Choque da governadora Fátima com o presidente Ezequiel

Duas barreiras podem atrapalhar a harmônica relação da governadora Fátima Bezerra com o presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira.

A candidatura do senador franco-carioca Jean-Paul para prefeito de Natal. Ninguém na capital conhece a exótica figura, popularizar Jean-Paul, pode credencia-lo para a disputa da uma improvável reeleição para o senado. Como o PT não tem grandes pretenções em Natal, serviria de laboratório para Jean-Paul, fazer ele ser conhecido. Ocorre que Ezequiel tem planos de ser senador em 2022 e só tem uma vaga na disputa. Ezequiel não admite a candidatura do francês desconhecido.

Outro problema da aliança PSDB com PT no RN é a cidade de Currais Novos. Fátima apoia a reeleição do insosso prefeito, o petista Odon. Já Ezequiel sonha em fazer a irmã prefeita. Os dois não falam a mesma língua.

A inusitada aliança pode ter fim antes de maio, é mais fácil Fátima abrir.