SIMBÓLICO: Após viver duas pandemias, mulher mais velha do mundo carregará tocha olímpica - Informativo Atitude

SIMBÓLICO: Após viver duas pandemias, mulher mais velha do mundo carregará tocha olímpica

Aos 118 sanos, Kane Tanaka também superou dois cânceres


Idosa tem 118 anos – Foto: Reprodução

Kane Tanaka, a mulher mais velha do mundo, vai carregar a tocha olímpica durante as celebrações de abertura das Olimpíadas de Tóquio, que acontecerá este ano.

Com 118 anos, Tanaka tem mesmo uma alma de vencedora. Ela superou dois cânceres e passou por duas pandemias.

À CNN, o neto de Tanaka disse que toda a família está impressionada com a vitalidade dela e espera que o estilo de vida ativo inspire outras pessoas.

Para participar do revezamento, ela será levada pela família em uma cadeira de rodas por aproximadamente 100 metros. Depois, Tanaka pretende caminhar os últimos metros antes de repassar a tocha a outra pessoa.

Em toda a história dos jogos olímpicos, a pessoa mais velha a carregar a tocha foi a brasileira Aida Gemanque, nas Olimpíadas do Rio, com 106 anos.

Fonte: Agora RN