A amizade de Olavo pode custar 2,8 milhões

O ‘gesto de amizade’ que Olavo de Carvalho cobrou de Jair Bolsonaro e dos empresários que apoiam o presidente poderá custar R$ 2,8 milhões. Esse é o valor que o guru da Virgínia deve a Caetano Veloso por um processo que perdeu em 2017.

Além da condenação, Olavo foi multado por descumprir por dias a decisão judicial que determinava a remoção das mensagens que relacionavam o artista à pedofilia.