“Deus se fará mais presente”, diz Bolsonaro sobre ida de Mendonça ao STF - Informativo Atitude

“Deus se fará mais presente”, diz Bolsonaro sobre ida de Mendonça ao STF

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta 4ª feira (18.ago.2021) que “Deus se fará mais presente” no STF (Supremo Tribunal Federal) com a ida de André Mendonça para a Corte. Durante participação em um culto evangélico no Pará, disse ainda que o Supremo “aos poucos vai mudando” e que “uma ou outra pessoa” da Corte atrapalham o governo.

O chefe do Executivo repetiu que tinha um compromisso de indicar alguém para o STF que fosse “terrivelmente evangélico” e, por isso, escolheu André Mendonça, que é pastor. Bolsonaro também voltou a dizer que pediu para Mendonça, quando assumisse o posto, realizar orações no início das sessões.

“Fiz um pedido para ele [Mendonça], ou melhor, uma missão eu dei para ele, e ele se comprometeu que irá cumprir: toda primeira sessão da semana no Supremo Tribunal Federal ele pedirá a palavra e iniciarão os trabalhos após uma oração”, disse durante o Centenário da Convenção Interestadual da Assembleia de Deus no Pará.

“Pode ter certeza, Deus se fará mais presente naquela instituição. Onde entra a palavra de Deus, entra harmonia e entra a paz. Entra a prosperidade“, afirmou.

No discurso, Bolsonaro elogiou a relação do governo com o Congresso e repetiu críticas indiretas a integrantes do Supremo. Nos últimos dias, o presidente intensificou os ataques aos ministros Alexandre de Moraes e Roberto Barroso.

“Temos tido um bom retorno do Parlamento. Sabemos que o outro Poder ao lado, o Supremo Tribunal Federal, uma ou outra pessoa iria nos atrapalhar, mas acreditamos que esse Supremo, assim como o Parlamento e assim como o Executivo, aos poucos vai mudando“, disse

Bolsonaro disse ainda que “por vezes pode tropeçar nas palavras” e “às vezes” não ser “muito feliz nos posicionamentos“. Mas, afirmou que tem “conselheiros” e que busca ouvir pessoa mais experientes quando precisa tomar decisões.

“Tenho meus conselheiros, procuro ao tomar decisões ouvir em especial os mais velhos, os mais experientes porque bem sei que da minha caneta tudo pode acontecer“, afirmou.

Poder 360