Maioria do Supremo se pronunciou favorável em processo que pode anular sentenças da Lava Jato

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram hoje que réus que foram delatados apresentem as alegações finais no processo após o pronunciamento dos delatores. A votação está em 6 a 3, e foi suspensa pelo presidente Dias Toffoli.

Caso o resultado persista, o que deve acontecer muito provavelmente, processos em que réus delatores apresentaram as alegações finais simultaneamente aos réus delatados podem vir a ser anulados.

Segundo balanço divulgado pela Lava Jato, 32 sentenças da operação podem ser anuladas, que envolvem 143 condenados.