Arquivos

Foi uma verdadeira chuva de balas nas imediações da Rua Eloi de Souza, mais conhecida como Baixa e na Vila São José, próximo ao Posto Ramalho. O tiroteio durou mais de uma hora e deixou todos que moram na área apavorados.

PODER DE FOGO

O poder de fogo demonstrado no confronto foi assustador, com direito a Pistola, Metralhadora e fuzis. Quem ouvi garante que foi algo realmente aterrorizante, em meio a chuva de balas e gritos de terror. Segundo alguns relatos, houve feridos e casas teriam sido invadidas. O confronto começou às 2h da manhã e só terminou às 3:20h.

OPERAÇÃO

Na manhã deste domingo (28), policiais fizeram uma operação nas imediações do Beco do Angelim, que tem acesso a Rua Elói de Souza.  A operação contou com a presença de vários policiais encapuzados e fortemente armados.

PREOCUPADO  

O delegado Normando Feitosa, demonstrou preocupação com o quadro que está se configurando em Macaíba. Segundo o delegado, Macaíba precisa urgentemente de um plano de segurança.

FOCO NA SEGURANÇA

Normando em uma operação em Macaíba que cominou em varias prisões

Caso vença as eleições deste ano, o delegado Normando Feitosa pretende implantar um plano de segurança que inclui uma guarda municipal, além, de parcerias com a PM e a Polícia Civil. “Minha meta será cuidar de toda Macaíba, em especial da segurança”, disse o Delegado.

 

Enquanto a Prefeitura de Natal deve iniciar a retomada da economia, o Governo do RN estuda alterar o protocolo já divulgado para a primeira fase de abertura econômica.

Durante a coletiva de imprensa desta segunda-feira (29), o secretário Carlos Eduardo Xavier da Tributação informou que a governadora Fátima Bezerra vai se reunir ainda hoje, com representantes do setor produtivo e chefe dos poderes, para tratar da portaria que vai alterar as regras de flexibilização para a retomada da economia.

“Ainda hoje (29), nos devemos divulgar uma portaria alterando aquelas regras para o processo de retomada”, afirmou o secretário estadual de tributação, Carlos Eduardo Xavier.

A previsão é que na próxima quarta-feira (1) , o novo decreto seja oficializado.

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta segunda-feira(29). Os casos confirmados chegam a 28.970.

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 994, sendo 06 óbitos nas últimas 24 horas e demais confirmados após exames laboratoriais dos últimos dias.

Os casos suspeitos são 42.230. Descartados somam 46.470. Recuperados são 2.904.

O comitê científico de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no Rio Grande do Norte, em coletiva no fim da manhã desta segunda-feira(29),  afirma que há redução na pressão sobre leitos de UTI no estado. Conforme noticiado nos últimos dias, a taxa de transmissibilidade da doença também surge como notícia positiva, confirmando diminuição.

“Já está consolidado que a taxa de transmissibilidade está caindo de maneira gradual, o que é do curso da pandemia. Esse dado já se consolida há mais de 15 dias e o comitê científico já entende como um dado seguro”, revelou o professor Ricardo Valetim, integrante do comitê e coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) da UFRN.

Segundo o coordenador do Lais, há ainda uma pressão por ocupação de leitos e UTI. Porém durante seis dias consecutivos foi registrada uma redução na solicitação por novas vagas nesses leitos críticos.

“Porém, isso não é algo que permita que a sociedade se descuide e relaxe o isolamento social. Pelo contrário: se nós quisermos voltar a uma normalidade, é preciso a colaboração de todos de maneira solidária, setor produtivo, escolas, sociedade, governo. Todo mundo se mantendo ainda vigilante com relação à questão da pandemia, que ainda continua bastante agressiva”, alertou.

O Rio Grande do Norte registra neste momento 994 óbitos, e ainda tem 161 sob investigação.

Nem sempre receber a notícia de cura significa que o paciente se recuperou completamente de todas as complicações causadas pela Covid-19. Para uma parcela de infectados, em especial os casos mais graves que exigem internação em unidades de terapia intensiva (UTI), há riscos de comprometimento dos pulmões, rins, coração e até do cérebro. O pulmão, principal alvo da doença, tende a demorar mais para se recuperar.

Segundo o médico do hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, José Rodrigues, depois que o vírus vai embora, a inflamação pode continuar comprometendo o funcionamento do órgão. O pneumologista afirma que as sequelas podem permanecer por semanas ou até meses.

Na maioria dos casos, os sintomas podem ser um cansaço leve, uma redução da resistência na prática de atividades físicas ou alterações em exames. Quanto aos rins, muitas pessoas que vão para a UTI sofrem com insuficiência renal e precisam de hemodiálise durante a internação. Geralmente, são pelo menos três meses para a recuperação completa. Segundo nefrologista e professor da Escola de Medicina da PUC do Paraná, Rafael Weissheimer, cerca de 10% dos pacientes que contraem o coronavírus apresentam algum dano renal.

Seja pela inflamação exacerbada ou por um ataque direto do vírus, o peito também pode sofrer no longo prazo. Para o cardiologista Leandro Rubio, o acompanhamento de pacientes que se recuperaram de um quadro grave deve continuar mesmo após a alta médica.

A Caixa Econômica Federal começa nesta segunda-feira (29) os primeiros pagamentos emergenciais de até R$ 1.045 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), para os nascidos em janeiro.

Os pagamentos serão feitos até setembro, em um calendário escalonado que segue o mês de aniversário dos beneficiários, com um intervalo de uma semana para os meses seguintes de nascimento. Ou seja, quem nasceu em fevereiro terá o recurso liberado na próxima segunda-feira, dia 6 de julho, e assim por diante.

O depósito é feito automaticamente para todos os trabalhadores com saldo no FGTS, por meio de crédito em uma conta especial aberta pela Caixa no nome de cada um dos cotistas do fundo, a Conta Poupança Social Digital. Quem não quer receber deve informar à Caixa com 10 dias de antecedência, pedir a devolução ou não mexer no valor depositado.

Nas primeiras semanas após o depósito, o valor creditado não fica disponível para saque. O saldo permanece na conta digital e pode ser usado para pagamento de contas e boletos e compras online e por maquininhas, por meio do aplicativo Caixa Tem.

Para os nascidos em janeiro, o resgate do dinheiro poderá ser feito a partir de 25 de julho. Os trabalhadores podem fazer uma transferência eletrônica do valor para qualquer banco, sem custo, ou sacar em espécie nas agências da Caixa.

O governo do estado não aprende. No dia 3 de junho pagou adiantado R$ 1.750.000,00 para a Organização Social Avante.

Isso para a abertura de 20 leitos de UTI no Hospital João Machado e 10 Leitos de UTI no Hospital de Macaiba. O contrato é no valor total de R$ 10.500.000,00.

A empresa vem adiando início dos serviços. Toda semana empurra para frente. A última promessa foi para amanhã (domingo), ocorre que só tem um médico na escala. Mais um absurdo sem tamanho de um governo irresponsável.

O RN já levou um calote de mais de 5 milhões do Consorcio Nordeste, é a governadora não aprende que não se pode adiantar dinheiro

PROCESSADA

A Organização Social Avante, que recebeu adiantado R$ 1.750.000,00 para administrar 30 leitos de UTI (20 no Hospital João Machado e 10 no Hospital de Macaíba), é ré em um processo de Improbidade Administrativa em Minas Gerais.
A ação foi protocolada em 27 de maio 2020, referente a um contrato de 2014, o valor não é muito alto, R$ 76 mil. Mas a questão é o somatório, uma empresa sem equipe, sem estrutura, que promove a paz social (?), informa em seu site que vai administrar um hospital de campanha quando na verdade são leitos de UTIs, recebe um valor exorbitante adiantado, não fez a estrutura para funcionar, vem de Minas Gerais para contratar até lavanderia aqui no RN, não é algo muito comum. Porém, temos aí algo muito interessante, a governadora Fátima Bezerra pode tudo aqui no RN. Então tá tudo certo.

Fechando Tudo

Enquanto a governadora, não cumpre seu papel de aumentar os leitos de UTIs, a Policia saiu fechando tudo no Alecrim em Natal e no centro de Macaíba. Com o argumento da superlotação, ou melhor pela falta de leitos que a governadora ainda não providenciou. O interessante nisso tudo, é que o governo  Fátima mata o comercio de um lado, e a falta de estrutura da saúde, promovida pelo próprio governo do estado, faz que o coronavirus mate pessoas do outro.

Com dois Tópicos Extraídos  do Blog Gustavo Negreiros

O grupo farmacêutico chinês China National Biotec Group (CNBG) informou neste domingo, 28, que uma vacina contra o novo coronavírus em desenvolvimento pela empresa se mostrou capaz de imunizar todas as pessoas que receberam as doses. Participaram desta etapa 1.120 indivíduos, sendo que todos produziram anticorpos contra o vírus causador da covid-19.

“Com referência a produtos similares no passado, combinados com dados humanos existentes, sugere-se inicialmente que a nova vacina desenvolvida seja segura e eficaz”, diz o texto publicado pela CNBG na rede social chinesa WeChat.

Na nota, o grupo também disse ter construído uma fábrica em Pequim com capacidade de produzir até 120 milhões de unidades da vacina a cada ano.

Fonte: Uol

Pouco mais de um ano após o acidente aéreo que matou o cantor Gabriel Diniz, sua então namorada, Karoline Calheiros, foi às redes sociais denunciar um fã do músico que a persegue e a ameaça de morte “todos os dias”.

Conhecido pelo hit “Jenifer”, Diniz morreu aos 28 anos, em 27 de maio do ano passado. Ele estava a bordo de um monomotor que fazia um voo irregular e que caiu em um povoado a 66 km de Aracaju (SE).

“Eu não queria expor isso e dar atenção, mas já está passando dos limites e é bem delicado”, afirmou Karoline em uma série de Stories do Instagram. “Desde que Gabriel faleceu, tem uma pessoa que me odeia. Ele me perturba todos os dias, perturba meus amigos, diz que eu sou a culpada pela morte de Gabriel, estou até me tremendo de raiva aqui.”

De acordo com ela, o fã chegou a ligar para sua família, além de comentar em suas publicações em todas as redes sociais. “Acontece todos os dias desde que Gabriel faleceu.” Ela denunciou o fã à polícia e agora aguarda alguma providência legal.

Fonte: Uol

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou que o tempo de trabalho rural infantil pode ser computado para efeitos previdenciários. Na decisão, o tribunal reconheceu a ilegalidade do trabalho infantil, mas entendeu que não somar o tempo para o cálculo da aposentadoria é punir o trabalhador duas vezes.

O caso, julgado no inicio deste mês, envolveu um homem que começou a trabalhar com a família na zona rural aos 11 anos de idade e pediu à Justiça que o período trabalhado antes de completar 14 anos fosse somado ao tempo de serviço para solicitação da aposentadoria da Previdência Social. Nas instâncias inferiores, somente o período trabalhado a partir dos 14 anos foi aceito por ser permitido por lei.

No STJ, a Primeira Turma manteve a jurisprudência do tribunal e entendeu que não há idade mínima para reconhecimento do período de trabalho rural infantil para fins previdenciários. No voto sobre a questão, o ministro Napoleão Nunes Maia, relator do caso, afirmou que o reconhecimento não é uma chancela do Judiciário ao trabalho infantil.

“Reafirma-se que o trabalho da criança e do adolescente deve ser reprimido com energia inflexível, não se admitindo exceção que o justifique. No entanto, uma vez prestado o labor o respectivo tempo deve ser computado, sendo esse cômputo o mínimo que se pode fazer para mitigar o prejuízo sofrido pelo infante, mas isso sem exonerar o empregador das punições legais a que se expõe quem emprega ou explora o trabalho de menores”, disse.

No dia 12 deste mês, em referência ao Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, diversas entidades lembraram que, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem cerca de 2,5 milhões de crianças e adolescentes trabalhando ilegalmente.

Agência Brasil