Suprem rejeita ação petista contra carreatas

A liberdade de manifestação continua permitida no Brasil, apesar das gestões petistas tentarem derruba-la. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, negou o pedido formulado pelo líder do PT na Câmara dos Deputados, Enio Verri, de suspensão da carreata de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro marcada para hoje (8), em Brasília.

O detalhe aí é que o protesto teria como alvo o próprio STF, segundo o petista. Celso de Mello levou em consideração o “direito fundamental de reunião e a liberdade de manifestação do pensamento: dois históricos precedentes do Supremo Tribunal Federal”.

Aqui no RN, um decreto de outra petista, Fátima Bezerra, proibiu carreatas e manifestações, com a justificativa de evitar o contágio do coronavírus.