OS ABSURDOS DO GOVERNO FÁTIMA: Sem exame que custa R$ 1, pacientes podem morrer no Hospital da Polícia

A UTI adulto do Hospital da Polícia Militar, referência para pacientes com covid-19, não tem o exame de gasometria arterial, que é essencial para o manuseio adequado de quem está no estado crítico.

É absurda a falta de atenção do poder público nesse sentido. Definitivamente, não adianta apenas divulgar que está “abrindo leitos” ou “conseguindo respiradores”. Detalhe: os kits de gasômetro custam cerca de R$ 200 e permite a realização de 200 exames, ou seja, custa R$ 1.

Basicamente, é por meio desse exame que se define as “estratégias ventilatórias” que serão adottadas ou modificadas. Ou seja: é fundamental para o trabalho dos profissionais do Hospital da Polícia. Se demorar, o paciente pode morrer e não será por falta de leitos, será por falta de um exame que custa, repito, R$ 1.