Macaíba: Bastidores da Política em…”Provável União”

PROVÁVEL UNIÃO

Circula na boca pequena, a provável união entre Netinho França e a ex-prefeita Marília Dias. Os boatos ganharam mais força após um grupo liderado pela ex-prefeita anunciar essa possibilidade. Agora só resta saber: se isso acontecer, quem vai ser vice de quem nessa história?

PROVÁVEL UNIÃO II

Segundo informações, um grupo de peso já teria entrado no circuito para tentar fazer a interlocução entre os dois grupos. Vamos esperar as cenas dos próximos capítulos.

ANIMADA

A ex-prefeita Marília Dias está animada com a possível união entre ela e Netinho França. Segundo uma fonte ligada a ex-prefeita, as conversas começaram e prometem render bons frutos para o futuro.

LUIZINHO NO PT?

Chega ao nosso site que Luizinho pode se filiar ao Partido dos Trabalhadores e sair como pré-candidato a Vereador. Segundo fontes, um convite teria sido feito pela legenda.

MUDANDO AS ESTRATÉGIAS

Em tempos de coronavírus, o isolamento é algo inevitável, por isso, algumas estratégias precisam serem revistas. Em tempos de confinamento, Emídio Júnior e Netinho França saíram na frente para garantir seus espaços nas mídias sociais.

OS REFORÇOS CHEGARAM   

Os reforços do delegado Normando Feitosa chegaram, e prometem fazer um grande diferencial nas redes sociais.  Sem recursos, o delegado conta apenas com a ajuda de pessoas que acreditam no seu potencial humano e no grande trabalho na área de segurança que fez e pode fazer em Macaíba.

DIVIDIDOS

Os vereadores que compõe a base do governo se dividiram entre os pré-candidatos Netinho França e Bob Filho (Emídio Júnior). Essa divisão só reforça que o atual governo está realmente fora da disputa municipal, pois a base ficou livre para apoiar quem quiser.

PREOCUPADOS

Com o sinal de alerta ligado, boa parte dos pré-candidatos a prefeitos se voltam contra o delegado. A preocupação é tanta, que já existem até pequenos grupos criados para tentar desgastar o delegado nas mídias sociais.

CLIMA DE ALEGRIA

Devidamente acomodados em seus respectivos partidos, o clima da última sessão entre boa parte dos vereadores foi de alegria e vitória.

INCENDIÁRIO

 A política é algo interessante, me culparam de ser um incendiário, o homem que tocou fogo na câmara e matou quase todos os vereadores de mandatos, apenas por uma opinião contaria a maioria dos que compõe aquela casa. Mal sabem eles, que no final de tudo eu fui farol, que inconscientemente, garanti a esperança de vitória de cada um deles, ou pelo menos de muitos, pois algumas decisões que tomei, vieram a garantir a todos a liberdade política que eles desfrutam hoje.  Mas como eu disse antes, tudo que aconteceu foi inconscientemente, portanto, não vou cobrar reconhecimento, mas o que aconteceria com cada um de vocês se alguns eventos não tivessem acontecido? (…) Isso fica para uma outra história.