Restos mortais de golfinho são encontrados em praia de Natal

Os restos mortais de um golfinho foram encontrados na manhã desta sexta-feira (11) na Praia de Areia Preta. A praia fica no bairro de mesmo nome, na Zona Leste de Natal.

O animal foi encontrado por técnicos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema), que estavam fazendo monitoramento das áreas atingidas pelas manchas de óleo preto. A substância oleosa foi identificada em praias de todo Nordeste e está sob investigação.

Os biólogos do Projeto Cetáceos da Costa Branca, da Universidade do Estado do RN, (PCCB-UERN) foram acionados e irão recolher a carcaça do golfinho para identificar as causas da morte do animal.

Por enquanto, não é possível apontar se o caso tem relação com o óleo encontrado nas praias. Os técnicos que encontraram o golfinho não descartam a hipótese de que o animal tenha ficado preso nas pedras.

As manchas de óleo, que já atingiram 138 localidades em todos os nove estados do Nordeste começaram a aparecer no dia 2 de setembro. As investigações indicam que a substância seja petróleo cru.

Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), pelo menos nove tartarugas e uma ave foram encontradas banhadas de óleo. Os reais danos à fauna marinha só poderão ser calculados conforme avanço das investigações, que envolvem Idema, Ibama, Marinha do Brasil e outros órgãos.

OP9