Jipeiros se unem em ação para doar sangue a amigos baleados em festa

Um grupo de integrantes de clube de jipes do Rio Grande Norte se reuniu para fazer doação de sangue coletiva no Hemonorte, no Tirol, Zona Leste de Natal, na manhã desta terça-feira (3).

A ação é para ajudar os amigos Marques Artur Macedo de Lima Cosme, 38 anos, e Ivo Bruno, 35 anos, que foram baleados em confraternização no sábado (30) na Praia de Santa Rita, Extremoz, Região Metropolitana de Natal. Eles estão internados em estado grave. De acordo com a polícia, os dois e Fantone Maia, 41 anos, foram atingidos por um outro amigo do clube, Ailton Berto da Silva, 50 anos.

Fantone Maia morreu na noite do crime e Ailton Berto está foragido desde então. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) solicita que a população envie denúncias anônimas que ajudem na localização do atirador. Ele é suspeito de matar Fantone Henry Filgueira Maia, no encontro do clube de trilhas de veículos 4×4.

De acordo com as investigações, durante um desentendimento com participantes da festa, Ailton Berto sacou uma pistola e efetuou diversos disparos. Contra Ailton Berto da Silva já existe um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça, decorrente de um pedido apresentado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Informações que possam colaborar com a prisão de Ailton Berto devem ser enviadas para o Disque-Denúncia 181, com garantia de sigilo.

OP9RN