123ª – Mulher encontrada morta na noite de ontem era acusada de fazer parte de facção criminosa

Joseana Raquel de Morais Frutuoso de 18 anos de idade, com endereço da Rua Anatalia de Melo Alves, no bairro Paredões, foi encontrada morta com quatro tiros na cabeça, numa estrada carroçável entre o conjunto Geraldo Melo e o bairro Dom Jaime Câmara em Mossoró, por volta das 09h da noite de hoje, 25 de agosto.

Joseana não conduzia documento de identificação e só foi identificada na manhã de hoje, por seus familiares que compareceram ao Instituto de Medicina Legal do Itep com a devida documentação.

Os detalhes de uma tatuagem na batata da perna direita com o nome de “João Lucas” e os dizeres: Gerado em meu corpo e em meus sonhos e na minha alma, com a data de 08 de 06 de 2018, pode ter sido importante para a identificação da vitima, que no momento do crime não portava qualquer documento.

Joseana havia sido presa no mês de Maio, na cidade de Umarizal, acusada de fazer parte de uma facção criminosa com atuação na região Oeste do.

Ela foi encontrada emborcada e segundo o perito responsável pelos procedimentos no local do crime, apresentava cerca de 04 perfurações na cabeça, provocadas possivelmente por revolver. No local, apenas um projetil foi encontrado, mas segundo o perito Luiz Pedro, não foi identificar o calibre da arma utilizada.

Segundo informações, militares da Rocam realizavam buscas na região, tentando localizar uma motocicleta tomada de assalto no Dom Jaime Câmara, quando foram acionados pela Central de Operações da Policia Militar, com a informação de disparos de arma de fogo na região.

Quando a guarnição chegou ao local, já encontrou a mulher sem vida.

O CÂMARA