Embaixador do Brasil na França estranha 300 ONGs na Amazônia e nenhuma no Nordeste

O embaixador do Brasil na França, Luís Fernando Serra, disse à Folha que é hora de “virar a página” sobre a crise bilateral. “Houve excessos de parte a parte.”

Serra, que chegou a ter seu nome cotado para chanceler durante a transição, ratificou o discurso de desconfiança de Jair Bolsonaro sobre as ONGs que atuam na Amazônia.

“Dá para desconfiar que tem uma agenda escondida quando você vê 300 ONGs na Amazônia e zero no Nordeste. Por que 55 milhões de nordestinos não merecem uma ONG, e os 25 milhões que moram na Amazônia merecem 300?”