A governadora Fátima Bezerra (PT) não foi até a Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (03) para a tradicional leitura da mensagem anual do Executivo. Mas enviou o texto. E, nele, a gestora afirma que “o Estado que não realizar a reforma [da previdência], ficará ingovernável”.

Segundo Fátima, com a reforma da previdência aprovada em nível federal pelo Congresso, os Estados ficaram obrigados a se enquadrarem nas regras previdenciárias, “ou seja, sem déficit atuarial ou financeiro. “Os Estados ficaram obrigados a mostrar que não têm déficit ou que adotaram medidas para saná-lo ao longo do tempo. Caso isso não ocorra, ficarão impedidos de receber transferências de recursos federais como empréstimos, convênios, entre outros”, disse a governadora na mensagem.

Fonte: Portal Grande Ponto

Subiu para 361 o número de mortes causadas pelo coronavírus na China. Ontem (2), foram confirmadas 56 novas vítimas na província de Hubei, epicentro da epidemia, e uma na cidade de Chongqing.
Agora, são 350 mortes em Hubei e 11 em outros locais da China. O número de pacientes infectados passa de 17 mil no país.

A TV do quarto de Artur (nome fictício), de 12 anos, está com a tela quebrada desde novembro. Ele ficou irritado com uma derrota no jogo Fortnite e atirou o controle na tela. Os pais definiram que o filho vai ter de comprar outra televisão com a mesada de R$ 100 por mês. Até lá, fica sem videogame.

O Fortnite é o mesmo que foi proibido em colégios do Estado do Kentucky (EUA) na semana passada. O órgão local citou “o teor violento do jogo” para vetar torneios escolares desse game. A proibição reacende o debate sobre a influência dos brinquedos eletrônicos no comportamento de crianças e adolescentes. A mãe de Artur acredita em influência negativa do jogo.

O Fortnite, por exemplo, é um ambiente virtual onde mais de 100 milhões de pessoas se conectam com amigos (da vida offline) para competir, assistir e compartilhar histórias em tempo real. É um game de sobrevivência, no qual os jogadores coletam armas, fabricam ferramentas e tentam permanecer vivos o maior tempo possível. Há referências de cultura pop, cronologia não linear e ação suficiente para uma cascata de adrenalina. Estão lá também peças de merchandising, investimentos conjuntos com marcas de brinquedos e produtos virtuais.

Bruno, de 10 anos, o filho mais novo da advogada Alessandra Parziale, é um deles. A mãe conta que ele joga o dia inteiro – se ela deixar. O mais velho, Cauê, de 18 anos, prefere o game League of Legends (Lol).

“Acredito que esses jogos influenciam no comportamento. Muito nervosismo e até briga com amigos. Tenho medo. Meu filho só fala palavrão quando está jogando. Fico preocupada se pensam que podem fazer fora o que fazem no jogo”, diz ela, de 45 anos, que até leva os aparelhos para o trabalho para impedir que os filhos joguem muito.

E há relação entre jogos violentos e o comportamento de crianças? Aderbal Vieira Junior, do Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), diz que a resposta é complexa. “Uma criança com boa formação e bem colocada na vida não vai se transformar com um jogo violento”, explica. “Por outro lado, não descarto que um adolescente disfuncional possa ser influenciado negativamente por um videogame violento. Por si só, o videogame não é ingrediente para tirar a criança da trajetória normal. Pode ser um ingrediente a mais em um caldeirão”, diz.

“Estudos científicos mostram que jogos têm relação com a agressividade, mas isso não é necessariamente violência”, diz Ivelise Fortim, do Laboratório de Psicologia e Tecnologias da Informação e Comunicação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

A psicóloga Cybele Chiquinati destaca que crianças e adolescentes têm períodos distintos de desenvolvimento físico e cognitivo. “Crianças ainda não têm maturação cerebral para compreender um jogo mais violento. Na fase de 2 a 7 anos, ainda estão na fase do desenvolvimento simbólico, com dificuldades de compreender o outro como sujeito”, explica. “Entre 7 e 11 anos, ainda têm dificuldades com o pensamento abstrato. Por outro lado, adolescentes são capazes de lidar com questões mais lógicas e abstratas e criam situações hipotéticas.”

Além de cuidado com a exposição a conteúdos violentos, especialistas recomendam atenção para que a diversão não se torne vício. A Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu em 2018 a compulsão por games como distúrbio de saúde mental na Classificação Internacional de Doenças. Segundo especialistas, não há um número de horas de jogo que caracterize vício, mas é preciso ficar atento para observar se o game atrapalha outras atividades, como os estudos, ou afete a saúde, como o peso ou ciclo do sono.

Ivelise Fortim prepara uma cartilha sobre o uso de jogos eletrônicos em parceria com a Safernet, associação que promove os direitos humanos na internet no País. Entre as ações possíveis para as famílias, afirma ela, é se aproximar do filho quando está jogando. “Alguns pais conseguem jogar junto, o que é uma estratégia interessante”, diz ela. Outra dica é dar o exemplo na relação com eletrônicos. “Não adianta regular o tempo da criança à frente do videogame, mas continuar olhando Netflix ou Instagram sem parar.”

‘Game over’

Nas férias escolares, os videogames estavam praticamente liberados na casa de Marcelo Albuquerque, diretor de área em uma empresa de comunicação. Os filhos Felipe, de 5 anos, e Bianca, de 10, aproveitaram: jogavam mais ou menos seis horas por dia. A partir desta segunda-feira, na volta às aulas, os consoles voltarão às prateleiras. Albuquerque, de 41 anos, diz que o limite diário em frente à tela será de duas horas por dia. Sem choro. E conta que consegue “domar as ferinhas” com diálogo e que nunca teve grandes brigas na hora de tirar o fio da tomada. “Quem não faz a lição não joga videogame”, diz.

Na casa da professora Michele Abbade, a volta às aulas tem sido tranquila. Ela deu espaço para que os dois filhos (João Pedro, de 16 anos, e José Lucas, de 14) participassem da definição das regras, que ficam expostas em uma lista grudada na geladeira.

Só dá para jogar se fizer as tarefas – como cuidar do cachorro e arrumar a cozinha. Durante a semana, três a quatro horas em frente ao videogame. Está dando certo. “Só comecei a me ajustar depois de uma chamada de atenção da pediatra. Ela me perguntou se em casa de ferreiro o espeto era de pau”, diz.

A bolsa de Xangai abriu em queda de 8,7% nesta segunda-feira (3), no primeiro pregão desde 23 de janeiro e após o feriado do Ano Novo Lunar, prolongado pelo governo chinês devido à epidemia do novo coronavírus. Nos 10 dias de pausa, a infecção se alastrou pela China, e o número de mortos saltou de 25 para 361 e o número de casos, de 800 para 17 mil.

A bolsa de Shenzhen também reabriu em queda de 9%. Já o índice da semi-autônoma Hong Kong, que retomou as operações em 29 de janeiro, operava em leve alta de 0,09% nesta segunda.

O yuan se desvalorizou e é cotado a 7 por 1 dólar. Números do coronavírus: 361 mortes na China e 1 nas Filipinas

Ainda no mercado asiático, a bolsa de Tóquio, no Japão, que não chegou a interromper as operações, caía 1,16% na abertura.

Injeção bilionária

O mercado financeiro na China seria reaberto na sexta (31), e já era esperado um derretimento nas ações. Para evitar maiores danos, o Banco Central chinês anunciou uma injeção de US$ 175 bilhões para estimular economia.

Em comunicado, O BC chinês informou que a operação servirá para manter “uma liquidez razoável e abundante” no sistema bancário, assim como para estabilizar o mercado de câmbio.

ROBSON PIRES

 

O presidente Jair Bolsonaro indicou or meio de sua conta no Twitter, que deve encaminhar uma proposta ao Legislativo para alterar a forma de cobrança do ICMS que incide sobre a gasolina e o diesel. A ideia é acelerar a chegada dos cortes feitos nas refinarias, pela Petrobras, ao consumidor.

No post, o presidente propõe a incidência de um valor fixo de ICMS por litro e não mais sobre a média de preço cobrado nos postos. “Os governadores cobram, em média, 30% de ICMS sobre o valor médio cobrado nas bombas dos postos e atualizam apenas de 15 em 15 dias, prejudicando o consumidor”, escreveu Bolsonaro.

O presidente criticou o modelo dizendo que os governadores “não admitem perder receita, mesmo que o preço do litro nas refinarias caia”.

Bolsonaro lembrou ainda que o governo reduziu três vezes os preços da gasolina e do diesel nas refinarias e questionou o motivo do ajuste não ter chegado aos postos. “O presidente da República encaminhará proposta ao Legislativo e lutará pela sua aprovação”, escreveu.

ROBSON PIRES

Uma pesquisa realizada pelo Instituto RadarNE, com exclusividade para a TRIBUNA DO NORTE indica que a maioria dos jovens entre 16 e 20 anos conhece alguém que sofre de depressão. Realizada em Natal em novembro do ano passado, 73% dos entrevistados têm algum amigo, conhecido ou parente com a doença e 4% alegam sofrer.

Para a psicóloga Helena Oliveira, do Conselho Regional de Psicologia, os números mostram dois fenômenos: maior visibilidade da depressão entre jovens e a desconstrução do tabu em torno da doença.

 


“Nós lutamos no plano nacional contra a reforma da maneira como foi concebida e aprovada. Mas perdemos no Congresso, fomos derrotados. A função que ocupo hoje com muito orgulho, de governadora de todos os potiguares, não me permite escolhas.

Eu sou obrigada a cumprir a lei. Há muita desinformação em torno desse assunto, mas precisamos esclarecer as pessoas: a reforma é obrigatória, é necessária. O que está ao nosso alcance para amenizá-la (como diminuir o impacto nos salários menores de ativos e inativos) nosso Governo está fazendo”, acrescentou a governadora.

Fátima só  se esqueceu de falar que o estado está falido, e que o modelo atual de previdência não funciona, pois ele não se sustenta. A governadora se esqueceu também de frisar que dentro de poucos anos o estado teria que para tudo, apenas para pagar a folha.

Num prazo de dez dias, o ABC venceu o América em mais um Clássico-Rei, desta vez pela Copa do Nordeste, neste domingo (2), na Arena das Dunas, em Natal.

O placar desta vez foi 2X1, os gols do alvinegro foram marcados por Wallyson e Igor Goularte. Tiago Orobó fez para o time americano.

Após a derrota, Waguinho Dias foi demitido do cargo de treinador do time alvirrubro.

“Fábrica israelense que extrai água do ar será construída no Brasil.” O anúncio é do presidente Jair Bolsonaro, feito pelo Twitter. Segundo ele, a iniciativa é “mais uma via de enfrentamento da falta de água no Nordeste, além da dessalinização, poços artesianos e [Rio] São Francisco.”

Além de água, o presidente da República acredita que “o empreendimento também criará empregos e desenvolvimento da região.”

Parcerias com Israel para melhorar o abastecimento de água na região Nordeste é defendida por Jair Bolsonaro desde a transição para o seu governo. Há um ano, o ministro Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) viajou para Israel com equipe de técnicos para conhecer experiências de reuso e dessalinização de água.

Diário do Poder

A HISTÓRIA ATÉ AQUI

Quinta-feira (30/01) após a derrubadas dos vetos, o secretário de administração ligou para as secretarias pedindo que aja um freio em todos os gastos da prefeitura. Até fazer uma análise completa.

As 15:30 uma reunião de emergência é feita para administrar um corte que chegou a 30% dos gastos, incluindo contratos com médicos, enfermeiros e cargos comissionados.

SEXTA-FEIRA 31/01/2020

Na última sexta-feira, o Chefe de Gabinete ligou para todos os Secretários para enviar uma lista com todos cargos comissionados e contratos. O Chefe de Gabinete foi claro, e pediu urgência no envio da lista para demissões que vão atingir todas as áreas da administração Municipal.

CONSEQUÊNCIAS

Para evitar consequências judiciais futuras, a administração municipal será obrigada a demitir mais de 100 cargos. Então, é bom deixar claro para as pessoas que podem ser atingidas, que são demissões que somos obrigados a fazer, após a câmara derrubar os vetos feitos pelo prefeito.

MAIS PESQUISAS

Essa é a segunda pesquisa que passa em Macaíba esse ano, mostrando que a disputa municipal realmente vai começar.

SUMIU

O vereador Netinho França desapareceu de uma entrevista onde muita gente estava esperando que o jovem anunciasse sua pré-candidatura a prefeito de Macaíba. O sumiço do jovem pegou todos de surpresa, até mesmo a bancada do Opinião em Foco, que não engoliram as desculpas do vereador.

TRABALHANDO EM SILÊNCIO

Bob Filho (Emídio Junior) é um jovem extremamente habilidoso, que vem trabalhando silenciosamente em uma nomita que conta com mais de 20 nomes de lideranças da Zona Urbana e Rural.  

CONFIRMAÇÃO

Nosso site recebeu as informações que quem vai mesmo sair para vereador, ou melhor, vereadora, será a irmã de Emídio, a professora Erika.  De acordo com algumas pessoas ligadas a família de Bob, Bob Pai não teria mais interesse de voltar a política, mas vai ajudar seu filho caso ele se consagre prefeito.

UNIDOS PELA FÉ

Outra nomita que vem crescendo é a do nosso Iluminado, Denílson Gadelha. Essa corrente de pessoas pode formar a Coligação Unidos Pela Fé, liderado por ninguém mais ninguém menos, que o nosso Iluminado.

CANDIDATO?

Embora não tenha confirmado sua pré-candidatura, o empresário Janssen já conta uma nominata com mais de 20 nomes para acompanha-lo na disputa ao executivo municipal. Ainda que desconverse quando é perguntado ou sondado, a resposta para sua pré-candidatura deve sair nesta segunda-feira, no programa Opinião em Foco, que vai ao ar pela  Cena TV e pode ser acompanhado pela rádio  87,9 FM Macaíba.