Acabou: A Fiat Chrysler desiste da fusão com a Renault

A Fiat Chrysler anunciou que não irá mais fundir-se com a Renault.

O motivo são as exigências do governo francês, acionista minoritário da Renault.

O governo da França queria que houvesse uma sede “operacional” da empresa no país, a garantia de que fábricas não seriam fechadas e empregos seriam mantidos. Além disso, exigia que houvesse um representante do governo francês no conselho de administração.

Paris queria praticamente estatizar a nascente Fiat Chrysler/Renault.