Nossa: Promotores de SP querem tomar a vacina contra Covid-19 primeiro

Em nota, o MP-SP diz estar “certo de que as autoridades sanitárias de São Paulo e do Brasil definirão o cronograma de aplicação da vacina contra o novo Coronavírus com base em critérios científicos, priorizando a imunização das parcelas da população mais vulneráveis à Covid-19, tanto do ponto de vista médico quanto social”.

A definição, afirma, será acatada pela instituição.

O promotor de São Paulo (SP) Roberto Barbosa Alves pediu, em carta assinada por outras colegas, que sua categoria seja incluída “em uma das primeiras etapas prioritárias da vacinação contra a Covid-19“.

O pedido foi feito em reunião do Conselho Superior do Ministério Público realizada no dia 24 de novembro, e consta de ata publicada no site do MP-SP (Ministério Público de São Paulo). A justificativa dada é a “atividade funcional da carreira”.

A informação foi antecipada pelo jornal Brasil de Fato.