Violência: Mossoroense é executado a tiros na madrugada de hoje em Ipanguaçu na região do Vale

Um crime de homicídio foi registrado na madrugada desta sexta feira 26 de junho de 2020, na Comunidade de Pataxó, zona rural de Ipanguaçu, na região do Vale do Açu no Rio Grande do Norte.

A  vitima foi o jovem mossoroense, identificado por Clayton Cley Ferreira de Souza, 23 anos de idade que estava  em casa, quando alguns elementos em um carro de cor prata, chegaram e se identificaram como sendo polícia e chamaram pelo nome do rapaz. Ao abrir a porta, Clayton foi alvejado com vários tiros na região da cabeça.

A mulher ainda tentou evitar o crime, mais os elementos mandaram que ela saísse e efetuaram vários tiros no rosto de Clayton que morreu na hora. Após o crime os assassinos fugiram em rumo ignorado e não foram identificados.

Após a perícia o corpo do jovem foi recolhido e encaminhado ao a unidade do ITEP em Mossoró para procedimentos de necropsias e posteriormente liberação para a família. A Polícia ainda não tem informações sobre a motivação e autoria do crime.

Segundo consta no site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Clayton Cley  Ferreira de Souza, foi testemunha em um processo de homicídio, em que foi vítima, Lucas Mateus Vaz dos Santos, crime ocorrido em 2019 na cidade de Mossoró.

Os acusados do crime, são os irmãos Geovani de Melo Nogueira e Jefferson de Melo Nogueira (este já falecido), além de Antonio Alan Nunes da Silva (preso na Paraíba). Clayton morava Conjunto Jardim das Palmeiras em Mossoró e depois deixou o bairro e foi morar em Pataxó na zona rural de Ipanguaçu, onde acabou sendo assassinado.

Fim da Linha