Macaíba: Grande ação de saúde é realizada no Campo da Santa Cruz

Em sua mais recente edição, o projeto Sexta-feira sem Aedes chegou à comunidade Campo da Santa Cruz, onde cerca de 340 residências foram visitadas pelos profissionais de saúde, de acordo com a supervisora Eleonora Barros, que explicou: “O número de casas na região pode chegar a mais de 660, porém nós encontramos muitas fechadas ou mesmo abandonadas na ocasião da ação”.

Mediante o projeto, profissionais de saúde (mais precisamente agentes comunitários de saúde e de endemias), além de populares voluntários, desenvolvem as ações de casa em casa, conscientizando sobre a importância do combate aos focos de criação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, vírus zika e chikungunya.

Nesta ação de sexta-feira (27/09), houve também palestras sobre arboviroses (doenças transmitidas por insetos [além dos próprios mosquitos que são o foco principal da ação] e aracnídeos, incluindo aranhas, carrapatos e escorpiões, por exemplo) no posto de saúde e na escola da comunidade (Pinheiro Borges), abrangendo pacientes, professores, estudantes e demais membros do universo escolar.

Sexta-feira sem Aedes

Sexta-feira Sem Aedes foi implementado no ano de 2017 pela Prefeitura e, desde então, contemplou dezenas de comunidades, bairros e distritos do município, contando com o trabalho integrado entre as Secretarias Municipais de Saúde e Meio Ambiente e Urbanismo.

Capoeiras, Riacho do Sangue, Canabrava, Eldorado dos Carajás, Lagoa do Sítio I e Tapará são outros exemplos de localidades que receberam as atividades do projeto recentemente.

Fotos: Márcio Lucas

Assecom-PMM