JOGO POLÍTICO: Governo Fátima prega terror e mostra despreparo em meio à Pandemia

PREGANDO O TERROR

O Governo Fátima pecou feio quando disse que morreriam mais de 10 mil pessoas no RN. Na verdade, ela quis tocar terror mesmo, talvez para justificar suas medidas insanas e sem sentidos.

PREGANDO O TERROR II

Com as notícias ditas pelo seu governo, ou melhor, desgoverno, que irão morrer mais de 10 mil pessoas, Fátima achou que ganharia o apoio da população lançando uma medida mais radical para fechar o comércio. Mas o que a Governadora viu, foi uma série de lapadas dadas pela população. As pessoas ficaram espantadas com o radicalismo da governadora e preocupadas com os seus empregos que certamente deixariam de existir.

GOVERNO ATRASA RESULTADOS DE EXAMES DO CORONAVÍRUS

foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi

O laboratório LACEN/RN, vem atrasando todos os exames de Coronavírus, deixando centenas de pacientes desamparados. Tem pessoas que estão com suspeita e permanecem confinadas em suas casas já outras estão em isolamento total em hospitais e UPAs, como é o caso de 10 pacientes que estão na UPA de Macaíba a cerca de 10 dias, esperando os resultados dos exames e sem receber visita de nenhum familiar, podendo pegar outras doenças como a depressão, pela angustia de não poder receber nenhum familiar ou amigo.

SEM RESPEITO

Se uma coisa tão simples que é um exame e ao mesmo tempo tão essencial o governo não consegue fazer, talvez para aumentar o suspense ou simplesmente manter os números de suspeitos, que a cada dia deviriam baixar, tendo em vista que a maioria dos exames que estão saindo lentamente deram negativo.

MEDIDAS DESASTROSAS

As medidas tomadas pelo governo Fátima são desastrosas. Logo após anunciar medias mais duras, a governadora da uma entrevista dizendo que o estado está preste a entrar em colapso financeiro, ou melhor tragédia financeira. Um dos principais motivos foi a falta de rapasse das empresas que não têm como pagar seus impostos, pois todas estão relativamente paradas devido ao decreto do governo.

DESPREPARO

O despreparo de Fátima fica cada vez mais visível. Sem argumentos para sua péssima gestão, a governadora vem tentado emplacar o coronavírus como principal responsável do seu despreparo. Despreparo esse que vai terminar com a quebradeira generalizada do Estado e de várias empresas, gerando um colapso financeiro generalizando, pois muito pior que os efeitos coronavírus, são os feitos de decretos irresponsáveis feitos pelo “coranafátima”.