Veja mais detalhas da tragédia que aconteceu em Parnamirim - Informativo Atitude

Veja mais detalhas da tragédia que aconteceu em Parnamirim

A tragédia do Condomínio Life, na María Lacerda, Nova Parnamirim, ceifou duas vidas. Maurício Rocha, autor dos fatos, tinha 40 anos, e Kalina Azevedo Marques, 41 anos, ambos trabalhavam em uma produtora de vídeo na capital.

De acordo com um parente de Kaline, o casal estava separado há algum tempo, e no momento de entrar no apartamento, adquirido por ambos, Maurício Rocha ordenou a Kalina que sua filha e o namorado (genro) ficassem de fora.

“Minha tia nasceu em Mossoró, morou em Patu durante muito tempo da sua vida, e por muitos anos também ia a Caicó, onde também brincava o carnaval, tosos os anos. Era uma pessoa feliz”, descreveu o jovem sobrinho.

Kalina deixou duas filhas de outro relacionamento, uma jovem de 24 e outra de 21 anos. O corpo da mossoroense será sepultado no cemitério público da cidade de Patu-RN, segundo apurou o blog Jair Sampaio.

SOBRE O AUTOR DOS FATOS

Maurício Rocha era CAC (Colecionador, Atirador e Caçador), era integrante de Clube de Tiros na Grande Natal. Ele fez uso da própria arma, a qual tinha posse, para pôr fim a sua vida e a da ex-companheira.