Tragédia: Bebê engasga com uva e morre após 17 dias na UTI

Um bebê de um ano, Gabriel Magalhães de Souza, morreu ontem em Sorocaba (SP) após ter passado 17 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) devido a engasgo com um bago de uva.

“Quem deu a uva foi o meu marido. Ele estava na casa do pai dele e deu para o bebê, daí se distraiu e o bebê engoliu. Eu estava no meu serviço. Aí me ligaram para avisar e eu passei mal, não conseguia nem andar. As meninas do meu trabalho que me ajudaram a entrar no carro para eu ir até lá”, contou a mãe do menino, a operadora de caixa Ana Gabrieli de Souza, de 22 anos. Gabriel foi levado a um Pronto Atendimento e, ao chegar no local, teve uma parada cardíaca.

Ana Gabrieli fez diversas postagens em redes sociais lamentando a morte do filho. “Descansa em paz, amor. Deus te receba. Ai, como dói. Obrigada a todos pela oração, pela força. Eu te amo e Deus está cuidando de você aí em cima. Olha pela mamãe, pelo papai, te amamos eternamente”, escreveu.

“Os planos que foram embora, o sonho que se perdeu, o que era festa agora é luto do que já morreu. Não foi o que eu planejei para você, filho. Deus sabe de tudo. Como dói, minha estrela. Olha aí por mim e pelo papai, te amo eternamente”, completou.

A causa da morte não foi divulgada. Em nota, a prefeitura de Sorocaba disse que não tem autorização para divulgar informações do prontuário médico. De acordo com o UOL, o hospital Gpaci, onde o bebê estava internado, foi procurado mas ainda não respondeu.

Fonte: Portal Grande Ponto