VACINAS: Francês de 63 anos morre 10 dias após receber vacina da AstraZeneca - Informativo Atitude

VACINAS: Francês de 63 anos morre 10 dias após receber vacina da AstraZeneca

Família quer que Agência Nacional Francesa para a Segurança dos Medicamentos (ANSM)  investigue se a morte tem relação com a vacina

© Getty Images

Joël Crochet, de 63 anos, morreu no hospital de Annecy, na França, na quinta-feira 17 de março, vítima de múltiplas tromboses nos órgãos vitais. A sua morte acontece dez dias após ter recebido a primeira dose da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19.

Embora não tenha sido ainda estabelecida nenhuma ligação entre a morte e a administração da vacina, Jean-Luc Crochet testemunhou a deterioração do estado de  saúde do seu irmão e em entrevista ao Le Dauphiné questiona os perigos da vacinação em massa.

Em nome da família, o homem pede que a Agência Nacional Francesa para a Segurança dos Medicamentos (ANSM)  tenha em conta a morte de Joël na avaliação que está sendo feita à vacina da AstraZeneca, especificamente no que diz respeito à inclusão de informação no relatório de farmacovigilância sobre os efeitos adversos.

Lembrando que a Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla inglesa) confirmou este mês que a  vacina da AstraZeneca é segura e não está associada a problemas de coágulos sanguíneos, mas garantiu que continuará a avaliar os casos reportados.

Fonte: Notícias ao Minuto