Jair Bolsonaro quer que novo presidente do BNDES abra ‘caixa-preta’ do banco

Com a substituição de Joaquim Levy por Gustavo Montezano, Jair Bolsonaro quer que o banco identifique onde foi investido o dinheiro enviado a obras de infraestrutura em Cuba e na Venezuela.

A informação foi transmitida por Otávio do Rêgo Barros minutos após a confirmação de que Montezano comandaria o banco de fomento.

Segundo o porta-voz da Presidência, Bolsonaro espera que Montezano adote medidas como a devolução de recursos que estão no banco ao Tesouro Nacional.

Também acha que, além de abrir a “caixa-preta do passado”, o BNDES deve aumentar investimentos em infraestrutura e saneamento e ajudar a reestruturar estados e municípios.