Violência: Homem mata filha após descobrir desvio de R$ 2 milhões da empresa que administravam

A polícia civil de Goiás acredita que a morte de uma mulher de 45 anos identificada como Yara Maeve Teixeira foi causada pelo próprio pai, José Maria Alvez, que administrava uma empresa com ela na cidade de Aparecida de Goiânia. O homem teria assassinado a filha após descobrir que ela desviou R$ 2 milhões do negócio.

Testemunhas escutaram disparos no momento em que Yara e José se reuniam dentro da sede da empresa. Segundo a polícia , uma das funcionárias do local chegou a ouvir a mulher implorar pela vida e falar que amava o pai antes de escutar os disparos.

homem de 72 anos fugiu do local e foi encontrado por policiais dirigindo em uma rodovia do estado. No momento da abordagem ele confessou o crime e disse que planejava se matar em seguida. Em depoimento, porém, ele afirmou que não lembra do que ocorreu na hora do crime.

Segundo amigos de Yara, ela já tinha recebido ameaças de morte do pai . Os dois romperam uma sociedade que tinham juntos após José descobrir um suposto desvio de dinheiro. Yara, então, teria aberto um novo negócio e “roubado” os clientes de José.

Fonte: IG