PM que perdeu a filha em atentado diz que já sabe quem são os bandidos: “Se eu fosse vocês, me entregava” - Informativo Atitude

PM que perdeu a filha em atentado diz que já sabe quem são os bandidos: “Se eu fosse vocês, me entregava”

O policial militar reformado Wendel Fagner Cortez, que perdeu a filha Laura, de apenas 4 anos, durante um atentado na Zona Norte de Natal em pleno Dia dos Pais, afirmou nesta terça-feira (10) que já sabe a identidade dos criminosos que mataram a menina.

Em entrevista ao programa “Patrulha da Cidade”, da TV Ponta Negra, o policial mostrou fotos de dois homens que ele diz terem atirado contra a menina no último domingo (8). Fazendo um apelo por investigação célere do assassinato, Wendel Cortez afirmou que vai entregar as imagens para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

O policial declarou que espera que os bandidos sejam capturados com vida.

“Quero que vocês sejam presos. A Paraíba, o Ceará e o Rio Grande do Norte estão na captura. Não para matar vocês, mas para prender. E, se eu fosse vocês, me entregava, porque a gente já sabe quem é (sic) vocês e vocês vão ser caçados, no bom sentido, e vão ser presos”.

Com informações da 98FM