Enteado é suspeito de matar policial militar a facadas no interior do RN, diz polícia - Informativo Atitude

Enteado é suspeito de matar policial militar a facadas no interior do RN, diz polícia

Márcio Laurentino Torres, de 44 anos, foi morto a facadas no RN — Foto: Redes sociais

Um sargento da Polícia Militar do Rio Grande do Norte foi morto a facadas no último sábado (16), no município de Serra Caiada, no Agreste potiguar. Segundo a corporação, um enteado do militar é o principal suspeito do crime.

A vítima foi identificada como o 3º sargento Márcio Laurentino Torres, de 44 anos, que era lotado no 16º Batalhão da Polícia Militar em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal.

De acordo com as informações iniciais da PM o crime aconteceu de madrugada, por volta das 3h, enquanto o militar dormia. Ele teria sido atacado pelo enteado, que desferiu vários golpes de faca e fugiu em seguida.

A polícia disse que a vítima teve um desentendimento com a esposa na noite da sexta, o que poderia ter motivado a ação do suspeito.

Márcio ainda chegou a ser socorrido a uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Já o suspeito fugiu e não foi preso até a última atualização desta matéria. A polícia não informou a idade do suspeito, ou se ele é maior de idade.

Márcio Laurentino tinha entrado na Polícia Militar em 1997. Em nota, a corporação lamentou o crime. “A Polícia Militar lamenta a morte deste honrado guerreiro, externando aos amigos, companheiros de trabalho e familiares, os nossos sentimentos de mais profundo pesar”, disse.

A Polícia Civil informou que o caso será investigado pela delegacia do município, mas ainda não divulgou informações sobre a investigação do crime.

G1 RN