O voto de Toffoli sobre habeas corpus que pode anular sentenças da Lava Jato

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, deve fazer duas sugestões no voto do julgamento do habeas corpus que pode anular sentenças da Lava Jato, diz a Crusoé.

O presidente do STF deve propor na próxima quarta-feira que, para ter a condenação anulada, o réu tenha reclamado da ordem das alegações finais ainda na primeira instância.

O ministro também deve propor que a defesa comprove que ficou prejudicada por não ter se pronunciado por último.

O Antagonista