Rede também vai à Justiça contra campanha bolsonarista

A Rede também vai acionar a Justiça Federal de Brasília para tentar suspender a propaganda do governo federal que diz que “o Brasil não pode parar”.

A ação que está sendo preparada pedirá até o bloqueio de bens do presidente no valor do contrato da peça publicitária, “para posterior ressarcimento ao erário”.

O partido também quer o fim de pronunciamentos de Jair Bolsonaro contrários a recomendações da OMS e que o presidente apresente os resultados dos exames feitos para testar o novo coronavírus.