policia Arquivo

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um fato de extrema barbárie foi registrado na Itália nesta quarta-feira (20/03), onde um motorista de ônibus tocou fogo no veículo que levava 51 crianças em excursão. O fato é tratado como terrorismo pelas autoridades locais.

O criminoso foi identificado como Ousseynou Sy e é oriundo do Senegal, sendo preso pela polícia. Apesar da barbaridade, nenhuma das crianças saiu gravemente ferida. Já o ônibus ficou totalmente carbonizado.

O homem chegou a postar um vídeo no Youtube explicando sua ação, alegando que seria um “protesto contra o tratamento dados aos imigrantes”.

Informações do site Italianismo

Foto: Carl de Souza/ AFP

Uma semana após as prisões do ex-PM reformado Rennan Lessa e do ex-PM  Élcio Queiroz, acusados pela Polícia Civil e Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPERJ) de executarem Marielle Franco e Anderson Gomes, trechos do inquérito da Polícia Federal (PF) que se debruça sobre a obstrução nas investigações do caso apontam o ex-deputado estadual Domingos Brazão como um dos possíveis “mandantes do assassinato”.

A informação foi revelada pelo portal UOL. Segundo a reportagem, duas fontes que são ligadas ao caso confirmaram que esta é uma das linhas de apuração que constam no inquérito da Delegacia de Homicídios da Capital (DH).

Brazão integrou o MDB e foi conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro (TCE-RJ). O ex-deputado foi afastado em 2017 da sua função de conselheiro após a denúncia de recebimento de propinas para não fiscalizarem obras. A Operação “Quinto do Ouro”, deflagrada pela Polícia Federal (PF) que resultou na prisão temporária de Brazão e outros  cinco conselheiros do TCE também teve como alvo o então presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani (MDB), que está em prisão domiciliar desde março do ano passado após uma investigação que atrelou o ex-deputado, líder do clã Picciani, à máfia dos transportes no Rio.

O nome de Brazão já havia surgido anteriormente no Caso Marielle. O ex-deputado teria ligações com o delegado federal, Hélio Khristian, que apresentou o policial militar, Rodrigo Ferreira, conhecido como “Ferreirinha”, como a testemunha que, em maio de 2018, apontou o vereador Marcello Siciliano (PHS) e o miliciano Orlando de Curicica como mandantes do crime.  O PM procurou, espontaneamente, o delegado da Polícia Federal para contar que ouviu uma conversa entre Curicica e Siciliano, num restaurante no Recreio dos Bandeirantes, em junho de 2017, em que Marielle foi citada. De acordo com reportagem do UOL, Brazão e Siciliano teriam uma disputa territorial por votos numa área dominada pela milícia  na zona oeste do Rio o que teria motivado a acusação contra o vereador.

O conselheiro afastado do TCE – RJ também foi citado na CPI das Milícias em 2008. Marcelo Freixo (PSOL), à época deputado estadual no Rio de Janeiro, presidiu a Comissão que em seu relatório final pediu o indiciamento de 225 políticos, policiais, agentes penitenciários, bombeiros e civis.

Brasil de Fato

Matéria completa aqui: https://www.brasildefato.com.br/2019/03/20/ex-deputado-do-rio-e-apontado-como-possivel-mandante-do-assassinato-de-marielle/

Imagem: PM/RN – Divulgação

PM/ASSECOM – Na tarde desta quarta-feira (20), policiais militares do Complexo Tático Operacional (CTO) deflagraram a “Operação CTO” e apreenderam grande quantidade de drogas e dinheiro com seis indivíduos suspeitos na zona Norte de Natal.

A operação, que contou com policiais da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM) e do Batalhão de Polícia de Choque (BPCHOQUE), aconteceu no Loteamento José Sarney, onde apreenderam mais de 70 quilos de drogas, muito dinheiro fracionado, balanças de precisão, sacos utilizados para embalar drogas, dentre outros matérias.

Seis indivíduos suspeitos foram detidos e conduzidos à Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC).

Marcondes Gomes da Silva, pedreiro acusado de matar e enterrar a estudante Iasmin Lorena Pereira de Melo, de 12 anos, em março do ano passado, teve sua audiência de instrução e julgamento antecipada do dia 15 de maio para 24 de abril.

A audiência será realizada no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, na zona Sul de Natal. Será de competência do juiz Geomar Brito, da 2ª Vara Criminal de Natal, absolver ou sentenciar o acusado a júri popular.

Relembre o caso

Iasmin foi vista pela última vez com vida no dia 25 de março de 2018. Seu corpo só foi encontrado um mês depois, enterrado no terreno de uma casa em construção na comunidade da África, na Redinha.

Inquérito policial descobriu que o pedreiro Marcondes Silva havia estrangulado a menina com um cabo de aço de bicicleta após ela se recusar a ter relações sexuais com ele. O acusado confessou o crime. Ele foi mantido por alguns meses na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, mas acabou transferido para a Penitenciária Estadual de Parnamirim, em setembro de 2018.

Agora RN

PC/ASSECOM – As Delegacias Especializadas em Defesa da Mulher (DEAMs) de Natal (Zona Sul e Zona Norte) e Parnamirim estão lançando, nesta sexta-feira (08), a cartilha da DEAM. O material que pode ser baixado, pelo site oficial da Polícia Civil, contém informações úteis no que se refere à violência doméstica e ao trabalho realizado pelas Delegacias Especializadas.

Baixe agora sua cartilha clicando nesse link

Policiais Civis, juntamente com a Polícia Militar e Grupo Tático Operacional (GTO), deram cumprimento, na manhã desta terça-feira (5), a um mandado de busca e apreensão em desfavor de Pedro Henrique Mayalison, investigado pela prática dos crimes de tráfico de drogas e roubo, e apontado como integrante de uma organização criminosa.

A partir do mandado de busca e apreensão em uma das residências de Pedro Henrique, foram apreendidas mais de 20 pedras de “crack” e objetos provenientes dos furtos e roubos na região.

A diligência se iniciou quando Policiais Militares promoviam blitz e abordagens no município de Caicó, durante a Operação Carnaval, e se depararam com Pedro Henrique Mayalison. Ao verificar que ele possuía mandado de prisão preventiva em aberto, os Policiais Militares o conduziram à Delegacia de Polícia Civil.

A Polícia Civil conta com auxílio da população no envio de informações que possam ajudar em investigações. As denúncias possuem garantia de sigilo e podem ser realizadas por meio do 181.

Informações e foto da PC/ASSECOM

Na última quarta-feira (27), um homem foi preso acusado de matar o seu companheiro com golpes de picareta, após um desentendimento bizarro. Vanderlei Cordeiro da Silva, de 55 anos, golpeou o seu companheiro Alisson, após ele não aceitar fazer sexo sem camisinha.

O corpo da vítima foi encontrado já em estado de decomposição, junto com alguns entulhos de um quintal no Residencial Marial Fiúca, em Rondonópolis.

Segundo informações do site “O Bom da Notícia”, que teve acesso ao depoimento, o acusado disse ao delegado Thiago Damasceno, que estavam em processo de separação e ele [Vanderlei] queria fazer sexo sem preservativo com o namorado. Após recusa, ambos entraram em discussão.

Vanderlei revelou ainda que a vítima passou a humilhá-lo dizendo que ele seria “viado frouxo, bucho quebrado”. Os dois entraram em luta corporal, então Vanderlei pegou a picareta e golpeou a vítima. A Polícia Militar foi chamada após os vizinhos perceberem o sumiço do casal e sentirem o cheiro ruim no quintal.O caso ainda está sendo investigado.

Via Super Pride

Marcos Santos / USP Imagens

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social por meio da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (Sesed/Coine) divulgou, neste sábado, 2, que o número de homicídios contabilizados em fevereiro de 2019 apresentou uma redução recorde de 42,7% em relação ao mês de fevereiro de 2018.

Em fevereiro deste ano foram 102 condutas violentas letais intencionais (CVLIs), comparadas a 178 do ano anterior. Além disso, fevereiro de 2019 não apresentou nenhuma ocorrência de feminicídio.

Tal redução é resultado de um trabalho integrado e fundamentado na lógica da análise criminal e na liderança proativa. Um outro fator que contribuiu para a redução foi a deflagração da Operação Verão.

Nas informações acumuladas dos dois primeiros meses, as reduções se mostram significativas contrapondo 388 CVLIs em 2018 a 232 em 2019, o que resulta em 156 vidas poupadas em 2019 em relação a 2018. Os números proporcionais também apresentam a menor incidência de CVLIs na série histórica desde 2015.

O sistema de coleta de dados é a Metodologia Metadados, que se baseia em preceitos técnicos, utilizando em seus pilares indicadores internacionais como o Protocolo de Bogotá, por exemplo. Com isso, busca-se sempre a valorização do estudo científico e da transparência de informações públicas, permitindo que os dados estejam em constante auditagem. Com isso, a atual gestão renova seu compromisso em publicizar dados e informações corretas e com credibilidade, tornando possível todo um congraçamento com a sociedade potiguar em busca de um Rio Grande do Norte de paz e de oportunidades.

Agora RN

PRF intensifica fiscalização de condutas imprudentes no quilometro trinta e cinco da BR-040. Foto: (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) intensificaram a fiscalização e monitoramento de estradas em todos os estados, desde a 0h de hoje (1º), quando começou a Operação Carnaval 2019. As ações que continuam até as 23h59 de Quarta-feira de Cinzas (6), vão se concentrar, principalmente, em pontos estratégicos definidos pela instituição e em estradas regionais dos estados de Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Bahia.

Em nota, a PRF explicou que levantamentos sobre o período carnavalesco apontam que esses estados concentraram quase 30% do total de acidentes de natureza grave nos carnavais dos últimos cinco anos. No caso das rodovias do Rio de Janeiro, policiais atuarão com o apoio da Força Nacional.

“A festa carnavalesca, tradicionalmente um momento de celebração e alegria por grande parte do povo brasileiro, também é reconhecidamente um período em que os riscos nas nossas rodovias se tornam maiores. Em parte, pelo aumento considerável no número de veículos transitando pelas estradas, mas também e principalmente, pelo lamentável hábito que boa parte de nossos motoristas ainda conserva: dirigir após consumir bebidas alcoólicas”, destacou a assessoria da PRF.

A estratégia desenhada pela instituição inclui a redução do fluxo dos veículos de carga e reforço de ações de policiamento preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. Todo o efetivo foi mobilizado para atuar no período em atividades operacionais e administrativas ao longo dos mais de 70 mil quilômetros de estradas do país.

Pelo menos 600 motociclistas e mais de duas mil viaturas para a operação atuarão na Operação Carnaval. Os policiais também receberam equipamentos como radares e mais de 1,5 mil bafômetros.

Agência Brasil

Reprodução: WhatsApp

Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 01º de março, populares encontraram um corpo de um homem de aparência jovem, possivelmente assassinado a tiros, nas imediações de “Pernambuquinho”, centro de Macaíba. Ao lado do cadáver, encontrava-se uma motocicleta de cor verde. Ainda não informações sobre a identidade da vítima.

O ITEP foi acionado para fazer os procedimentos necessários, e a investigação ficará a cargo da Delegacia de Polícia Civil de Macaíba.

 

Foto: Divulgação

SESED – Na manhã desta quinta-feira (28), uma equipe de policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deflagrou a 2a. fase da Operação Cuité contra o tráfico de drogas, que resultou no cumprimento de oito mandados de busca e apreensão e na prisão de três suspeitos. Durante a Operação, dois homens foram presos em flagrante delito e outro mediante mandado de prisão, também foi apreendido um revólver e certa quantidade de maconha. Na ação foram encontrados diversos pássaros na residência de um dos investigados.

Francisco Rafael Duarte do Nascimento, “Rafinha”, 28 anos, foi preso em razão de mandado de prisão preventiva. Cícero de Souza Filho, “Juninho”, 30 anos, foi preso em flagrante delito pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e já havia sido preso pelo crime de roubo. Allison Rodrigues Jacinto, “Oião”, de 22 anos, foi preso em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas e também já havia sido preso pelo crime de roubo.

Na residência de um dos investigados, foram encontrados diversos pássaros guardados em desacordo com a lei, sendo lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência em desfavor de Clejoab Gomes Silva, de 24 anos, pela prática de crime ambiental. No mesmo imóvel, os policiais civis encontraram um rádio de comunicação, possivelmente usado na movimentação do tráfico de drogas da localidade.

Informações da Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte concluiu o planejamento na manhã desta quarta-feira (27). Na ocasião, oficiais do Comando do Policiamento do Interior (CPI), do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) e do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) se reuniram com o Subcomandante e Chefe do Estado Maior da PMRN, Coronel Zacarias Mendonça, e o Chefe da 3ª Seção do Estado Maior Geral da PMRN, Tenente Coronel Correia Lima, no Quartel do Comando Geral da PM.

O Policiamento acontecerá em todas as regiões do estado, havendo um reforço necessário nos principais polos carnavalescos. O CPI atenderá cidades como Apodi, Caicó, Areia Branca, Tibau, Macau, Assú, Touros, Barra de Maxaranguape, São Miguel do Gostoso, Pipa, Barra de Cunhaú e Baía Formosa. Já o CPM estará com foco principal no litoral sul (até Barreta) e Norte (até Muriú), e nos polos do Carnaval de Natal (Petrópolis, Ribeira, Rocas, Centro Histórico, Ponta Negra e Redinha).

Os policiais sairão do quartel da PM nesta sexta-feira (1º) e seguirão com a Operação Carnaval até a próxima quarta-feira (06) de cinzas. A PM fará barreiras no intuito de coibir furto de veículos, posse de armas de fogo e drogas, para garantir a tranquilidade da população.

Na Ficha da Polícia RN

Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV) recuperaram, nesta quarta-feira (27), uma carga de aproximadamente 80 mil latas de cerveja, avaliada em torno de 140 mil reais. Toda a carga roubada foi encontrada em um galpão, em Macaíba, onde se encontrava a pessoa de Bento Cardoso Dantas Filho, 43 anos, o qual foi preso em flagrante pelo crime de receptação qualificada. Foram encontradas ainda com o referido homem uma pistola calibre 380 e munições, razão pela qual ele também foi autuado pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

O crime de roubo aconteceu no dia 20 de fevereiro do corrente ano, por volta das 06h30, quando o caminhão que realizava o transporte da carga de cerveja foi abordado por dois homens, um deles armado, no posto de gasolina Pinheiro Borges, em Parnamirim.

Informações e foto da SESED/ASSECOM

Foto: PM-RN/Divulgação

Nesta terça-feira (26), policiais militares da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM) prenderam um indivíduo com arma de fogo e veículo roubado no bairro Jardins, município de São Gonçalo do Amarante/RN.

Por volta das 18h, em patrulhamento na rua Dom Pedro I, conjunto Plaza Garden, os policiais efetuaram a prisão de José Wellington de Medeiros, 46 anos. O infrator estava de posse de um revólver calibre 38 municiado, além de um veículo tipo Chevrolet/Celta, cor branca, com registro de roubo e placa clonada.

O suspeito desobedeceu a ordem de parada da equipe policial havendo acompanhamento e confronto armado, resultando na captura do infrator no local.

PM/ASSECOM

Foto: Divulgação/PC/ASSECOM

A continuidade das investigações da Operação Ariús, deflagrada pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), com apoio da Delegacia Especializada de Crimes contra o Patrimônio de Campina Grande (DRF/CG), resultou na prisão de Mateus Emanuel Calixto da Rocha, conhecido como “Mateus Playboy”, 21 anos, em cumprimento a dois mandados de prisão, nesta terça-feira (12). Ele foi preso pela Polícia Civil da Paraíba, quando estava em Campina Grande.

A Operação Ariús, deflagrada na última sexta-feira (08), identificou 15 homens e prendeu 11 investigados que são suspeitos de terem roubado uma agência bancária na cidade de Macaíba, em 12 de julho de 2018. Investigações apontam que os integrantes da organização criminosa são especialistas em roubos a agências bancárias nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco.

Mateus Emanuel foi preso quando estava escondido em um imóvel no bairro do Alto Branco, na cidade de Campina Grande. Ele é suspeito de participações em ações ilícitas contra instituições financeiras, sendo apontado, inclusive, como integrante do grupo criminoso que teria articulado a fuga em massa de detentos do Presídio do PB1, em João Pessoa, em setembro de 2018.

Os mandados de prisão contra Mateus Emanuel são relativos a um homicídio praticado em Campina Grande e a um ataque a instituições financeiras no Rio Grande do Norte. A Polícia também descobriu que o suspeito encontrava-se foragido do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte.

Informações da PC/ASSECOM

O secretário Especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, durante entrevista após reunião com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e o secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, se reuniram na sexta (08) em Brasília. Eles trataram “basicamente de aposentadorias especiais de policiais”, informou Marinho, após o encontro de menos de uma hora.

“Conversamos sobre as primeiras medidas da medida provisória que combate fraudes e, em linhas gerais, o que pretendemos com a própria reforma previdenciária”, disse o secretário. Ele informou apenas que Moro fez “algumas considerações” que serão levadas em conta.

De acordo com Marinho, o projeto de reforma da Previdência do governo federal será enviado ao Congresso Nacional até o fim de fevereiro. Para ele, o fato de a proposta ser encaminhada junto com o projeto que torna mais rígido o combate aos crimes violentos, de corrupção e de organizações criminosas, a tramitação dos projetos não será prejudicada.

“A Casa Civil, os ministérios da Economia e da Justiça estão juntos, estabelecendo uma estratégia que dê conforto à tramitação dos dois projetos que tratam de assuntos distintos”, acrescentou Marinho. Ele confirmou que, conforme o presidente Jair Bolsonaro já comentou, também os militares serão incluídos no projeto de reforma da Previdência.

“Na ocasião da remessa do projeto a Câmara, teremos as condições de estabelecer e divulgar qual será a estratégia. Quem vai definir o timing e a forma como irá acontecer será o próprio presidente.”

Informações e foto da Agência Brasil

No final da tarde desta terça-feira(5), a Polícia Militar, através Batalhão de Polícia de Choque (BPCHOQUE), apreendeu três suspeitos que estavam em uma casa onde foi encontrado uma arma de fogo e drogas, na cidade de Macaíba, região metropolitana de Natal.

Por volta das 17h, Policiais Militares do BPCHOQUE realizaram uma operação no Bairro Ferreiro Torto no intuito de coibir o tráfico de drogas naquela região. Em uma casa na rua Inácio Félix de Araújo foram detidos João Victor Silva Barbosa, 22 anos, Natan Thales da Silva Oliveira, 21 anos, e Wedson Ramalho de Lima, 24 anos. Com eles foram encontrados Cocaína, Maconha, Balança de Precisão, material para embalagem da droga, 01 Pistola Cal 9mm da marca Taurus com 02 carregadores, munições de Cal.9 mm e Balaclavas.

A viatura fez a condução dos suspeitos e do material apreendido à Delegacia de Polícia Civil de plantão da zona Norte para realização dos procedimentos cabíveis.

ASSECOM/PM

Foto: Divulgação/PMRN

Por volta das 11h45 desta segunda-feira (04), policiais militares da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (ROCAM) detiveram Manoel Dias de Melo, 73 anos, na travessa Leonardo Gama, bairro Felipe Camarão, zona Oeste de Natal.

O idoso foi preso suspeito de estar fabricando armas de fogo artesanais, sendo encontradas em sua residência uma espingarda de fabricação artesanal e várias coronhas.

Na Ficha da Polícia RN

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, se reúne com governadores e secretários estaduais de Segurança Pública para apresentar o Projeto de Lei Anticrime. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O projeto de lei Anticrime que o governo federal vai enviar ao Congresso Nacional nos próximos dias prevê mudanças em 14 leis, entre elas, o Código Penal, a Lei de Execução Penal, a Lei de Crimes Hediondos e o Código Eleitoral. A intenção, segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, é combater a corrupção, crimes violentos e facções criminosas.

O ministro Sergio Moro apresentou hoje (4) a proposta a 12 governadores, vice-governadores e secretários estaduais de Segurança Pública, em Brasília. Mais cedo, ele conversou sobre o projeto com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

De acordo com a minuta do projeto, divulgado à imprensa, a iniciativa prevê alterações legais, elevando penas para crimes com arma de fogo. Além disso, o governo conta com o aprimoramento do mecanismo que possibilita o confisco de produto do crime, permitindo o uso do bem apreendido pelos órgãos de segurança pública.

As medidas visam ao endurecimento do cumprimento da pena para crimes considerados mais graves, como roubo, corrupção e peculato que, pela proposta, passa a ser em regime inicial fechado.

Veja a íntegra do projeto de lei

O projeto pretende deixar claro que o princípio da presunção da inocência não impede a execução da condenação criminal após segunda instância.

A reforma do crime de resistência, introduzindo soluções negociadas no Código de Processo Penal e na Lei de Improbidade, é uma das propostas, contando também com medidas para assegurar o cumprimento da condenação após julgamento em segunda instância, aumentando a efetividade do Tribunal do Júri.

De acordo com o projeto, será considerado crime arrecadar, manter, movimentar ou utilizar valores que não tenham sido declarados à Justiça Eleitoral, popularmente chamado de caixa dois.

Outro ponto conceitua organizações criminosas e prevê que seus líderes e integrantes, ao serem encontrados com armas, iniciem o cumprimento da pena em presídios de segurança máxima. Condenados que sejam comprovadamente integrantes de organizações criminosas não terão direito a progressão de regime.  A proposta ainda amplia – de um para três anos – o prazo de permanência de líderes de organizações criminosas em presídios federais.

Agência Brasil

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) com o apoio da Delegacia Regional de Santa Cruz prenderam, nesta terça-feira (29), um homem de 18 anos. Ele estava foragido e é investigado dentro da Operação Clowns, deflagrada em Setembro de 2018, quando o suspeito ainda era adolescente.

De acordo com as investigações da DHPP, o jovem aparece nas imagens que flagraram o homicídio de Ranieri Pablo, conhecido como “Pequeno”, em agosto de 2018, no bairro Neópolis. A morte de Ranieri ocorreu em vingança após um outro homicídio.

Denúncias anônimas apontaram que o mesmo estava escondido com a sua esposa em uma residência, em Santa Cruz-RN. A mulher dele também foi presa, pelo crime de favorecimento pessoal, porém pagou fiança e foi liberada.

Das 11 pessoas envolvidas no crime, um morreu em confronto com a Polícia Militar em uma outra ação, 7 pessoas foram presas, dois adolescentes foram apreendidos e um homem se encontra foragido.

Informações da PC/ASSECOM