Reajuste em mensalidades de escolas particulares do RN pode chegar a 9,6% em 2020

As mensalidades escolares do Rio Grande do Norte podem passar por um reajuste de 6,25% a 9,6%, de acordo com o Sindicato das Escolas Particulares do RN. No entanto, se a instituição justificar investimentos em estrutura, o reajuste pode até ultrapassar o teto.

Para o presidente do SINPRO RN, Alexandre Marinho, a variação do reajuste existe de acordo com o que cada escola decide que vai oferecer aos alunos, como mais de um idioma, aulas extras, atividade esportiva ou modalidade cultural.

O valor da mensalidade, na percepção do presidente, pode ser um dos maiores diferenciais competitivos para as matrículas, visto que, diante da crise econômica do país, muitos pais tendem a matricular os filhos de acordo com sua realidade financeira.

Na percepção da mãe e agente de atendimento, Camila Calixto, a qualidade do ensino é importante, mas o valor da mensalidade é um fator que tem que ser levado em consideração. “Nós, pais, queremos uma melhor qualidade de ensino para os nossos filhos, estudando todos os dias do ano letivo. Mas o financeiro acaba pesando bem mais”, destaca.

Camila, é mãe de uma criança de 4 anos e afirma que “o aumento não envolve apenas a mensalidade, que é algo fixo, mas envolve lanches, material escolar e coisas extras da criança. Então, com o aumento da mensalidade, acaba ficando mais difícil manter tudo”, ressalta.