O Presidente Jair Bolsonaro consultou cúpula militar antes de nomear general para a Casa Civil

Jair Bolsonaro “só oficializou a ida de Braga Netto para o posto depois de ouvir o comandante do Exército, Edson Pujol, e o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva”, diz O Globo.

“Segundo aliados, o gesto foi em respeito à hierarquia militar. Bolsonaro queria saber se a caserna chancelaria sua escolha. Como resposta, ouviu que Braga Netto estava à disposição”.