Depois da pressão, governadora Fátima Bezerra autoriza reabertura de templos e igrejas

E após um longo período de indecisão e falta de bom senso da governadora Fátima e sua equipe, hoje (22), ela autorizou o retorno das igrejas e templos religiosos aqui no Rio Grande do Norte.

Mas antes disso, é preciso recordar que ela foi criticada por sua medida dura e sem lógica. Chegou até a ser questionada pelo deputado estadual Coronel Azevedo (PSC), quanto ao tipo de “entidade estranha”, que ela estaria obedecendo, para não acreditar na fé e deixar que as pessoas busquem suas crenças durante um período de pandemia tão devastador e prejudicial à população. Foi uma verdadeira pressão em cima da governadora, que parecia querer relutar até o fim.

O Decreto estadual, que traz a autorização para reabertura, será publicado na edição da próxima quarta-feira, 29 de julho, no Diário Oficial do Estado. Para o Coronel Azevedo, mesmo com a demora, a decisão do Governo atende a milhares de cidadãos que há meses buscavam frequentar as igrejas e templos religiosos no estado. Na opinião do parlamentar, faltou diálogo, como sempre, da governadora junto ao segmento religioso e foi necessário uma série de cobranças na Assembleia Legislativa e redes sociais para que entendessem a importância da reabertura dos templos religiosos no RN.