pelo coordenador da Operação Lei Seca, capitão Isaac Paiva, os suspeitos do roubo foram surpreendidos pela fiscalização que estava ocorrendo nos arredores do pátio de vaquejada de Macaíba. Houve tentativa de se evadir do local e perseguição. “Ao ser dada ordem de parada, o veículo com três elementos não identificados saíram em fuga em alta velocidade, em direção a Natal. Nossos policiais realizaram o acompanhamento tático na tentativa de conter os meliantes e em um dado momento o veículo em fuga bateu no meio fio e na nossa viatura, perdendo o controle pouco depois e parando numa região de mata densa”, contou o capitão.

Os suspeitos conseguiram sair do automóvel roubado e empreenderam fuga dentro da mata. Os policiais da Lei Seca ainda tentaram perseguir os homens no meio da mata, porém a escuridão contribuiu para que os bandidos obtivessem êxito na fuga. “Entretanto, o veículo foi recuperado e o proprietário contatado. Dentro do carro foram encontrados celular, pé-de-cabra e uma máscara, que provavelmente eram usados para cometimento de crimes de arrombamento”, explicou o coordenador da Lei Seca.

Durante as blitzen realizadas em Macaíba foram ainda fiscalizados 286 motoristas, sendo que em 33 condutores foi constatada a infração de dirigir veículo automotor sob influência de álcool. Também foram registrados 18 autos de infração por motivos diversos.

Informações e foto do Portal do Detran/RN

A Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró e a Divisão de Polícia do Oeste (Divipoe) incineraram aproximadamente 250 quilos de drogas entre maconha, crack e cocaína, na tarde desta sexta-feira (29), em Mossoró. “A droga incinerada é fruto de apreensões que foram realizadas no ano passado pelas equipes da Denarc de Mossoró, Divipoe, Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA) de Mossoró e pela equipe da Delegacia de Assú”, afirmou o delegado da Divipoe, Luiz Fernando.

A queima das drogas foi realizada em uma fábrica de beneficiamento de castanha, localizada na BR 304. Estiveram presentes na ação, o delegado da Divipoe Luiz Fernando, o delegado da Denarc, Alex Freire, Otávio Domingos, perito criminal do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN),representantes da Vigilância Sanitária e do Ministério Público.

PC/ASSECOM

Brasília – Polícia Civil do DF cumpre 28 mandados de prisão e 35 de busca e apreensão como parte da operação “Delivery”, contra o tráfico de drogas durante o carnaval no Distrito Federal. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Polícias civis de 26 estados e do Distrito Federal deflagraram hoje (28) a Operação Luz na Infância 4. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a meta é identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.

Por meio de nota, o ministério informou que estão sendo cumpridos 266 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados aos crimes de exploração sexual.

Em vários locais, estão sendo efetuadas prisões em flagrante pelo armazenamento de conteúdo ilícito. Mais de 1.500 policiais foram mobilizados.

Os alvos foram identificados pela equipe do Laboratório de Inteligência Cibernética da Secretaria de Operações Integradas, com base em informações coletadas em ambiente digital.

“O conteúdo com indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva foi repassado às polícias civis – em especial, delegacias de proteção à criança e ao adolescente e de repressão a crimes informáticos. Por sua vez, as delegacias instauraram inquéritos policiais e solicitaram ao Poder Judiciário a expedição dos mandados de busca e apreensão”, informou o Ministério da Justiça.

Estados Unidos colaboram com operação

A ação é decorrente de cooperação mútua entre a diretoria de Inteligência e a diretoria de Operações, ambas vinculadas à secretaria. Houve também colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega, em Brasília, que ofereceu cursos e capacitações que subsidiaram as quatro fases da operação.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o secretário de Operações Integradas, Rosalvo Ferreira Franco, o diretor de Operações, Cesar Augusto Martinez, e o coordenador do Laboratório de Inteligência Cibernética, delegado Alesandro Barreto, concedem entrevista coletiva sobre a operação hoje às 11h, em Brasília.

A pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de um a quatro anos de prisão, de três a seis anos de prisão por compartilhar, e de quatro a oito anos de prisão por produzir conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual.

A Operação Luz na Infância 4 cumpre 87 mandados de busca e apreensão no estado de São Paulo. A ação é contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes na internet.

Na terceira fase da operação, a investigação apontou alvos internacionais com ajuda de autoridades da Argentina. Desde outubro de 2017, foram cumpridos 157 mandados e presos 112 abusadores.

Na segunda edição, em maio de 2018, houve cumprimento de 579 mandados de busca, resultando na prisão de 251 pessoas.