Unificar moedas de Brasil e Argentina é ‘delírio’, diz Maílson

O ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega também se manifestou contra a ideia de unificar as moedas de Brasil e Argentina, ventilada ontem por Jair Bolsonaro em sua visita ao país vizinho, registra o Estadão.

Para Maílson, a proposta é um “verdadeiro delírio”, e o euro é uma rara experiência de moeda comum que funcionou –“as outras fracassaram em vários momentos da história”, disse.