Bolsonaro diz que governo quer Bolsa Família no mínimo a R$ 300, podendo chegar a R$400,00, e confirma estudo de “Vale gás” a cada 2 meses para beneficiados pelo programa - Informativo Atitude

Bolsonaro diz que governo quer Bolsa Família no mínimo a R$ 300, podendo chegar a R$400,00, e confirma estudo de “Vale gás” a cada 2 meses para beneficiados pelo programa

O presidente Jair Bolsonaro comentou nesta quarta-feira(04) o valor sobre o preço do gás de cozinha, alvo de críticas da população, e confirmou em primeira mão ao BG que o governo tem um estudo avançado com a Petrobras para a disponibilidade de 1 botijão de gás a cada 2 meses para beneficiados pelo Bolsa Família.

Segundo Bolsonaro, o estudo do “vale gás” foi encaminhado a Petrobras, com um fundo orçado em cerca de R$ 3 bilhões. O presidente, porém, destaca que a Petrobras também tem parte de uma participação privada e depende de um consenso para a posterior implementação.

Sobre o valor do botijão de gás, Bolsonaro destaca que zerou o imposto federal, e que o valor elevado passa pelo ICMS do respectivo governador do estado, além da soma da margem de lucro de quem está vendendo. O presidente, por fim, entende que essa questão foge de seu alcance, e que fez a sua parte. “Podia estar no valor de R$ 60 a 65,00”, disse, aconselhando a população a cobrar das autoridades e seus governantes.

Sobre o Bolsa Família, Bolsonaro disse que a média hoje em dia está em R$ 192,00(centro e noventa e dois reais), e que a ideia do governo é levar o valor no mínimo a R$ 300,00, podendo chegar a R$ 400,00.