Supremo: 4 x 3 – Toffoli suspende julgamento da prisão em 2ª instância

Após 4 votos favoráveis e 3 contrários à prisão em segunda instância, Dias Toffoli suspendeu o julgamento.

Como não haverá sessões na semana que vem, a retomada ficará para novembro. Disse que anunciará na próxima segunda (28) se a continuidade se dará a partir do dia 6 ou 7.

Já votaram a favor da execução da pena após a condenação em segunda instância Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso e Luiz Fux.

Contra, Marco Aurélio Mello, Rosa Weber e Ricardo Lewandowski.

Faltam os votos de Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Dias Toffoli.