O ministro Sergio Moro desanimou os políticos que queriam atacá-lo na audiência da Comissão de Constituição e Justiça do Senado. A discussão acabou sendo sobre quem é contra ou a favor da Lava-Jato e sobre quem quer soltar bandido, o que favorece muito a posição do ministro Moro enquanto juiz da Lava-Jato.

Fica claro que o interesse do PT é apenas soltar o ex-presidente Lula e com isso perde-se a capacidade de contestar o ministro Sergio Moro. No momento, o que foi definido na audiência é que crime é a invasão de telefones de autoridades brasileiras. Apenas PT e PDT tentam criar um clima, e a não ser que apareçam outras coisas muito graves, o escândalo, como apresentado pelo site Intercept e pela oposição, está esvaziado.

MERVAL PEREIRA – O GLOBO

São Paulo, Brasil

“Depois da tempestade, vem a calmaria.”

Esta foi a previsão de Neymar, deturpando o famoso ditado português, “depois da tempestade, vem a bonança.”

Há 13 dias, mostrando o tornozelo direito inchado, por conta do rompimento nos ligamentos, ele garantia que sua vida iria melhorar.

E é exatamente o que está acontecendo.

A começar pelo escândalo sexual que se envolveu.

A modelo Najila Trindade mostrou não possuir aquela que seria a maior prova de sua acusação de estupro e agressão: o celular onde estaria gravado o vídeo de sete minutos que mostraria o jogador a atacando.

Os 66 segundos divulgados mostraram a modelo estapeando Neymar no rosto.

Mas Najila garantia ter filmado o restante do encontro.

E iria mostrar.

Neymar sempre negou que a houvesse atacado.

E que ela mentia.

Garantiu que Najila pediu para tapas nas nádegas durante o ato sexual.

E que não bateu nela sem consentimento.

Garantiu à justiça que falava a verdade.

Tanto que a prova jamais apareceria porque não existia.

Desde que Najila formalizou um Boletim de Ocorrência contra o jogador, no dia 31 de maio, a sua situação só se complica.

Foi abandonada por três advogados.

Por não terem provas das acusações.

A principal: o famoso vídeo.

Primeiro, ela havia dito ter copiado as imagens em um tablet que sumiu, depois de uma estranha história de arrombamento no seu apartamento, não confirmado pela polícia.

A delegada responsável pela investigação do caso, na Sexta Delegacia da Defesa da Mulher, Juliana Bussacos, pediu à modelo o seu celular. Ela se negou a deixar, dizendo que precisava copiar a agenda. Ficou de entregar o aparelho. Não entregou.

E a delegada mandou apreender o aparelho.

Porque mesmo se o vídeo foi apagado seria possível recuperá-lo, se ele existir.

A Polícia foi até o apartamento onde morava para apreender o aparelho, na segunda-feira. Só que encontrou o imóvel vazio. Ela foi despejada por não pagar aluguéis desde agosto de 2018.

Estava em Ilhéus, onde mora o pai.

Porém, teve de voltar a São Paulo, para depor.

E Najila disse ontem haver perdido o celular para a delegada Juliana.

Ainda sugeriu que ele deve ter ficado com o terceiro advogado que abandonou seu caso, Danilo Garcia de Andrade.

Danilo não só negou. Disse que nunca viu o vídeo que a modelo disse ter de Neymar.

Com a alegação que perdeu seu celular cai por terra grande parte da credibilidade do seu depoimento.

Perdeu o apoio da opinião pública.

O caso sofreu enorme reviravolta.

A favor do jogador.

Ele não deve ser indiciado por estupro e agressão.

O quarto advogado de Najila, Cosme Araújo, percebeu a difícil situação de sua cliente.

E quer agora que apenas a palavra de sua cliente seja levada em conta.

Que o vídeo que ela jurava ter seja esquecido.

“Lembra do caso Mike Tyson?

“Qual foi a diferença?

Ele tá condenado.

“Lembra do Robinho?

“Tá condenado a 9 anos em grau de recurso.

“Porque Neymar é o rei?”, pergunta, irritado.

O advogado de Najila fala em acareação.

Quer ver Neymar diante de sua cliente.

Mas ele não tem poder para isso.

É uma prerrogativa da juíza.

E ela não mostra esse interesse.

A modelo corre o risco de ter de enfrentar a justiça.

O pai do jogador estuda com seus advogados processá-la.

Por calúnia injuriosa, por conta da acusação de estupro e agressão.

Neymar também está escapando da acusação de crime digital, por divulgar as fotos de Najila nua. E as mensagens eróticas que trocaram.

Dois funcionários dele assumiram a divulgação.

Bolsonaro saiu em defesa do Jogador!

Neymar garantiu não saber acoplar imagens e mensagens a vídeos no Instagram.

O principal jogador do Brasil pode se tranquilizar.

Viaturas de polícia não irão mais atrás dele em concentrações por conta de Najila.

Tudo indica: deste escândalo está livre.

A tal calmaria parece estar chegando…

Do Blog: A jovem tem varias versões para o mesmo assunto, mas nenhuma delas parece ser verdade. Ou essa jovem é louca, ou tudo não passa de uma golpe de mais uma mulher querendo ganhar dinheiro fácil. Em resumo tudo isso não passa de armação.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu hoje (19), por unanimidade, manter a taxa básica de juros da economia, a Selic, em 6,5% ao ano. É a décima vez seguida que a taxa se mantém inalterada. A decisão era esperada pelos analistas financeiros.

Na avaliação da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o BC só poderá reduzir a Selic após a aprovação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. A entidade cobrou engajamento do governo para mudanças na legislação que reduzam os gastos públicos.

“A decisão mostra a cautela do Banco Central em relação à tramitação da reforma da Previdência e aos possíveis impactos sobre as variáveis econômicas, como o câmbio, o déficit nas contas públicas e o investimento”, informou a CNI em comunicado.

Para a entidade, existe um ambiente favorável à redução dos juros porque a inflação continua abaixo da meta e porque a economia segue com crescimento baixo. “No plano doméstico, diminuíram as pressões sobre os preços e a inflação continua abaixo da meta, e as dificuldades de recuperação da atividade indicam que a economia crescerá menos de 1% neste ano. Além disso, o desemprego continua alto, o que compromete o consumo das famílias”, ressaltou a confederação.

De acordo com a CNI, no cenário internacional, a desaceleração da economia mundial estimula o corte de juros em países emergentes, como o Brasil, antes mesmo de o Federal Reserve (Fed), Banco Central norte-americano, voltar a cortar as taxas. “A queda dos juros é fundamental para estimular os investimentos, o consumo e, consequentemente, o crescimento econômico e a criação de empregos”, conclui o comunicado.

Firjan

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) se posicionou argumentando que havia condições para uma redução da taxa, com objetivo de estimular o quadro econômico. “A economia brasileira segue com elevada ociosidade nos fatores de produção e, com isso, a atividade econômica segue abaixo do seu potencial, sem pressionar a inflação e suas expectativas. Nesse cenário, e diante das sucessivas reduções das expectativas de crescimento para o ano, a Firjan entende que havia espaço para o Copom reduzir a taxa básica de juros, estimulando a atividade econômica sem comprometer a meta de inflação”, sustentou a entidade.

A Firjan reiterou, ainda, que a aprovação da reforma da Previdência, com a inclusão de estados e municípios, “é condição fundamental para a ancoragem das expectativas de inflação e a retomada do crescimento sustentável. Sem isso, corremos o risco de voltar a conviver com um ambiente de baixo crescimento e inflação e juros altos”.

A próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) está marcada para o fim de julho.

Agência Brasil

Acompanhe o primeiro recital deste ano da Escola de Música Municipal que será realizado nesta quinta-feira (20), a partir das 9h da manhã, no Centro de Cultura, na rua Dr. Pedro Matos, Centro de Macaíba. Na ocasião, os alunos do projeto social apresentarão seu talento musical ao grande público. Apresentações de violinos, violões, baterias entre outros instrumentos serão realizadas. Grandes clássicos da música popular brasileira serão interpretados pelos discentes.

Projeto social desenvolvido pela Prefeitura de Macaíba, a Escola de Música foi criada no ano de 2006 e propicia aulas gratuitas de uma série de instrumentos para centenas de estudantes da rede pública e particular de ensino e do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. As aulas acontecem no contraturno das aulas regulares.

A Prefeitura de Macaíba, através da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte, comunica que haverá alteração do fluxo de veículos em algumas vias em virtude da realização das festividades de São João que têm início na próxima segunda-feira (24/06).

A principal via a ser afetada será a Avenida Mônica Dantas, que a partir do dia 24 terá um de seus sentidos (BR-304/Centro) totalmente interditado no trecho que abrange desde em frente ao acesso à Rua Severino Galdino (Rua do Arco-Íris) até em frente à Praça Paulo Holanda Paz. Para quem vier para o centro, o desvio será pela Rua Severino Galdino.

O sentido contrário da Avenida Mônica Dantas terá mão dupla nesse mesmo trecho durante o período entre 2h e 16h. Já a Travessa Alice de Lima e Melo (rua na lateral da Prefeitura) será totalmente interditada na ocasião. Essas alterações serão válidas entre esta quinta-feira (20/06) e a segunda-feira (02/07).

Mais detalhes na imagem ilustrativa.

Assecom-PMM

A Prefeitura de Macaíba decretou ponto facultativo para as instituições públicas da rede municipal para a próxima sexta-feira (21/06), um dia após em que se celebra tradicionalmente o Corpus Christi.

Vale lembrar que não estão incluídos no decreto: “as Unidades de Saúde e correlatas que atuam em regime de plantão como também as atividades de fiscalização de trânsito”. O decreto confirmando esse ponto facultativo foi publicado no Boletim Oficial do Município, Ano II, nº 0259, datado de 17/06/2019.

Secretaria de Esportes e Lazer aberta no feriado

Outro ponto importante a ser destacado é que a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer irá funcionar em plena data de Corpus Christi no horário das 8h às 12h. O motivo é o período em curso de fazer as inscrições da 51ª Corrida Augusto Severo para os atletas residentes em Macaíba.

Assecom-PMM

Um adolescente de 17 anos, identificado como Alison de Souza Martins, morreu na noite desta terça-feira (19) após trocar tiros com policiais militares na Zona Norte de Natal. O rapaz ainda foi socorrido ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a PM, Alison estava em um Celta branco, juntamente com o motorista do veículo, quando o carro foi abordado por policiais do 4º Batalhão. Os policiais militares disseram que o Celta transitava em atitude suspeita pela Avenida das Fronteiras, no bairro Potengi.

Quando os PMs se aproximaram do carro, o condutor se identificou como motorista de um aplicativo. Foi quando o menor infrator reagiu à abordagem. Ainda de acordo com os policiais, o rapaz sacou uma arma e começou a atirar. Houve revide e Alison acabou ferido. Os PMs ainda socorreram o adolescente para o Hospital Santa Catarina, onde ele acabou morrendo.

Com o adolescente, os policiais apreenderam um revólver calibre 32 com duas munições deflagradas. O motorista do Celta não se feriu.

Foto: Elisa Elsie

A governadora Fátima Bezerra se reuniu com representantes da Fetraf (Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar), nesta segunda-feira (17), na sede da entidade, no bairro da Cidade da Esperança, e reforçou o compromisso do Governo do RN de fortalecer e expandir a agricultura familiar. Após ouvir a pauta apresentada pelo coordenador geral, João Cabral, ela confirmou que irá sancionar o projeto de lei recém-aprovado na Assembleia Legislativa, de autoria da deputada Isolda Dantas, que estabelece o Programa Estadual de Compras da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Pecafes).

Com a consolidação do novo programa, as compras diretas e indiretas do Governo do Estado deverão ser compostas por no mínimo 30% de itens oriundos da agricultura familiar. A Fetraf representa cerca de 80 mil famílias de agricultores, ligadas aos 50 sindicatos que compõem a federação. Além dessa reivindicação, que será contemplada com a legislação que irá entrar em vigor em breve, os agricultores apresentaram uma extensa lista de reivindicações. Segurança hídrica, infraestrutura, manutenção e ampliação de programas de incentivo, celeridade na emissão de selos de certificação, capacitação de lideranças e orientação técnicas para os pequenos produtores rurais estão entre as principais.

“A pauta de vocês está muito alinhada com o nosso compromisso de governo. Por isso eu os convido, em primeira mão, para ao ato de sanção da lei de Isolda Dantas”, declarou Fátima, que estava acompanhada dos representantes da Sedraf (Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural), Lucenilson  Ângelo (secretário adjunto), Emerson Inácio Cenzi (coordenador de compras e mercado e João Vicente (coordenador de assuntos fundiários), e do representante da Emater-RN (Instituto de assistência Técnica e Extensão Rural), Hidelmar Peixoto (chefe de gabinete).

João Cabral enfatizou a importância das casas de sementes disporem das sementes crioulas, produzidas e armazenadas pelos próprios agricultores, como forma de disseminação das culturas originais dos pequenos produtores familiares. Neste caso, a Sedraf já anunciou que a partir de 2020 o Programa de Aquisição de Sementes vai garantir pelo menos um terço para as sementes regionais. “Já está mais do que na hora a mudança no sistema de distribuição e aquisição de sementes”, destacou Cabral, salientando que nos moldes atuais, as sementes chegam com atraso, além de não atenderem à demanda dos agricultores.

A governadora reiterou a importância de cada item apresentado e orientou que os gestores da Sedraf e da Emater deverão estabelecer um calendário para pontuar, com a Fetraf, cada item da pauta. “Reafirmo também o nosso compromisso de apoiar e dar continuidade à Cecafes. Eu me orgulho bastante de ter feito parte da luta de implantação daquele espaço”, refere-se à Central da Agricultura Familiar e Economia Solidária, situada na avenida Mor Gouveia, esquina com rua Jaguarari, no bairro de Lagoa Nova, um grande mercado varejista que reúne representantes de 10 cooperativas de pequenos produtores rurais.

Informações e foto da Assecom/RN

Fotos: Sérgio Nascimento

Após a criação de um plano de modernização com nova sistemática de controle para o Programa do Leite Potiguar (PLP) pelo Governo do RN, o município de Macaíba foi contemplado para ser pioneiro nessa experiência, tornando-se referência para o estado potiguar.

A partir de agora, será utilizada a tecnologia de QR CODE (código de barras) com um aplicativo de georreferenciamento (GPS) conectado à plataforma web para fazer o controle da distribuição do leite desde o produtor, passando pela usina, até o beneficiário final, prevenindo assim desvios e fraudes no processo.

Essa plataforma web poderá ser acompanhada pelos fiscais do programa e pelo próprio Ministério Público, em Natal e em cada comarca do estado. Isso permitirá saber a cada dia quantas e quais pessoas receberão o leite em cada ponto de entrega. Assim, O leite sempre será enviado em quantidade e qualidade adequadas.

O prefeito Fernando Cunha, o presidente da Câmara Municipal, Gelson Lima, e a secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Andréa Carla, foram até a comunidade quilombola de Capoeiras na tarde desta terça-feira (18/06), onde acompanharam a prática do novo Programa do Leite. Também estiveram presentes no ensejo Josiane Bezerra, secretária adjunta da Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS/RN); Kize Arachelli, coordenadora do Programa do Leite Federal; e Sandro Trigueiro, coordenador do Programa do Leite Estadual.

*Assecom-PMM

*Com informações da SETHAS/RN

 

 

 

A bancada do Intercept é numerosa.

O Globo listou oito senadores que vão sabatinar Sergio Moro e que foram citados na Lava Jato:

1) Humberto Costa

2) Otto Alencar

3) Cid Gomes

4) Eduardo Braga

5) Antonio Anastasia

6) Esperidião Amin

7) Ciro Nogueira

8) Jader Barbalho

Faltou um monte de gente, como Jaques Wagner, Renan Calheiros, Fernando Collor, Paulo Rocha, Kátia Abreu e até mesmo o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho.