Jair Bolsonaro manda ministérios se mobilizarem para combater incêndios na Amazônia

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou ao blog nesta quinta-feira (22) que o governo estuda uma forma de agravar a pena para quem for identificado como autor de queimadas na Amazônia.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) vai convocar todos os ministros de Estado para formar um gabinete de crise em função das queimadas que atingem a região amazônica. Hoje pela tarde, Bolsonaro já havia se reunido com alguns ministros como Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Tereza Cristina (Agricultura) para discutir as providências que serão tomadas para conter os incêndios. Amanhã, conforme apurou o UOL, uma reunião mais ampla será convocada.

O ministério do Meio Ambiente está trabalhando para consolidar dados e apresentar aos veículos de imprensa, o que deve ocorrer nos próximos dias. O O decreto convocando os chefes das pastas para um comitê de crise foi publicado na noite de hoje em uma edição extra do Diário Oficial.

A medida, segundo o governo, visa “preservação e a defesa da Floresta Amazônica, patrimônio nacional.”