Pressionado pelo Congresso e sob fortes críticas pela resposta enviesada sobre um “novo AI-5”, o general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), disse ao Estado que jamais pensou em resgatar esse ato da ditadura militar. Com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), apoiando a sua convocação para depor no plenário da Casa e explicar declarações a respeito do AI-5, a grande preocupação do general foi não entrar em polêmicas: não comentou falas do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, mas defendeu a democracia, o Congresso e a Constituição. Defesa, inclusive, que ele fez numa mensagem de WhatsApp escrita para Maia, depois que o deputado o acusou de ser “auxiliar do radicalismo”. Consultado, Maia primeiro desdenhou: “Não li”. Pouco depois, atualizou: “Li agora”. E nada mais disse.

Eu tenho um ótimo relacionamento com o deputado Rodrigo Maia. Não sei quem colocou na cabeça dele que sofro algum tipo de influência do sr. Olavo de Carvalho. Isso não é verdade, de jeito nenhum. Falei com esse sr. pouquíssimas vezes, uma delas num jantar em Washington, e acho que se eu o encontrar por aí nem vou reconhecer. Além disso, sempre fui independente e muito cioso das minhas convicções.

Que convicções são essas?

O Brasil precisa aperfeiçoar o regime democrático, cultuar os símbolos indeclináveis da democracia. Portanto, fui surpreendido com a distorção sobre minha posição sobre o AI-5.

O sr. não disse ao Estado, por telefone, que se o deputado Eduardo Bolsonaro falou na possibilidade de um novo AI-5, tinha de “estudar como fazer, como vai conduzir”?

Jamais pensei em resgatar o AI-5 nos atuais tempos do Brasil. O AI-5 foi instrumento do passado, que tem de ser vinculado àquela época. Não tem o menor sentido pensar que ele possa ser aplicado, com ou sem modificações, nos dias de hoje.

Então, como o sr. efetivamente vê a declaração do deputado?

Bem, o próprio deputado Eduardo Bolsonaro já voltou atrás. Ponto.

Mas ele falou. Por que?

Sei lá. Eu tinha acabado de chegar de uma viagem longa, cansativa. Não sei se alguém soprou aquilo para ele, se ele exagerou, se falou só porque foi o que chegou à cabeça dele naquele momento. Não sei.

E por que o sr. admitiu “estudar como fazer?”

A primeira coisa que eu falei foi: AI-5? Tem que fazer muito estudo, passar por muita coisa… E não era uma entrevista, era só uma conversa em “off”, como vocês dizem (A entrevista, no entanto, foi gravada e o ministro autorizou a publicação).

Há o risco de as manifestações do Chile se repetirem aqui no Brasil, com aquela gravidade?

Não, porque o Brasil está dando certo. Apesar de todo o esforço para demonstrar o contrário, os números comprovam que estamos dando e vamos dar certo. Contra fatos e números, não há argumentos.

Para continuar lendo é só clicar aqui: https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,se-encontrar-olavo-na-rua-nem-vou-reconhecer-diz-heleno,70003077499

ESTADÃO CONTEÚDO

Ainda no clima do mês das crianças, a unidade básica de saúde do Potengi realizou um dia especial para os pequeninos. Foi uma tarde de muita diversão! Brinquedos, pintura, apresentação teatral, palhaços, guloseimas e muitas brincadeiras fizeram parte da tarde deliciosa da criançada que é atendida no referido posto.  O evento contou com a participação de toda a equipe da unidade. Os pais presentes também aprovaram a iniciativa e o momento para confraternizar com seus filhos.

 

Os desportistas da região do bairro Lagoa das Pedras comemoram a recuperação total da quadra poliesportiva da comunidade. Nesta quarta, para celebrar esse “novo” espaço, o prefeito Fernando Cunha, os vereadores e a população em geral participam da reinauguração do local.  O local passou por uma ampla reforma e recebeu diversos serviços de manutenção como, por exemplo, no piso e na cobertura, novas telas de proteção e pintura.

Está é a terceira praça esportiva que a Prefeitura de Macaíba inaugura ou entrega reformada em período de pouco mais de um mês. Mais três quadras esportivas cobertas estão em construção com previsão de entrega nos próximos três meses.

O Departamento Estadual de  Trânsito (Detran) informa que, nessa sexta-feira, 8, haverá uma paralisação nos serviços de captura na coordenadoria de registro de condutores (setor de habilitação). Portanto, serviços que dependerão de captura e digitalização, não funcionarão. Já os serviços que já tiverem realizado a captura e digitalização poderão ter continuidade normalmente.

A parada deve-se a atualização do sistema de Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach) que passará por testes e avaliação. Os serviços suspensos serão todos aqueles referentes à captura de digital e imagem no setor de habilitação. O setor de registro de veículos funcionará normalmente.

BLOG DO FM

A economia potiguar deverá receber, até o final de 2019, como 13° salário, cerca de R$ 2,302 bilhões, aproximadamente 1,07% do total do Brasil e 6,92% do Nordeste. De acordo com o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) no RN, esse montante representa cerca de 3,4% do PIB estadual.

O número de pessoas que receberá o 13º no estado foi estimado em 1,106 milhões, equivalente a 1,37% do total que terá acesso ao benefício no Brasil. Em relação ao Nordeste, equivale a 6,57%. No estado, os empregados do mercado formal, celetistas ou estatutários representam 55,3%, enquanto pensionistas e aposentados do INSS equivalem a 44,7%.

O emprego doméstico com carteira assinada responde por 1,4%. Segundo o Dieese, sobre aos valores que cada segmento receberá, acontece a seguinte distribuição: os empregados formalizados ficam com 67,8% (R$ 1,560 bilhão) e os beneficiários do INSS, com 22,7% (R$ 521,812 milhões), enquanto aos aposentados e pensionistas do Regime Próprio do estado caberão 9,2% (R$ 211,574 milhões) e aos do Regime Próprio dos municípios, 0,4% (R$ 8,874 milhões).

OP9

Um idoso de 67 anos foi encontrado morto dentro de casa, no início da tarde desta terça-feira (5), no bairro Cidade Alta, na Zona Leste de Natal. De acordo com os peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), a morte foi em decorrência de uma pancada na cabeça. A suspeita é de que ele tenha sido assassinado durante um assalto.

A vítima foi identificada como Francisco Gomes Nivaldo, de 67 anos. De acordo com amigos, ele era aposentado e morava sozinho na vila onde foi encontrado.

Segundo a polícia, a suspeita é de que Francisco tenha sido vítima de latrocínio – que é o roubo seguido de morte. Criminosos teriam invadido a casa dele e o atingido na cabeça, antes de fugir levando o aparelho de televisão e o dinheiro que ele guardava no imóvel.

Nenhum suspeito foi preso. O caso será investigado pela Polícia Civil.

G1

Estudantes que têm contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) firmados até o segundo semestre de 2017 têm até o dia 30 de novembro para renovar o financiamento. O prazo, que terminaria no último dia 31, foi prorrogado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de ensino e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas faculdades no SisFies.

No caso dos chamados aditamentos simplificados, sem alterações no contrato, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Quando há, no entanto, mudanças nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o aluno precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro, que é o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal, para finalizar a renovação.

Os contratos do Novo Fies, firmados a partir de 2018, têm prazos definidos pela Caixa.

AGÊNCIA BRASIL

Uma colisão entre dois carros deixou uma pessoa ferida, na Rota do Sol, zona Sul de Natal, na manhã desta terça-feira, 5. De acordo com a Polícia Militar, quatro pessoas estavam nos automóveis.

Os veículos se chocaram frontalmente na saída de uma rotatória. Em um automóvel havia três pessoas e no outro uma. Dentre as vítimas, apenas uma sofreu ferimentos leves e, segundo a PM, foi encaminhada para o hospital e tem o estado de saúde estável.

No último sábado, 2, duas pessoas morreram em um acidente de carro na Rota do Sol. Um carro modelo Siena bateu na traseira de um Fiat Strada. Com a colisão, o Fiat bateu de frente em uma árvore sobre o canteiro central da avenida.

AGORA RN

Uma das presas mais famosas do país, Suzane von Richthofen, conhecida por mandar matar os pais em 2002, entrou com uma ação na justiça contra a editora Contexto e contra o autor e jornalista Ulisses Campbell na tentativa de barrar a publicação do livro “Suzane – Crime e Punição” que deve ser lançado no início de 2020.

Nos autos do processo, a advogada de Suzane afirma que ela “não autorizou o referido livro” e que ” o repudia veemente”. “A autora já vem pagando pelo crime que cometeu, desta forma tem o direito ao esquecimento, até porque precisa que isso aconteça para poder continuar com a sua vida”, escreveu a advogada.

A juíza, Larissa Gaspar Tunala, da comarca de Angatuba, indeferiu a liminar pretendida, pois “não há probabilidade do direito de que a tutela inibitória seja amparada pelo ordenamento constitucional”. Suzane recorrerá da ação.

Filme

Além do livro da Contexto, o assassinato de Manfred e Marísia von Richthofen, planejado pela filha Suzane von Richthofen e executado pelos irmãos Daniel e Cristian Cravinhos em 2002, será tema de dois filmes, com versões diferentes para a história.

A Menina que Matou os Pais, terá a atriz Carla Diaz no papel de Suzane e vai narrar os acontecimentos desde o primeiro encontro entre o casal de assassinos, em 1999, até a condenação do trio em 2006, na versão da própria Suzane. O outro longa, previsto para estrear simultaneamente, se chamará O Menino que Matou Meus Pais e terá a perspectiva de Daniel Cravinhos, interpretado pelo ator Leonardo Bittencourt.

Assim como o livro, a previsão de estreia para os dois longas é para o primeiro semestre de 2020.

VEJA