Vídeo: Em entrevista personal traído com morador de rua afirma: “Meu casamento continua” - Informativo Atitude

Vídeo: Em entrevista personal traído com morador de rua afirma: “Meu casamento continua”

Um vídeo divulgado pelo Metrópoles, na última segunda-feira (14/3), chocou a internet e virou um dos assuntos mais comentados nos últimos dias. A história que viralizou é sobre um homem que agrediu um morador de rua após vê-lo dentro de um carro tendo relações sexuais com sua esposa.

Tudo começou com sumiço de Sandra Mara em Planaltina. A empresária havia saído para ajudar pessoas em situação de rua em uma ação da igreja evangélica que frequentava. Muitas horas sem ter notícias e aflito, Eduardo Alves procurou sua esposa pelas ruas da cidade até que a encontrou tendo relações sexuais com um morador de rua dentro do carro. Eduardo agrediu o home.

Morador de Rua se Pronuncia

O homem em situação de rua envolvido na polêmica nacional, finalmente, deu sua versão do caso. Em depoimento à Polícia Civil, vazado pela internet e divulgado pela coluna Na Mira, do Metropoles, o homem afirmou que não conhecia a mulher e negou o estupro.

Segundo ele, o homem em situação de rua contou aos policiais que, por volta das 21h30, um carro parou nas proximidades da escola paroquial, em Planaltina.

Dentro do veículo estaria a companheira do personal trainer, que ele disse não conhecer, apesar de haver fotos circulando nas redes sociais que mostra que os dois já haviam se encontrado.

Segundo ele, a mulher o chamou e pediu para que se aproximasse. Logo em seguida, teria dito: “Vamos brincar?”. Na sequência, o morador de rua disse ter sido convencido pela mulher a entrar no veículo.

Afirmou ainda que, enquanto estava nu e tendo relações com a motorista no interior do carro, um “homem bravo invadiu o veículo” e teve início a uma briga. O morador de rua de 48 anos ainda está no Hospital Regional de Planaltina (HRP).