Fátima “engata a ré” depois de dizer que Bolsonaro “tem desvio mental e de caráter” ao STF

A governadora Fátima “engatou a ré” depois de dizer na manifestação contra a ação judicial do presidente Bolsonaro contra as medidas restritivas que ele “tem desvio mental e de caráter”.

Mais que depressa, ela jogou a culpa na Procuradoria Geral do Estado e determinou “que sejam retirados os temos (sic) que considero inadequados no tratamento com quaisquer autoridades públicas”.

A pressa foi tanta que “termos” virou “temos”.

Já que Fátima afirmou que a PGE é “autora da peça”, é bom saber de quem partiu essa afirmação na PGE na ânsia de babar a governadora e atingir o presidente da República.

Como disse Fátima em sua rede social, isso são termos “inadequados no tratamento com quaisquer autoridades públicas”. Quem foi o procurador lacaio que fez a peça?

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros