ELEIÇÕES DE MACAÍBA EM…”O CASTELO DE CARTAS MARCADAS”

Nos últimos dias, vários acontecimentos balançaram as estruturas emotivas, afetuosas, psicológicas e também financeiras de um determinado grupo político que se auto-intitula como ” A verdadeira mudança” onde este grupo é formado por uma gama de vereadores e muitos deles com quase 30 anos de mandato, ou seja: fazendo o INSS de bobo.
Pois bem, correm nos ouvidos dos espectadores de plantão, quê mesmo antes da então candidatura oficial dos postulantes ao cargo de prefeito e vereadores respectivamente, já existe um loteamento mal dividido entre os cargos a serem distribuídos pela gama de Edis, Prefeito e vice-prefeito, segundo informações, tem uma secretaria municipal que já foi prometida a pelo menos meia dúzia de pessoas, aí surge a pergunta: onde vai caber tantos gabinetes em um único prédio possivelmente locado, levando em consideração que só existe uma vaga para tal?
A coisa tá tão mal arquitetada que tem vários candidatos oferecendo o mesmo cargo à várias pessoas diferentes sem uma simples consulta à corte, sem falar que a própria corte, já tem um possível mapeamento de divisão simples que funciona +- assim: de cada 10 cargos, 5 seriam para o prefeito, 2 para o vice, 2 para o presidente da câmara e 1 para sortear com a base de apoio (vereadores da base).


Talvez seja por isso que a vaga de presidente da câmara esteja mais disputada que a própria eleição municipal em si e pelo que sabemos a campanha ainda engatinha e já tem muitos candidatos estocando fogos de artifício para novembro. Vai um conselho: guardar muita pólvora em casa é um risco muito alto, já que os candidatos andam soltando muitas faíscas por onde passam.,

Por J. Soares