Fiscalização descobre ‘gato de energia’ que abastecia hospital particular em Natal

Uma ligação clandestina de energia elétrica, conhecida como “gato”, abastecia irregularmente um hospital particular do bairro Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal. O caso foi descoberto em fiscalização da equipe técnica da Companhia de Energia Elétrica do Rio Grande do Norte (Cosern), com apoio da Polícia Militar, na manhã desta quinta-feira (26). O gato foi desativado, segundo a empresa.

O roubo de energia é crime, com pena que pode chegar a oito anos de prisão, segundo a Cosern. Ao longo do ano de 2019, 14 pessoas foram presas em flagrante pela polícia em todo estado, cometendo a irregularidade.