Em Natal, brincadeira de mau gosto teria motivado a tragédia entre amigos na confraternização de jipeiros

Fantone não resistiu aos ferimentos causados pelo amigo de quase 20 anos. Foto: Reprodução/redes sociais

A discussão que terminou em uma tragédia entre amigos, durante confraternização da associação Litoral Jeep Clube, na noite desse sábado, no litoral norte, teria sido iniciada, após uma brincadeira de mau gosto com o acusado (Ailton Berto da Silva).

Segundo fonte ouvida pelo Blog do BG, tudo começou quando um integrante do grupo (Maicon) teria apalpado as nádegas de Ailton, que não gostou e o agrediu com um tapa no rosto. Em seguida, sacou a pistola para intimidá-lo. “Ninguém achava que ele fosse atirar, apenas fazer medo. Tanto que Fantone Maia foi até a ele (Ailton) para controlarr a situação. Foi quando ele (Ailton) atirou contra Maicon e depois saiu atirando em todo mundo, inclusive em Fantone. Nosso colega foi atingido por cinco disparos e morreu ali mesmo”, contou.

Foto: Reprodução/Facebook – Fantone (de óculos) foi alvejado com vários tiros disparados por Ailton (ao lado dele)

Durante o atentado a tiros, os jipeiros Arthur Macedo e Ivo Bruno também foram atingidos. Eles foram socorridos e permaneciam até o momento em observação na UTI dos hospitais Walfredo Gurgel e Santa Catarina.