Escândalos da Igreja Católica do RN: Furto, extorsão, política, filmagens e sexo - Informativo Atitude

Escândalos da Igreja Católica do RN: Furto, extorsão, política, filmagens e sexo

A Santa Igreja Católica do RN é profana. Semana passada, um padre em Natal foi suspenso depois que filmagens dele em um motel rodou a cidade. Em Currais Novos, outro padre do norte do país, resolveu furtar objetos da igreja, a Polícia Civil com autorização da justiça fez uma busca e apreensão na casa dele e encontrou os objetos surrupiados da igreja, o padre foi afastado.

Teve o padre dos verdes campos do vale do Ceará-Mirim, com histórias arrepiantes, que ganhou promoção dentro do clero da diocese de Natal.

Se você pegar a estrada para a Paraíba, a BR-101, vai passar por duas cidades com sérios problemas. Tem uma que o padre sofre extorsão por causa de um namoro. Em outra, o caso é muito mais grave, com menores, mesmo assim, tudo é jogado para debaixo do tapete.

Sem falar do uso político da igreja em prol dos vermelhinhos sem nenhum constrangimento.

A arquidiocese de Mossoró, em que pese a administração financeira profissional, é uma bagunça do ponto de vista moral, a de Caicó é quase um partido político e a de Natal nesse momento só tem uma preocupação, quem será o novo bispo escolhido, por isso melhor não ter nenhum escândalo.

O papa Francisco, tão moderno, deveria aprovar o casamento dos padres com qualquer sexo, melhoraria muito mais a imagem, porque não precisaria fazer escondido o que todo mundo enxerga (isso aboliria o pecado da carne). Outra coisa importante, seria o ordenamento de mulheres (padras), inclusive casadas, supriria a déficit de padres.

Por fim, aqueles que pregam a fé, até em respeito aos seus fiéis, deveriam deixar a política partidária de lado.

Fonte: Blog do Gustavo Negreiros